Categorias: Desfiles

Fashion Rio outono-inverno 2010

12.01.2010

Saem os anos 80 e entram os 10 do século 21 na vida da TNG. Com a saída de Regina Guerreiro e a entrada de Mauricio Ianês na consultoria de estilo da marca, assistimos a um salto -ainda que relativo- em sua relevância no line-up do Fashion Rio. Ainda que se discuta se é o tipo de moda que deve ser apresentada no calendário nacional, não resta dúvida de que é muito mais agradável ver propostas em sintonia com as ruas de hoje do que um festival de shapes equivocados e cartela de cores que funcionaria bem apenas há 25 anos. E quem se deu melhor nisso tudo foram os homens. Na coleção inspirada em esquimós e demais nativos do Alaska, salta aos olhos o acerto da silhueta masculina, com cortes mais ajustados e um charmoso jogo de proporções na sobreposição de peças, informação também vista na última temporada internacional. São ótimos os camisetões com jeito de túnica, longos até a coxa, dando alô por baixo das jaquetas de náilon e paletós mais curtos. Xadrezes em preto e vermelho, acompanhados de botinhas em nobuck e chapéus a la Daniel Boone, fazem de lenhadores urbanos o par acertado para as meninas de vestidinhos curtos de seda e detalhes em pele –falsa- nas pesadas peças de tweed. Boas também as peças em tricô grosso que salpicaram a apresentação nos cachecóis e pulôveres quentinhos. Agradável surpresa que, apesar de ser perfeitamente comercial, não deve chegar inteira às lojas. Uma pena.

 

(Sylvain Justum)

Tags:    

Compartilhar