Virgílio Couture outono-inverno 2018

28.10.2017 - 12:00 Desfiles comente!

Ver mais fotos

Virgílio Andrade estava na equipe de Victor Dzenk até a temporada anterior do Minas Trend mas saiu e agora volta a se dedicar à sua marca própria Virgílio Couture. A gente até colocou a estação no título como referência dessa nova coleção, mas na verdade o estilista explica que essas cápsulas vão ser lançadas na medida em que ele sentir necessidade, e que ele vai produzir somente o que vender pra evitar desperdício de tecido e mão-de-obra. Além do atacado, a Virgílio Couture também faz sob medida!

Isso posto, essa volta começou em lojas de material de construção pra pesquisar matéria prima, onde ele achou os metais que permeiam a coleção aqui e ali. A ideia foi resgatar as origens da marca, com foco no estudo da combinação de cor, silhueta, mistura de materiais, técnicas que recriam tecido (como o tressê). O bordado cheio de personalidade, que foi algo que fez a moda de Virgílio crescer, foi deixado um pouco de lado pras peças ficarem com um preço melhor – rolam apenas alguns tops com um bordado simulando o xadrez, superpresente por aqui, inclusive em misturas de duas padronagens diferentes numa mesma peça. Também tem uma flor à art déco, que saiu de um risco de bordado da década de 40. Destaques: os babados nos ombros, os plissados e os curtos. 

Ao experimentar mais sem os bordados, a marca também atende outros públicos que não só o de festa com peças mais versáteis, que também podem ser facilmente usadas de dia. Bacana – veja mais na galeria, é só clicar na foto!

Tags:                          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas