Alerta de spoiler: “Oito Mulheres e um Segredo” é superfashion!

Divulgação
Debbie Ocean (Sandra Bullock) e Lou (Cate Blanchett) de olho sabe onde? No Met! Vem saber mais sobre "Oito Mulheres e um Segredo"! Próxima Ver mais fotos
Debbie Ocean (Sandra Bullock) e Lou (Cate Blanchett) de olho sabe onde? No Met! Vem saber mais sobre "Oito Mulheres e um Segredo"!

Você já sabia que “Oito Mulheres e um Segredo” é um filme com muitas estrelas sobre um roubo em pleno baile do Met, que é o tapete vermelho mais fashionista que existe. Certo? Você também sabia que o roubo é focado em um colar histórico da Cartier, pois a gente já te contou. Mas o que você talvez não saiba é que o longa, além de uma divertida “Sessão da Tarde”, é um dos mais fashionistas do ano – e olha que esse ano está concorrido, com documentário sobre McQueen, outro sobre André Leon Talley, Os Incríveis 2” com Edna Moda… Bom, avisamos no título e reforçamos aqui: alerta de spoiler! Não leia se não quiser saber o que acontece nesse filme que estreou essa semana no Brasil!

O primeiro roubo é na…
Bergdorf Goodman! A personagem de Sandra Bullock, Debbie Ocean, sai da cadeia e vai direto nessa loja de departamento que é um símbolo de luxo em NY. E ela rouba diversos itens de uma maneira tão natural que já deixa a gente de queixo caído!

O melhor figurino é de…
Lou, a personagem de Cate Blanchett, tipo uma Chrissie Hynde platinada e superglamourosa! Sarah Edwards, a figurinista de “Oito Mulheres”, pensou numa versão feminina de Keith Richards, o guitarrista do Rolling Stones, com direito a terninhos de veludo da Burberry, gravatas Saint Laurent e peles vintage

Tem desfile!
E desfile com direito a Hamish Bowles, da “Vogue“, na fila A. Tá? Ele é da estilista Rose Weil, interpretada por Helena Bonham Carter, e no roteiro é importante que ele seja um… fracasso. Mas como fazer um desfile na ficção que as pessoas assistam e entendam que ele foi mal-recebido pela crítica instantaneamente, mas que ao mesmo tempo elas continuem acreditando na capacidade de Rose de fazer um look digno de baile do Met? A solução foi fazê-lo como se fosse um desfile de comissárias de bordo! A gente achou até interessante, viu? Risos! E no fundo lembrou, pelo cenário, o desfile do aeroporto da Chanel, e pelos looks, o da Moschino inspirado em Jackie Kennedy Onassis

E a Rose Weil, hein?
Como a Helena tem uma relação, no mínimo, instigante com a moda (já foi apontada como uma celebridade mal-vestida várias vezes, mas ao mesmo tempo outros a consideram cheia de estilo, bem-humorada), dá pra lembrar de estilistas icônicas como Vivienne Westwood (aliás, Helena usou um look dela no tapete vermelho da pré-estreia do longa), Betsey Johnson e Sonia Rykiel. Na trama, ela está passando por um momento de decadência, mas Lou afirma que “Anna loves her“. Sim, essa Anna mesmo. Anna Wintour. Ela diz isso mostrando uma página da “Vogue” América com um artigo sobre Rose. A cena mais genial: quando ela precisa “analisar” o colar Toussaint nos cofres da Cartier com Amita (Mindy Kaling).

Sim, habemus Riri
O navy (nome dado ao fandom da Rihanna) vai achar a participação dela um tanto quanto apagada pelo pouco tempo que ela aparece na telona. E Nine Ball, a personagem hacker, não é tão fashionista quanto as outras: jaqueta do exército, calça baggy, dreads e cores da Jamaica. Bom, pensando melhor, ela é bem estilosa sim!

