Isabela Capeto junho 2016

16.06.2016

Isabela Capeto desfilou faz menos de 3 meses no SPFW mas fez uma outra coleção inteira pro Rio Moda Rio agora, apesar do tema (o tempo) ser o mesmo. Outras cores, outras formas, outras ideias – a gente chegou no backstage comentando isso e a estilista respondeu brincando: “Não tô aqui pra brincadeira, não, eu ralo muito que nem vocês!” E é verdade: muitos bordados, aplicações e transformações em vestidos caprichadíssimos, detalhados, que possuem como subtexto a ação do tempo no meio da moda, o que é essa “desatualização” e “reatualização” da roupa, os ciclos, o que seria o atemporal.

E também tem os jeans com bordados tipo patch, a ráfia que a criadora adora e aparece ora em franja ora aplicada no tule formando florais, aviamentos antigos que garantem a exclusividade da peça e mesmo peças vintage resgatadas e totalmente customizadas (o vestido rosa pálido que ganha boquinhas bordadas é o mais lindo). Claro que Alessandro Michele, via Gucci, fez com que esse estilo ganhasse força – mas não se engane, Isabela sempre foi assim. O olho ganha make vermelho e alguns narizes trazem piercings. Muito bom – a cara dela, pra cima, e mais street que a coleção de SP, inclusive, menos fantasiosa. Mas fica a pergunta: ela vai passar a se apresentar aqui ou continua na capital paulista? “Desfilar no Rio é desfilar em casa, é um tesão, amigos ligam, é ótimo. Mas também adoro desfilar em SP. E não consigo desfilar 4 vezes por ano, então talvez a solução seja alternar, ainda não sei.” Então a gente aguarda, porque o mais importante é que a estilista mostre seu trabalho na passarela, seja ela onde for! (Jorge Wakabara)

Tags:                            

Compartilhar