Burberry: ao contrário, dividido e tudo junto

22.02.2019 - 06:30 Desfiles Londres comente!

Ver mais fotos

Riccardo Tisci acerta ao “inverter a ordem” de seu segundo desfile como diretor criativo da marca Burberry, apresentado na Semana de Moda de Londres. Dessa vez, ele coloca a moda mais jovem e enamorada do streetwear, que chama mais a atenção, no início da apresentação – a parte inspirada nos trenchs, com cara luxuosa, fica pro fim. Mas elas conversam e formam um todo? O nome da coleção de outono-inverno 2019/20 resolve essa dualidade: Tempest (tempestade em inglês) simboliza esses contrastes na cultura e no clima inglês. Ou seja: a modernidade e a extravagância andando de mãos dadas com a tradição; os dias em que o tempo vira de repente. O próprio cenário é dividido: o The Tanks do museu Tate Modern ganhou um local tipo sala de teatro em madeira e acentos estofados e outro mais escuro com umas grades ao redor, onde uma turma (jovem, claro) ficava empoleirada, com cara de plateia de show, sabe? Meio Circo Voador! Os looks passavam por ambos os espaços.

Na parte street, o namoro com os anos 90 é claro: tem um clima clubber no primeiro vestido cuja saia é no formato de uma camisa pólo ao contrário; na bandeira Union Jack (que, assim como no Brasil, agora ganhou conotação nacionalista e mais à direita pós-votação do Brexit…); nos xadrezes e lingeries meio grunges; no preto plastificado superesportivo. A segunda parte puxa pros tons de marrom e do bege do trench (a anterior já fazia isso e, ao que tudo indica, influenciou bastante: nessa temporada internacional a alfaiataria em marrom ganha espaço). Os verdes são bem interessantes, assim como as plumas e os tecidos-painéis que se infiltram na modelagem deixando-a com mais ângulos retos ou, simplesmente, se acoplando nas costas. Veja mais na galeria!

Tags:                                

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas