Gucci primavera-verão 2016

23.09.2015 - 14:45 Desfiles Milão 2 comentários

Ver mais fotos

La Carte de Tendre” é um mapa de uma terra do amor imaginária criado pela escritora francesa Madeleine de Scudéry em 1654. E ele é o ponto de partido do romântico Alessandro Michele, o novo estilista-queridinho dos fashionistas, pra primavera-verão 2016 da Gucci (aparece até em estampa!). Ou seja: amor platônico, nostalgia, vintage, nerd. Tudo isso delineia o universo criativo dele não só hoje como, ao que tudo indica, na imagem que está construindo pra marca.

E se a gente achava que a androginia também era um dos pilares desse universo, estávamos enganados. No desfile que rolou na Semana de Moda de Milão as imagens de mulher e de homem estavam mais demarcadas e separadas – os looks de rapazes, apesar de bem enfeitados, têm cabelo curto e cara de menino. Já as mulheres, no styling, são em grande parte geeks à Mary Tyler Moore com óculos de grau gigante e saia mídi. Só que também existe uma recuperação daquela imagem sexy da Gucci, ainda que bem de leve, discreta, no vestido esvoaçante ou mesmo no decote profundo do 1º look em renda verde

Temas botânicos aparecem de diversas formas, do bordado ao estampado; e uma das pegadas fortes é o trompe l’oeil de babado e laço feito com aplicação de tecido paetizado e debrum preto. Outras propostas: crochê com faixas multicoloridas, cobra (tanto em animal print quanto no couro e figurativa mesmo, bordada em um terninho) e o bordadão com relevo, que já apareciam nas bolsas, agora também em gravatas (as mais fofas são a de joaninha e a de abacaxis). Nos pés, você opta por um mocassim-mule ou uma meia-pata bem setentista (e superalta, mas superalta mesmo!). E sim: por aqui os anos 70 continuam firmes e fortes, viu? Veja mais na galeria!

Tags:                                                                    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas