Do croqui à costura com a Moschino

21.09.2018 - 11:19 Desfiles Milão um comentário

Ver mais fotos

Segue o lado lúdico que caracteriza a Moschino, mas sai o clima fanfarrão – a brincadeira ficou mais séria! Quer dizer, não no storytelling: pra essa primavera-verão 2019, Jeremy Scott criou uma narrativa que deve ser o pesadelo de todo estilista. Receber uma ligação da Gigi Hadid falando que você está atrasado pro seu desfile e você simplesmente esqueceu de preparar qualquer coisa: que tal? 

É por isso que esses riscos, tipo de canetinha, à croqui de Saint Laurent, aparecem logo de cara. O começo é bem referente aos anos 80 – será que essa era da moda vai voltar de novo, pós-febre dos anos 90? Marc Jacobs é outro que está firme e forte nessa onda

Mas ao contrário do desfile anterior, retrô em excesso com suas Jackie Os alienígenas, Scott vai injetando seu amado streetwear aos poucos e com sucesso ao longo da apresentação – o maiô, o vestido-camiseta com logo, o conjunto de jogging, a pochete

No fim, a moda festa tem ares surreais: o vestido-tesoura é incrível; as franjas metalizadas com chapéu de dedal são superglam; os vestidos-fazenda de tecido são um tanto exagerados (talvez o momento mais piadinha do desfile, desnecessário mas não compromete); o macacão manequim de costura com uma blusa de fita métrica é momento conceitual bem sofisticado (o conjunto de jaquetinha, hot pant e bota cuissarde com bolsa-busto no mesmo tom é a versão mais comercial e também ótima). Também deve fazer sucesso a meia-calça rabiscada, que aparece até na noiva Gigi Hadid fechando a apresentação! Veja mais na galeria.

Tags:                                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas