Categorias: Desfiles

Casa de Criadores outono-inverno 2010

24.11.2009

Walério é prata da Casa de Criadores. Os dias em que ele desfila sempre são megalotados – tanto que, nessa edição uploaded da CdC, ele ganhou um dia de desfile só pra ele, e fora do shopping Frei Caneca, no Museu da Língua Portuguesa. O espaço usado foi o auditório, com alguns convidados dispostos nas laterais do palco e a outra parte na plateia mesmo. O clima de espetáculo é condizente: além das apresentações do estilista sempre terem looks dramáticos dignos de holofotes, o tema da vez é “O Mágico de Oz”, história que está no imaginário universal e já foi peça, filme, música… Não pense, porém, que um tom infantil foi o mote. Apesar de momentos mais literais – um vestido cheio de corações, que é o desejo do Homem de Lata, ou um moletom marrom “de leão”, com pelúcia imitando a juba e tudo – o clima é fetichista. Sapatos altíssimos, momentos coloridões ao lado de um noir festa sexy, nada de looks muito curtos (o sensual está mais focado nos decotes e nas modelagens justas). Última a entrar na passarela, a Dorothy, bem malandra, tem sapatinho de rubi digno de Lady Gaga em altura e efeito, e um vestido xadrez miúdo em rosa e preto com uma fendíssima nas costas segurada por uma amarração à la espartilho. Detalhe: o centro do bumbum ficou de fora! Certamente, bem menos inocente que a última coleção de Maria Bonita Extra com a mesma inspiração, que tinha lá suas transparências – mas bem mais veladas…

Jorge Wakabara

Tags:    

Compartilhar