Uma coleção que é uma declaração de amor pra Paris na Chanel

03.07.2018

Mangas bufantes, fendas na perna e no braço que são bem reveladoras quando vistas pela lateral, ombros bem marcados, saia longa reta, topetão, botinha: essa é a francesa contemporânea de Karl Lagerfeld na alta-costura da Chanel de outono-inverno 2018/19. O cenário é bem fofo, uma reconstrução de uma rua de Paris com a silhueta da Académie Française ao fundo, dois dos afilhados de Karl guardando as barraquinhas de venda de usados que ficam na margem do Sena – nas bancas, fotos e livros de Coco Chanel. Chama a atenção a leveza em contraponto ao trabalho intenso de ateliê de bordados, brilhos e aplicações, o corpo mais revelado. “Couture tem que ser em Paris, onde as cores são tão bonitas e refletem. Esse é o meu caso de amor com Paris”, Lagerfeld explica. A Dior, de certa maneira, também caminha pelo mesmo lado nessa temporada, com boinas (de Stephen Jones) e New Look mais muitas auto-homenagens à alta-costura em si. Aos franceses, a França – mesmo com um estilista alemão por aqui e italiana por lá… Veja mais na galeria.

Tags:                                

Compartilhar