Categorias: Desfiles SPFW

Triya abril 2016

27.04.2016

As meninas da Triya sempre foram místicas, chegadas num feng shui, num mapa astral… Então a coleção toda traz esse clima, focando em uma mulher solar. Solar, aqui, não quer dizer iluminada: ela tem seus mistérios, a flor de cacto milagrosa que nasce no meio do deserto. A moda praia charmosa agora se joga nessas simbologias: a cobra (que vai até pro cabelo, em duas tranças sinuosas), o círculo (em argolas de madeira simbolizando chacras e movimentos circulares), olhos (estampados), espelhinhos. A ousadia do asa delta dá ainda mais destaque pra essa feminilidade poderosa. E falando em poderosa, a marca aproveitou o desfile e mostrou sua coleção-cápsula em parceria com a Olympikus, inspirada nos uniformes do vitorioso vôlei brasileiro, logo no começo do desfile!

De volta ao verão: franjas e tie-dye deixam o clima boho, e estrelas 3D explosivas-pontudas-supernovas combinam com o “céu estrelado” da cenografia, cheia de luzinhas amarelas. Falando em 3D, a estampa com uma grande árvore da vida foi feita com renderização tridimensional, e o desenho acaba ganhando um sombreamento e volume todo especial. Big Bang! Pra quem quer biquíni e maiô com personalidade! (Jorge Wakabara)

Tags:                                

Compartilhar