Categorias: Desfiles SPFW

Fernanda Yamamoto outono-inverno 2016

22.10.2015

Existe uma sucessora pra Ronaldo Fraga, e o nome dela é Fernanda Yamamoto. Os dois têm em comum essa vontade de poesia na moda, a não-concessão a tendencinhas, um apreço por silhuetas mais soltas no corpo e uma cartela de clientes que gosta muito desse estilo. Esse outono-inverno 2016, especificamente, é quando o trabalho dela se aproxima bastante do dele – a estilista foi pra Paraíba e buscou o trabalho da renda Renascença. Ao mesmo tempo, Fernanda contou antes do desfile, no backstage, que ela acha que quando a renda Renascença é incluída na roupa ela fica com um aspecto rígido, e que ela queria transmitir leveza com o material. E conseguiu: a coleção é bem leve como um todo, mesmo com os tricôs (inclusive tricô de couro). A gente vê cores delicadas (manchas de azul e rosa), camadas esvoaçantes, feltragem em cima de seda, uma calça transparente e supersoft…

Outro momento um pouco (mas só um pouco) mais invernal fica no tressê de resíduo de couro, formando um “xadrez 3D”. E a emoção fica por conta da turma que entra no final, mulheres que Fernanda admira entre clientes, amigas, mulheres que participaram da coleção lá da Paraíba e a batchan (avó em japonês) da estilista! Dá pra ver que ela ama o que faz, faz com amor, isso passa pra roupa e o resultado é de verdade – nem precisa estar no discurso pros jornalistas. A criadora também acerta ao apostar na leveza, mesmo pro inverno – nosso inverno não é de nada e a moda dela ganha muito, fica mais feminina e sutil. Bem-vinda de volta ao line-up! (Jorge Wakabara)

Tags:                            

Compartilhar