Milão primavera-verão 2009

Reuters

Pra mim, um desfile da Prada é o que o show da Madonna é pra muitos. Miuccia Prada sabe cutucar. Ela incomoda, provoca e não hesita em pagar o preço que for para isso. Inclusive tombando com sua principal receita: os sapatos. Uma modelo cai aqui, outra escorrega ali – culpa da meia-sapatilha usada por dentro das sandálias e sapatos? Ou a meia-sapatilha está lá exatamente pra dar “calçabilidade” a eles? Os saltos sobem (mais ainda), a meia-pata permanece – em cobra e couro cru.

O look de coque chignon emplastrado em laquê somado às saias-lápis e sutiãs aparentes dão um clima de boudoir/Cinecittá ao desfile pra primavera-verão 2009. Não se sabe se elas estão indo ou saindo de um encontro muito caliente, que mistura glamour e sensualidade. A roupa amarrotada se (des)amarra com fitinhas românticas – e ela até se veste com papel laminado dourado, já que brilho não é problema. A estampa zodiacal, com destaque para Peixes, já deve estar sendo produzida neste minuto na China e mundo afora. Tudo é bem complexo e indo mais uma vez contra a corrente, Miuccia disse à imprensa: “Esta coleção é sobre voltar a algo primitivo, em busca do que realmente importa. Há apenas peças simples, como camisetas, saias e aventais – um jeito simples e primitivo de vestir”. Então tá falado, vamos atrás…

Lilian Pacce

Tags:    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas