Categorias: Desfiles

Helen Rödel primavera-verão 2012/13

23.06.2012

É a 1ª vez que Helen Rödel desfila em SP, e como ela mesma dizia no backstage “é a realização de um sonho”. Depois de uma trajetória que passou pela Islândia (sim, ela já apresentou seu trabalho na Islândia!) e pelo Ceará (Helen desfilou na penúltima edição do Dragão Fashion), agora ela chega na capital paulista com seu trabalho manual minucioso na versão primavera-verão 2012/13. O tricô e o crochê de Rödel não é apenas um resgate em sua essência de técnicas artesanais, mas também funciona como um novo olhar em décadas passadas (pelas coleções anteriores da estilista, os 60 e 70 são os queridinhos dela). Esse mix e a pegada cool fazem com que o resultado tenha um ar contemporâneo.

E vamos às técnicas em si: um dos motes são os formatos de textura de colmeia em tricô e crochê (o em tricô, que no desfile aparece bem bicolor, é um ponto chamado olho de lince). Também aparece novamente o chevron, que é o ondulado que ela já fez antes, mas agora com o pesponto de outra cor que dá um efeito “dropshadow”. O efeito de passarela fica por conta das tiras de tricô multicoloridas feitas uma a uma que depois são trançadas e modeladas no manequim e costuradas no mínimo de pontos possível, só pro tressê não ficar “dançando”. E a novidade maior é a pedraria – pode parecer uma simples aplicação de pedras, mas são tramas feitas com cada pedrinha colocada, uma a uma, no fio de náilon!

O único porém fica por conta da apresentação pro público, muito distante naquele palco gigante do Memorial da América Latina. O capricho de Helen Rödel é pra ser visto em closes – da próxima valeria a pena pensar num desfile mais intimista, com as modelos passando bem pertinho. (Jorge Wakabara)

Tags:                

Compartilhar