Alexander Wang primavera-verão 2016

13.09.2015

Alexander Wang diz que não existe uma mensagem por trás de sua coleção de primavera-verão 2016, mas a gente leu claramente em letras garrafais: ANOS 90. Se depender de dois desfiles dos mais fortes que aconteceram na Semana de Moda de NY até agora (esse e o da Givenchy), está óbvio que os anos 70 são águas passadas e a década do momento são os 90 – e tem quem diga que isso é uma questão matemática, já que grande parte das lembranças e da nostalgia fashion dos estilistas que fazem sucesso hoje estão nessa época. De qualquer forma: melhor aguardar Paris antes de bater o martelo, certo?

Por enquanto a gente assiste à “slimanização” de Wang, com um streetwear bem sacado e variado que parece vir direto das ruas pra passarela. Da salopete ao jeans desconstruído (na saia que veio da calça, em uma parte da jaqueta, misturado em listras com vinil); do boudoir da camisola e camisa de pijama ao militarismo do brechó; do vichy grunge à tela esportiva já tradicional no trabalho do estilista; e franjas, franjas, franjas. São 10 anos de marca e, após deixar a Balenciaga, ele quer ver o seu próprio “bolo crescer”: a apresentação teve caráter festivo com direito a Tinashe, Lil Wayne e Ludacris ao vivo e, depois do desfile, um telão com vídeo-retrospectiva. Na fila A, Kanye West (sem Kim), Nicki Minaj, The Weeknd e Lady Gaga fazem a alegria dos fotógrafos. Os anos 90 são muito pop. E Wang também!

Tags:                                    

Compartilhar