Vitorino Campos outono-inverno 2016

20.10.2015

A notícia mais recente que empolga nerds e simpatizantes é a KIC 8462852 – algo está bloqueando a recepção da luz dessa estrela e cientistas supõe que pode existir uma estrutura alienígena ali, o que provaria vida inteligente fora da Terra. Entre “Guerra nas Estrelas” e “Interestelar“, entre “Perdido em Marte” e notícias a respeito de uma colônia em Marte em si (!) em 2025 (!!): o assunto intergaláctico está no ar, e a pergunta é… eles estão estre nós? Se estiverem, não se fantasie de menina Courrèges da década de 60 – ou se fantasie, enfim, você é livre, mas a gente acha mais cool esperar por um contato de 3º grau com o streetwear de luxo bem sacado de Vitorino Campos!

Por que todo esse texto? É que Vitorino também adora um extraterrestre: seu desfile de outono-inverno 2016 foi inspirado no exoplaneta rosa GJ 504b, planeta fora do Sistema Solar com cerca de 160 milhões de anos. Vem daí, por exemplo, o próprio rosa perolado de jaquetas, o borrado dos vestidos longos e fechados de seda à tie-dye trance-alucinante, e até quem sabe um novo biquíni pra uma nova era especial, embutido na roupa (ele também apareceu na Animale, marca na qual Vitorino também é estilista, só que em outra pegada, mais etérea – aqui ele está num contexto mais urbano). A coleção ainda ganha bastante jeans escurão, sem lavagem; peças amplas em pegada skate chic; vestidos mais justos pras baladeiras; tênis branco da tendência nos pés. A rua é o futuro e ser nerd é cool – se eu fosse você, já começava a ler umas “Superinteressantes”… (Jorge Wakabara)

Tags:                                

Compartilhar