Lush encerra suas operações no Brasil!

Instagram
Lush fecha as portas no Brasil :( Próxima Ver mais fotos
Lush fecha as portas no Brasil :(

Notícia triste pros fãs da Lush: a marca de cosméticos inglesa anunciou o encerramento de suas atividades no Brasil. Segundo o comunicado oficial, “apesar do crescente aumento de vendas, a alta carga tributária e a prolongada recessão econômica, somados à instabilidade política, tornaram impossível para a empresa investir e lucrar no país”.

Confira: 5 motivos pra apoiar marcas cruelty free

O fechamento (lojas e fábrica) acontece a partir de 20/06 e todos os produtos estão com 50% de desconto (exceto Charity Pot e acessórios) até 31/09 ou término do estoque. Que a gente saiba, muita coisa já está esgotando, então quem ficou interessado precisa correr! Vale lembrar que a Lush é uma das marcas que mais se engaja em causas humanitárias e sustentáveis: a empresa já lançou campanhas pelo fim da violência contra a mulher, pelos direitos LGBT e principalmente, dos animais, com seus produtos vegetarianos e cruelty-free (sendo que 80% de seu catálogo é vegano).

Veja também: um “couro” feito de a partir de resíduo de vinho!

Paralelamente, a companhia está no centro de uma acirrada disputa jurídica. Segundo a “Istoé Dinheiro”, um processo que tramita na Justiça desde 2007 opõe os fundadores ingleses e Sandra Isper Rocha, que trouxe a Lush pela 1ª vez ao país em 1999. Sandra fechou as portas da marca em 2005, com dívidas bancárias e trabalhistas de cerca de R$ 20 milhões. O processo, que estava parado desde 2007, ganhou um novo capítulo nesse ano quando o ministro Marcos Buzzi, da 4ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) garantiu pra empresária o direito de processar a Lush por R$ 20 milhões em prejuízos sofridos na década passada. Briga acirrada. O que você acha disso tudo? Conta pra gente nos comentários!

Tags:                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas