6 coisas pra saber sobre o filme “Uma Dobra no Tempo”

29.03.2018

Uma Dobra no Tempo” estreia nos cinemas hoje, 29/03, e deve fazer barulho! O filme conta a história da busca da garota Meg (Storm Reid) pelo pai desaparecido – ela conta com a ajuda do irmão, de um amigo e, principalmente, de 3 figuras fantásticas, os chamados seres celestiais. Um elenco caprichado, apelo adolescente e fantástico, uma produção da Disney e uma superdiretora fazem parte da receita que pode ser um sucesso! Saiba mais abaixo…

O livro virou filme
A autora Madeleine L’Engle morreu em 2007 mas, antes disso (e muito antes de hits adolescentes fantásticos como “Crepúsculo” e “Jogos Vorazes”), fez um livro chamado “A Wrinkle in Time” na década de 60. É uma obra que tem grande influência cristã (Madeleine em si era protestante), mais ou menos como “Crônicas de Nárnia” de C.S. Lewis, com vários simbolismos. Madeleine não vai ver essa adaptação cinematográfica mas viu a anterior, também da Disney porém feita pra TV, de 2003. Em entrevista pra “Newsweek” em 2004, quando perguntada se o primeiro longa tinha batido suas expectativas, ela respondeu: “Ah, sim. Esperava que ele fosse ruim, e ele é”.

A diretora
Se você nunca ouviu falar de Ava DuVernay, você tem vivido numa caverna sem wi-fi. Ela foi a primeira diretora afro-americana a ganhar o prêmio da competição de Sundance, em 2012, por “Middle of Nowhere“, seu segundo longa. Com “Selma” (2011), foi a primeira diretora negra a ser indicada pro Globo de Ouro e a ver um filme seu concorrer ao Oscar de Melhor Filme. Ativista da causa negra, agora lança um filme com orçamento gigante (mais de US$ 100 milhões, ou seja, mais de R$ 330 milhões) e que traz uma menina negra como protagonista. 

3 superatrizes e uma nova atriz
Oprah Winfrey dispensa apresentações – a supercomunicadora já foi indicada duas vezes ao Oscar, uma pela produção do filme “Selma” e outra como atriz coadjuvante em “A Cor Púrpura” (1985), e ainda ganhou o prêmio Cecil B. deMille do Globo de Ouro em 2018 pelo conjunto da obra. Mas o elenco ainda conta com Reese Witherspoon, que está na crista da onda por conta da série da HBOBig Little Lies“, e Mindy Kaling, do elenco da série “The Office“. Mindy vai ter um 2018 e tanto: além de “Dobra”, ela é uma das 8 protagonistas do super “Ocean’s 8“, que deve estrear em junho por aqui. E o tesouro de toda essa história é Storm Reid, a protagonista de 15 anos que já participou de “12 Anos de Escravidão” (2013) nas telonas.

O figurinista Paco Delgado
Ele já foi indicado pra dois Oscars, “A Garota Dinamarquesa” (2015) e “Les Misérables” (2012). Também assinou o figurino de “A Pele Que Habito” (2011), de Pedro Almodóvar, que ficou famoso entre os fashionistas pelo macacão cirúrgico criado por Jean Paul Gaultier. Paco, que é espanhol, tem tudo pra ganhar mais uma indicação ao prêmio da Academia no ano que vem – e dessa vez, levar a estatueta pra casa! É que os votantes adoram uma coisa de fantasia, que exija muita imaginação, e também curtem um vestidão elaborado como os dos personagens de Oprah, Reese e Mindy. Isso nos lembra, aliás…

O trio de guias celestiais virou um trio de Barbies!
Sim, existem Barbies versões Mrs. Which, Mrs. Whatsit e Mrs. Who! Nem Ava acreditou quando viu – ela publicou uma imagem das 3 no Instagram dizendo: “Quando a Disney faz Barbies das personagens do seu filme e você só quer olhar pra elas o dia todo sem acreditar porque você amava Barbies quando era criança mas nunca teve uma como essas”.

Materiais alternativos
Parece papel? Mas é: essa saia de Mrs. Who é feita de papel artesanal japonês. No figurino também tem plástico, papel, metal, gelatina, fibra ótica… Um dos grandes desafios de Paco foi fazer looks fantásticos sem precisar de CGI (computação gráfica). E uma das referências de imagem é o Carnaval das Ilhas Canárias (ele nasceu lá!), além de misturas entre elementos étnicos, fenômenos naturais… Tem que ver!

Tags:                              

Compartilhar