Categorias: Desfiles Paris

A neoalfaiataria de Balenciaga

30.09.2018

O desfile de primavera-verão 2019 da Balenciaga acontece dentro de um megatúnel tecnológico, feito pelo artista digital John Rafman! Antes de começar, códigos de programação e mensagens de inicialização foram projetadas no túnel, dando a sensação de estar dentro de um computador (ou do seu celular!). A ideia é questionar o impacto da tecnologia na sociedade e no mundo. Quando as modelos entram na passarela as cores começam a mudar e a frase “Presence is the key, now is the answer, ego is not who you are… how has humanity been taken in by this for so long?” (“Presença é a chave, agora é a resposta, o ego não é quem você é … como a humanidade foi absorvida por isso por tanto tempo?”) é repetida diversas vezes.

O foco da coleção fica por conta dos casacos estruturados e acinturados coloridos, com ombros grandes e largos bem marcados, a alfaiataria fluida e oversize com ombros exagerados blazers de couro. É o que Demna Gvasalia chama de neoalfaiataria, “porque é algo novo em alfaiataria que é realmente confortável. Não há ombreiras ou dragonas, você não precisa usar uma camisa porque a camisa se transformou em um paletó. Isso tira as obrigações de um terno clássico“. Levando em consideração o apelo aos millennials, faz sentido trazer uma alfaiataria nova e mais confortável, né?

A logomania vem de forma diferente – Balenciaga escrito com várias fontes do Word, incluindo a polêmica Comic Sans! Estampas da Torre Eiffel, correntes, cartas de baralho e outros elementos de casino aparecem em vestidos, ternos e camisas. Casacos como vestido, vestidos curtinhos e justíssimos, camisas oversize pros meninos e peças de um ombro só também fazem parte da coleção! Clica na galeria pra conferir o desfile completo!

Tags:                                        

Compartilhar