Ainda na memória: Prada best hits parte 2

05.05.2018 - 12:43 Desfiles Nova York comente!

Ver mais fotos

O desfile anterior da Prada, de outono-inverno 2018/19, foi uma surpreendente releitura de códigos da marca de Miuccia: o náilon clássico da mochila virou roupa, e algumas modelagens e estampas foram resgatadas (as bananas, o fogo de funilaria de carros). Essa pré primavera-verão 2019 apresentada em NY, no prédio da marca na cidade (conhecido como Piano Factory, porque era uma fábrica de pianos e foi reformulada pelo Herzog & de Meuron em 2000), segue nessa linha de best hits. O começo do desfile é minimalista (porque sim, as raízes da Prada o são), com direito a saias longas. Depois, aparecem as padronagens da linhagem do que se convencionou chamar de “feio chic“, área na qual a estilista nada de braçada. Há que se dizer: como a própria Prada popularizou a tendência, hoje em dia o look já não choca mais – ficou só o chic, mesmo… Mas a febre aqui é mesmo a minissaia, que andava tão esquecida na lista de peças tem-que-ter. Em diversas cores, fazendo conjunto tipo tailleur com o casaco, com babadinho no acabamento, de materiais variados. Vai voltar? Sim, vai: já anota. Calças estampadas também chamam a atenção, assim como os saiões retos, alguns de cintura alta (ui!) – mas foca na mini, vai na nossa.

Outra tendência anunciada aqui é no cabelo: Guido Palau, responsável pelas madeixas do desfile, fez algumas luzes bem marcadas. Mas bem marcadas mesmo, efeito malhado! O look foi conquistado com extensões de cabelo de cor diferente (pois é, Binx Walton não fez luzes de verdade), mas a gente aguarda as versões reais-oficiais por aí, nos streetstyles da vida… ou com extensões também, por que não? Veja mais na galeria!

Tags:                          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas