Qual é o seu protesto fashion?

23.04.2015

A editora da Vogue, Barbara Migliori, é contra as pessoas usarem todas as tendências!
“Abaixo o preconceito com qualquer coisa de moda, sou contra o preconceito fashion!”, disse a stylist Manu Carvalho
Donata Meirelles é contra qualquer tipo de preconceito no mundo da moda
Michelli Provensi é contra as pessoas blasé
Felipe Veloso é contra as regras: “Não existe uma única maneira de se vestir!”
Isabella Fiorentino: ‘”O uso da pele tinha que ser abolido! No Brasil a gente não vê com tanta frequência, mas nas passarelas internacional tem muito, e é uma coisa tão agressiva e chocante, principalmente porque a gente tá vivendo um momento de conscientização de tudo, e as pessoas ainda tem coragem de colocar um bicho morto em uma modelo. Isso é a coisa que mais me incomoda na moda”
Fernanda Motta pede por… “Educação! As pessoas tem que ser educadas, um simples ‘obrigado’ e ‘por favor’ mudam o mundo!”
Reinaldo Lourenço é contra as pessoas que pensam que existem peças que são exclusivas do guarda-roupa masculino ou do feminino – viva o #genderblend!
Regina Guerreiro é contra a vulgaridade!
Oskar Metsavaht pede por “Um conteúdo mais original, da concepção ao design até a comunicação!” – vem ver mais!

A temporada primavera-verão 2015/16 do SPFW já acabou, e durante a semana de moda mais importante do país, sempre rolam sempre as perguntas “qual é a tendência dessa temporada?” e “qual peça vai pegar?”, mas resolvemos fazer uma pergunta mais, digamos, polêmica pros editores, jornalistas e fashionistas: “Qual seria o seu protesto fashion?”. Curioso pra saber as respostas? Confere na galeria que a gente te conta – é só clicar na foto!

Tags:                            

Compartilhar