E a Celine de Hedi Slimane que agora está mais… Celine?

01.03.2019

Não, os fãs de Phoebe Philo ainda não vão ficar mais acalentados. Mas algo no outono-inverno 2019/20 da Celine, apresentado na Semana de Moda de Paris, está diferente. Hedi Slimane, que estreou na temporada passada, parece ter ajustado o tom – um equilíbrio entre o seu estilo jovenzinho e roqueiro e a burguesia chic que caracteriza a clientela da marca. Ele fez isso de diversas maneiras, que já chamam a atenção logo no primeiro look: pied-de-poule miúdo na bermuda-saia, o lenço fino fazendo um laçarote no pescoço, camisa branca, blazerzão por cima, cintinho, óculos escuros modelo aviador e bota de cano alto preta. É como se a menina baladeira da Saint Laurent de Slimane tivesse crescido um pouquinho e se montasse de adulta séria pra convencer numa entrevista de emprego, mas mantendo seu charme francesinho!

Outras peças-chave: a saia ou vestido evasê abaixo do joelho com bota (look bem virada dos anos 70 pros 80), jeans justo, a bota com pelinho por dentro, capa, camisa que já vem com laço no pescoço, o vestido com pregas e estampa de corrente bem geométrica, colares de correntinhas douradas bem fininhas. O ar retrô no geral, os flashes de dourado – Celine, mesmo sem acento, está mais Celine. Mas será que a fórmula vai ser comercialmente tão bem sucedida quanto a de gestões anteriores de Slimane em outras marcas? A ver, a ver. As botas tem cheiro de hit, viu?

Tags:                                              

Compartilhar