150 anos de lingerie francesa expostos em Miami

03.12.2016

Pra fechar, lingeries com as cores da França! Curtiu essa mostra com cunho histórico?
E que tal as lingeries floridas?
Mais peças luxuosas, todas atuais. Em ordem: SImone Perele, Passionata e Empreinte
E olha as lingeries francesas de luxo! À esquerda, peças de Lise Charmel de 2012; à direita, conjunto Simone Perele de 2008
Esses são de renda bordada com tule, também dos anos 2000
Essa leva de sutiãs é sobre formato e conforto! Ela mistura peças antigas com mais atuais. O primeiro é de 2001 da Passionata, seguido por um da Implictite de 2010, Chantelle de 1972, Barbara de 1980 e lebajy de 1995
Aqui uma variação de calcinhas, todas dos anos 2000 – qual é sua favorita?
Já essa é pra peças com listras, poás e couro! De cima pra baixo, da esquerda pra direita: um sutiã Lebajy e dois da Balconet (todos de 2011), modelo preto da Luisa Bracq (de primavera-verão 2016), calcinha dos anos 80 da Lou e cinta de primavera-verão 2011 da Implicite
Outra das placas da expô é dedicada às lingeries bordadas e com cores claras. O 1º sutiã e a camisola são de 2006 e 2005, respectivamente, da Passionata, e os outros são de 1980
Nos anos 80 a lycra entra em cena, e a cor da vez era o preto! O primeiro da foto à esquerda é de 1980 da Aubade, acompanhado de um sutiã de 2012 da marca Barbara, corpete de outono-inverno 2016/17 da Simone Perele e, à direita, um de primavera-verão 2012 da Implicite
Também começam a surgir sutiãs pra diversos tipos de decote
Nos anos 70 tudo começa a ficar mais tecnológico – a ideia na época era deixar as lingeries invisíveis
A lingerie francesa nos anos 60 ficou mais divertida, acompanhando a moda!
Olha mais peças coloridas, dessa vez de 1960
Nessa mesma época, as peças começam a ficar mais coloridas. Simone Perele, Lou e Empreinte representam esse momento
Essas peças também são dos anos 50, mas com nylon em sua composição. Foi nessa época que o material começou a ser usado pra se fazer lingerie na França
Depois da 2ª Guerra Mundial as peças começaram a não ter mais armação. Sutiãs e cinta de 1955
Durante a 1ª Guerra Mundial o corset passou a ser dividido entre cinta e sutiã, o que se tornou uma especialidade francesa. As peças da foto são de meados de 1930
Esse conjunto também é da Chantelle, de 1910, quando os corsets começaram a ser separados em duas partes por conforto
Da marca Chantelle, um corset de 1910 – junto com uma calcinha de renda Lise Charmel de outono-inverno 2012/13. Mais de 100 anos separam essas peças!
Tem uma expô em Miami que mostra 150 anos de lingerie francesa! Clica na foto pra ver todas as peças expostas

De toda a programação do Miami Art Basel, uma expô chamou a nossa atenção: “Lingerie Française“. Ela acontece até dia 6/12 no hotel Sagamore e reúne roupas de baixo francesas pra mostrar a evolução das peças em 150 anos. São corsets, sutiãs, bustiês, calcinhas – alguns itens são do começo do século 20!

Espaços da Design Miami pra fashionista nenhum botar defeito

Tudo foi emprestado de colecionadores de lingerie e dos acervos de marcas francesas. A ideia é mostrar, com cada uma das peças, a evolução tecnológica e social da França. Legal, né? Na galeria você confere tudo o que está exposto – clica na foto pra acessar!

Tags:                    

Compartilhar