Lenny Niemeyer: uma cartografia natural e chiquérrima

23.04.2019

Pelas matas, pelos mapas: Lenny Niemeyer chama os fashionistas pra Pinacoteca pra conferir sua coleção de alto verão 2020, uma linda sequência de roupas de tirar o fôlego que privilegia silhuetas mais soltas e longas, texturas que convidam ao toque (de palha, de tecido que parece uma ráfia albina, o tricô de lycra, a organza levíssima), formas e estampas com curvas orgânicas. Faz tempo que os desfiles de Lenny deixaram de ser apenas moda praia: a estilista propõe imagens de moda aspiracionais e sofisticadíssimas. Não dá pra deixar de falar do tear de algodão suíço com cara de juta chic e pontos dourados; dos relevos com linha bordada tipo topografia, dos plissados e drapeados, dos detalhes tipo rios de ouro com a estampa de mapa, da estampa preta com splashes de luz… Basicamente é tudo lindo – um dos primeiros desfiles da temporada e já é um dos melhores. E a boa notícia: uma grande parte da coleção apresentada na passarela, quase 50%, vai pro comercial; ou seja, pras lojas! (Jorge Wakabara)

Tags:                                            

Compartilhar