A nova Givenchy é puro glamour dark

05.03.2018

A primeira coleção da Clare Waight Keller pra Givenchy pareceu… meio morna. A coleção de alta-costura, apresentada depois, chamou a atenção – pro bem! E agora todo mundo estava na dúvida – será que as energias seriam sempre guardadas pra alta moda e o prêt-à-porter sempre ia ficar ali, meio que cumprindo um papel, acomodado? Nada disso: Clare realmente tomou as rédeas da direção criativa da maison e a dirige não tão longe de onde Riccardo Tisci a deixou (ele curtia um clima gótico) mas ainda assim é outro lugar, sem o sportswear, com mais… pele falsa. Muito mais pele falsa.

A estilista cita “Fome de Viver“, o clássico filme de vampiros dos anos 80 com Catherine Deneuve, David Bowie e Susan Sarandon, como uma de suas referências pra esse outono-inverno 2018/19 apresentado na Semana de Moda de Paris – ele tem figurinos de Yves Saint Laurent pra Deneuve, aliás. E também inclui na lista o “B Movie: Lust and Sound in West-Berlin, 1979-1989“, documentário sobre a cena musical e de clubbing pré queda do muro em Berlim que traz entrevistas com, olha ele aí de novo, Bowie, e também de, adivinha, Christiane Felscherinow, mais conhecida como a autora de “Christiane F., 13 anos, Drogada e Prostituída”, inspiração de Raf Simons em sua última coleção. No “B Movie” também tem Keith Haring, Tilda Swinton e mais.

Tá sabendo? Riccardo Tisci é o novo estilista da Burberry!

O resultado é um chic meio selvagem, com animal print, ombros marcados (tendência fortíssima da temporada), couro, alfaiataria, franjas e muito P&B. Quer ver mais? Clica na foto e acessa a galeria!

Tags:                                                    

Compartilhar