A volta de Ale Brito: mais fino e ainda assim rock ‘n’ roll

31.07.2018 - 06:30 Desfiles comente!

Ver mais fotos

Prata da casa de volta é sempre motivo pra comemorar! Ale Brito ficou um tempo afastado da Casa de Criadores, que provavelmente foi importante porque ele voltou bem mudado. Sua coleção está mais séria no sentido de um viés mais comercial, muito bem feita; e parece inclusive direcionada pra uma mulher diferente da anterior. Pode ser influência de diversos lugares – da sua experiência na equipe de estilo da Ellus, por exemplo. Ao mesmo tempo, existe um jogo sexy que é a cara do Ale, de mostra-e-esconde, ora com transparências atrevidas e sutiã aparecendo; ora com peças bem justas ao corpo, reveladoras; ora com looks bem fechadões, escondendo o ouro. A trilha também ajuda a trazer a modernidade tão cara ao estilista, pesadona, com as modelos quase que correndo pela passarela. O floral, os óculos (da Chilli Beans) e a imagem de moda no geral são bem primos da Balenciaga de Demna Gvasalia. Os melhores momentos são os dos franzidos, os detalhes plissados com pérolas, menos referentes. No fim, o casacão de cobertor barato no único rapaz na passarela é instigante: uma mistura de cores cheia de textura, a transformação de uma matéria-prima ressignificada. A gente quer ver mais desse novo Ale Brito sim! (Jorge Wakabara)

Tags:                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas