Valentino alta-costura outono-inverno 2015/16

10.07.2015

A marca Valentino está tão ligada ao trabalho de ateliê à couture parisiense que a gente se esquece a origem italiana: ela foi fundada em Roma por Valentino Garavani em 1960 e a sede continua na cidade. No outono-inverno 2015/16, com a abertura de uma grande flagship como desculpa, a dupla Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli trazem o desfile de alta-costura, que normalmente acontece na Semana de Alta-Costura de Paris, pra Roma em si, ao ar livre. Mas não foi só isso: ela lançou uma coleção-cápsula toda em preto com águias como elemento principal (ela é o símbolo da cidade), batizada de Mirabilia Romae e à venda apenas na flagship romana; expôs looks de coleções de alta-costura anteriores em diversos pontos da cidade, como o apartamento-museu de Giorgio de Chirico e a Biblioteca Casanatense; e ainda fez um jantar pós-desfile com Tilda Swinton, Ben Stiller, Gwyneth Paltrow e show do Mika! Ufa!

E a coleção em si é praticamente um contraponto à Sala Bianca, toda branca e apresentada em NY no fim do ano passado, lembra? Não que ela seja monocromática, mas a quantidade de looks pretos é intensa: capas, longos sinuosos, transparências, faixas de renda (e sandália) à gladiador – tudo arrematado com acessórios dourados de Alessandro Gaggio. Depois entram vermelhos – a cor-fetiche da Valentino – mais patchworks-mosaicos que lembram mármore, louros, dourados… e de volta ao preto. Haja tapete vermelho pra tudo isso! Os estilistas saem ovacionados mais uma vez e não é por menos: conseguem como poucos captar o grau exato de sonho que muitas mulheres querem hoje, e de maneira belíssima. Confira mais na galeria!

Tags:                                            

Compartilhar