Ronaldo Fraga outono-inverno 2016

19.10.2015 - 22:46 Desfiles SPFW comente!

Ver mais fotos

“Em tempos de guerra, falar de amor é um ato de subversão e resistência” – explica Ronaldo Fraga no texto distribuído à imprensa. Então é o amor que pontua toda a sua coleção de outono-inverno 2016 apresentada no SPFW, que começa com um casal entrando e trocando de roupa em plena passarela. E o unissex (e o #genderblend especialmente com rapazes de saia ampla) não deixa de ser também uma subversão, uma provocação. E os corações aparecem: no telão, no paetê metalizado com artérias desenhadas, nas estampas, na bolsinha de madeira, nas contas do colar (biojoia de lava de vulcão colombiana – fica preta e porosa). Também há uma profusão do vermelho, roxo, rosa – as cores que a gente liga a esse clima de paixão. E mil materiais de pesos e texturas diferentes: a seda pura sustentável do Casulo Feliz do Vale da Seda do Paraná; a renda geométrica com vazados listrados de Santa Catarina; o bordado eletrônico que consegue reproduzir o sombreado do desenho original.

O foco principal na seda tem um motivo: assim como o amor, ela é muito orgânica, muda com o tempo de cor, de toque. Outro fator que emociona vem das partituras estampadas – são músicas clássicas de nomes tipo Tchaikovsky e Chopin, e algumas ganham letras (escritas à mão) de músicas populares apaixonadas como se as partituras fossem delas! O desfile poético termina com os modelos deitados num montinho nas camas desarrumadas do cenário – durma com esse belo barulho! <3 (Jorge Wakabara)

Tags:                    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas