Categorias: Desfiles

Chanel pré outono-inverno 2013/14

05.12.2012

O palácio Linlithgow, onde Mary Stuart nasceu, foi o local histórico escolhido pela Chanel pra seu esperado desfile de pré outono-inverno 2013/14. As coleções de pré outono-inverno da marca são conhecidas como Metiers d’Arts – é quando a maison apresenta a riqueza do trabalho de ateliê das casas que integram o grupo Chanel via subsidiária Paraffection, como a lendária Lesage, de bordados, e a Causse, de luvas. Dessa vez, o foco é na recém-adquirida Barrie, escocesa especializada em cashmere de luxo – por isso o país escolhido pra essa apresentação é a Escócia e por isso o desfile traz tanta !

Quadriculados pro verão 2013!

Mary Stuart não fica apenas como um personagem que ronda a locação: ela aparece na moda em si, com os jabôs e mangas volumosas. Algumas silhuetas flertam com os séculos 16 e 17. Outras são bem fofas no sentido literal da palavra, com tricôs e tweeds mais robustos envolvendo o corpo. E muito xadrez, claro, de formas e cores diversas. Entre as referências que devem virar hit, tem a bolsa com formato tipo sporran, com alça grande e usada penduradinha pra frente na altura da cintura, como se fosse um sporran mesmo; a calça xadrez; a meia Argyle; a saia curta “quase” bufante; as botas tipo Doctor Martens; os pulseirões usados aos montes.

Musas no desfile da Chanel de verão 2013

O kilt não aparece literal, mas de formas mais sutis, como nos plissados, na jaqueta com basque ou nas fivelas adornando o vestido. Já a boina é só pra quando ficar bem-bem frio, senão fica meio caricato, tá? Ou seja: não copie no outono brasileiro…

Tags:                                        

Compartilhar