Presença de Amita
Pra quem conhece o trabalho da Mindy, a atriz é outra mal-aproveitada. Quase não aparece. Mas sua função é chiquérrima: ela é a especialista em diamantes e joias. Ui!

Momento “O Diabo Veste Prada”
A redação da “Vogue” aparece no filme. Mas a redação mesmo, não uma versão fictícia dela. Com direito a sala de Anna Wintour. O cabelinho chanel de Anna Wintour. E Anna Wintour em si, assistindo a uma partida de tênis de Roger Federer no lap… Risos! Tammy (Sarah Paulson) se candidata pra uma vaga pra ser a agente infiltrada na produção do baile. Quem a entrevista é Eaddy Kiernan, que vem a ser a diretora de eventos especiais da “Vogue” – e que manda tão bem na telona que a gente jura que é uma atriz! Outra pessoa da equipe da revista que é “de verdade” é Edward Barsamian, que entrevista as celebridades na escadaria do Met – gente como Kim Kardashian West, Kendall Jenner e Heidi Klum.

Bastidores de uma escolha
Todo o esquema pra escolher um estilista pra vestir uma celebridade em um evento de grande porte é bem explorado, com direito à participação especial de Dakota Fanning como a atriz Penelope Stern. Tudo de maneira bem fictícia e fantasiosa, claro, mas ainda assim empolga quem gosta de um tapete vermelho, né? Aliás…

Quais são as marcas desse tapete vermelho?
Se tem baile do Met, tem… vestido de festa, claro! E as personagens, num dado momento, precisam usar roupas de gala pra sair do baile. A gente sabe as marcas: o look de Debbie Ocean é Alberta Ferretti, o macacão verde de Lou é Givenchy, Rose veste Dolce & Gabbana, o look com manga bufante de Tammy é Prada, Nine Ball está luxuosa de Zac Posen, Amita usa Naeem Khan e Constance (Awkwafina) está irreconhecível de Jonathan Simkhai. E a atriz Daphne Kluger (Anne Hathaway) usa um look da estilista fictícia Rose Weil na trama, mas quem fez o vestido com capa rosa choque na verdade foi a Valentino!

A exposição do Met é sobre…
Quem achou que a expô do baile do Met no filme ia ser a mesma que está em cartaz agora, a “Heavenly Bodies“, errou muito. Na verdade, ela foi criada especialmente pra ocasião e fala sobre o figurino da realeza. “The Scepter and the Orb: Five Centuries of Royal Dress” (O cetro e a orbe: cinco séculos de vestuário real) é de fato uma mostra que a gente queria ver, e as salas que aparecem em “Oito Mulheres” ganharam looks com curadoria de Bowles, que também é um supercolecionador de moda (a gente já o entrevistou sobre o assunto, lembra?). Dá pra ver look de Vivienne Westwood de 1995, Dior de 2007 e de 2014, McQueen de 2013, Valentino de 2016, Dolce & Gabbana de 2014 e alguns Jean Paul Gaultier de 1998. Hamish: queremos essa expô de verdade!

A cena final
Sandra Bullock nunca esteve tão chic. Você concorda?

Tags:                                                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Comentários (1)

  • Ana Costa disse:

    É uma produção espetacular. Eu gostei de todo o elenco, todos eles são ótimos! É um filme realmente divertido e engenhoso. Uma historia cheia de cenas que me encheram de gargalhadas e que me divertiram de tarde. Adorei a participação de Olivia Munn, foi breve mas legal. Ela é uma grande atriz, seu trabalho de dublagem é excelente. Em Lego Ninjago é sensacional, é um dos filmes mais divertidos que já vi. Recomendo que o veja em: https://br.hbomax.tv/movie/TTL612336/Lego-Ninjago-O-Filme é um filme para desfrutar. Gostei muito como se desenvolve a história, o roteiro é muito divertido para pequenos e grandes, em todo momento nos fazem rir. É um filme que sem importar o estado de animo em que você se encontre, irá lhe ajudar a relaxar um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas