Prada primavera-verão 2014

19.09.2013 - 17:40 Desfiles Milão 4 comentários

Ver mais fotos

A rua é um lugar bom pra se estar. E em tempos de internet e redes sociais, de violência e delivery, ela anda meio esvaziada. Será mesmo? Ou você que está por fora? A cultura jovem continua viva e desenvolta na rua, e é com ela e o streetwear que Miuccia Prada se relaciona nessa coleção de primavera-verão 2014 apresentada na Semana de Moda de Milão. Mas, como sempre acontece no caso de Miuccia, a inspiração não é literal – são alguns elementos, referências estilizadas, interferências e até jeitos de vestir.

Pra começar, a estilista convidou El Mac, Mesa, Gabriel Specter, Stinkfish, Jeanne Detallante e Pierre Mornet, todos artistas jovens, pra fazer trabalhos com os temas feminilidade, representatividade, poder e diversidade. Pro Brasil, que ainda passa por um rescaldo de junho de manifestações na rua, tudo soa bem familiar e atual. E pro mundo também – manifestações de maneira alguma são exclusividade brasileira no momento, ainda mais quando o assunto é minoria (e sim, mulheres ainda são minoria). De qualquer forma, a apresentação não possui um ar político – antes, parece procurar um look glamuroso e festivo pras mulheres celebrarem sua beleza e sensibilidade, mas com pedraria e arco-íris, e não de maneira romântica ou com clichês. Questões superadas: o excêntrico já um dado certo nas coleções de Miuccia, e o interessante é saber o que é a excentricidade da vez, e pensar o que a levou até isso. E saiba, caro leitor, que política é muito mais do que partido e eleição.

O esporte do resort continua forte: punhos, canelados, cores de uniforme de basquete. Ele se combina com o bustiê, que mais parece um protesto: em sobreposições, ele vai na contramão da tendência e não deixa barriga alguma de fora! Chega a se desenvolver num trompe l’oeil amarelo e azul no fundo preto, próximo de uniforme de super-herói. A sensualidade não é mais a barriga: aparece em decotes-recortes, fendas no colo. E tem o sapato de salto esportivo, a polaina-meião que tira um sarro de quem acredita no “certo ou errado”… A Prada é interessante porque não acredita nessas regras. As regras em jogo, ah, elas são outras…

Tags:                                                          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Comentários (4)

  • David Bagnall disse:

    Vamos vender muuuuuito aqui na Australia $$$$$$$ am very happy 😉

  • Nunca achei que diria isso, mas não gostei nada dessa coleção. Isso me levou a pensar que estão valorizando mais a etiqueta do que a própria roupa que desfila na Semana de Moda de Milão, acredito que se algum guru de estilo visse alguém usando aquele casaco de pele, não acharia bonito. Mas como é da Prada parece que as pessoas fingem gostar, não estou dizendo que é feio, apenas acho que não foi adequado para a estação, gostei da inovação de Miuccia sobre Top Cropped sob vestidos e casacos, mas algumas coisas nessa coleção é sem cabimento. Será que muitas pessoas gostaram apenas porque é da Prada, ou porque gostaram realmente das roupas? Não estou criticando Miuccia, afinal, sempre a admirei e continuarei.

  • AVGVSTVS disse:

    A sensação que Miuccia Prada nos passa ultimamente é de que está saturada pela moda convencional,sobria,bem feita e duradoura que existia na Pradda…!!!Já tentou *bananas e macacos* q foi um desastre…..Agora um mix de pop-art com J.C.Castelbajac anos 80…!!!Tudo bem mas não podemos deixar de comentar o obvio soutien s/roupas(isso é coisa muito antiga.em produções de moda século passado…Outro detalhe que qualquer leigo percebe :ELA NÃO SABE LIDAR COM CÕRES tropicais….Como uma italiana nata só acerta na Sobriedade…..
    ..

  • ANA CRISTINA disse:

    quero saber tudo do verao 2014, cor, tecido, cabelo, maquiagem, roupas, etc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas