Só se fala de...

O médico e o monstro – e o Fause Haten também!

08.07.2010 - 18:12 Moda 2 comentários

Moda mais ficção é igual a figurino. Agora façamos a seguinte equação: Fause Haten mais o “O Médico e o Monstro” de Robert Louis Stevenson numa adaptação livre de um musical da Broadway. No que deu? Mais 28 atores, 17 músicos, outros 150 profissionais envolvidos na montagem, e mais R$ 6 milhões de investimento pra 80 apresentações, num teatro com capacidade pra 1.400 espectadores que pagarão entre R$ 60 e R$ 190 o ingresso. E ainda tem mais! Blog LP acompanhou o último ensaio antes da estreia do espetáculo, que acontece hoje (8/07) à noite, e dá 5 motivos para o fashionista ir assistir ao espetáculo que encontrou do lado de lá das coxias…

Aurea Calcavecchia

Picture 1 of 25

Do lado de lá das coxias. Nando Prado é Dr.Jekyll e é Mr.Hyde

1. “Hyde se veste melhor do que Jekyll“, segundo Nando Prado. Ele interpreta os dois – ou seja, deve saber do que está falando! Entre os quase 10 figurinos que usa ao longo da peça, ele gosta mais das roupas que vestem Mr. Hyde por terem um apelo rock’n’roll (vide o sobretudo de couro que usa em uma das cenas).

2. Nando Prado, afinal, é do rock’n’roll. Ao lado do espelho de seu camarim individual fica um quadro com um pôster do Faith No More autografado por um dos integrantes da banda, que ele conheceu logo depois de mostrar a ele o som do seu grupo, o Donna John. Por isso também é que ele ouve Dream Theater no intervalo do atos do espetáculo!

3. Lucy usa corselets de Madame Sher. E a atriz Kacau Gomes teve que lidar com isso – como se trata de um musical e, portanto, os atores cantam, ela se viu obrigada a adotar uma nova técnica de respiração, de tão ajustado que o corselet fica. “Me acostumei. Ensaiava de corselet, almoçava de corselet, fazia tudo de corselet!”, contou enquanto era vestida no camarim que divide com a atriz de Lady Beaconsfield.

4. Lady Beaconsfield usa uma peruca incrível. Mas a atriz que a interpreta, Cidália Castro, diz que pode ser pesada. Tem a ver com o fato de ser feita de cabelo natural da mais alta qualidade – ou com o fato do microfone dela ficar no topo de sua cabeça, com o transmissor inteiro escondido debaixo dos fios! Coloque aí na soma mais alguns quilos de roupa: seu figurino é composto por anágua com tule em babados estruturada por anquinha traseira + conjuntos ricos de tecidos volumosos. “Pra andar para trás, por exemplo, é preciso ficar chutando a cauda, se não você cai”, contou.

5. A maquiagem é um drama. E só poderia ser: o teatro é um desses enormes, dentro de um shopping center enorme. Pra que a maquiagem tenho o mínimo efeito pra quem sentar na última cadeira da última fileira, precisa ser bem marcada. Por isso, Beto Carramanhos, responsável pelo visagismo, elaborou pras atrizes olhos e bocas bem fortes. E melhor: treinou-as pra que possam fazer a maquiagem sozinhas.

Quer assistir a peça? Dá pra comprar a entrada pela net pelo Ingresso Rápido! Bom espetáculo!

Tags:                                    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest

Comentários via Facebook

Comentários (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>