Alexander McQueen primavera-verão 2016

05.10.2015

Os huguenotes, protestantes franceses que fugiram da perseguição religiosa em seu país no século 17 e se instalaram em Spitalfields, Londres, eram, segundo o próprio Alexander Lee McQueen, ascendentes do estilista-fundador da marca. Eles eram jardineiros (chegaram com sementes em seus bolsos e quase nada a mais) e acima de tudo tecelões: começaram a fornecer seda de alta qualidade pras grandes casas da Inglaterra, e incluíam suas flores na trama de seus tecidos. Toda essa história é resgatada por Sarah Burton, atual estilista da grife, nessa primavera-verão 2016. O resultado é uma coleção superromântica e bela: babados mil, flores em estampa e bordado e referências antigas revisitadas (como a casaca vermelha e outras modelagens que lembram outros séculos) convivem com os contemporâneos body chains, jeans, transparências e barrigas de fora. Mas o clima, no geral, fica vintage mesmo, com vestidos e alfaiataria cheios do trabalho precioso de ateliê que Burton adora. Confira mais na galeria!

Tags:                                    

Compartilhar