Lenha na fogueira: Mark Fast com modelos cheinhas – de novo

Um dos assuntos mais comentados pela imprensa na Semana de Moda de Londres é a passarela de Mark Fast – e não exatamente por causa da moda do estilista. É que ele incluiu modelos mais cheinhas no seu casting. Não que seja a 1ª vez que ele promove esse debate – na temporada passada Mark já apostou na mesma ideia, e o Blog LP falou sobre isso. Nas 2 ocasiões, inclusive, ele não só apresentou corpos mais cheios de curvas como os acentuou em roupas justas. Mas, já que está todo mundo comentando, principalmente porque o assunto magreza das modelos (pra alguns extrema, pra outros normal) é cada vez mais falado, aí estão imagens da nova coleção. Olhe e diga: o que você acha das modelos de Mark?

Reproduçãomark-fast-cheinhasMark Fast outono-inverno 2010/11: cheinhas na passarela

Tags:        

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Comentários via Facebook

Comentários (887)

  • Luiz Alberto Dascenzio disse:

    É ridículo quando a gente vê garotas que já estão chegando a anorexia
    e ainda acha que estão com uma gordurinha a mais, e se acha que e a garota mais linda do planeta, coitada só ela vê isso.
    eu acha que todas as modelos até tem um rostinho bonito, mas são tão magras que que dá ate pena, uma vez eu vi gisele bündchen, na praia passeando com leonardo da vinci, ela tem umas pernas que mais perece um cavalete, ela não tem bunda e nem tem coxas, ela ate tem um rosto bonito, mas tem que engordar uns quilinhos a mais.
    eu gostaria que as garotas fossem, como elas são, sem ter que se espelhar nas modelos, modelos são apenas manequim de carne seca. as vezes ela tem vergonha delas mesmo, vamos valorizar mais as modelos dando uns quilinhos a mais, para que elas possa se sentir bem. um abraço a todos. e obrigado por poder opinar.

  • carla cesarina disse:

    bem que podiam ter um aspecto mais limpo, ou cheiinhas quer dizer desleixadas??!! a elena miro esteve bem melhor

  • Alice disse:

    Acho a ideia uma boa. Cada um deve ser aceito como é: uns são mais magros, outros cheinhos, umas tem peito grande, outras peito pequeno. O Iportante é ter saúde e ser feliz.

  • Laura. disse:

    Não, eu não gostei, dá até pra ver as celulites na barriga da mulher! modelos devem ser magras sim, ou melhor, COM CORPO. um físico perfeito, quadril, cinturinha, pernas(não precisa ser tanta), seios, etc.
    modelos devem ser médias, nem gordinhas mas nem magras demais.

  • maria disse:

    Eu amei isso as fofinha tambem são sexi !!!!!! Eu sou fofinha mas sou bastante convêncida com meu corpo agora vou ser mais ainda parabens a todas

  • NAJARA HARTER disse:

    Corrigindo: O padrao de MAGREZA nao era tao rígido.

  • NAJARA HARTER disse:

    Gente! Achei isso o máximo!
    Eu fui modelo da Ford Rio, tenho 1,80. Para come,car a trabalhar como modelo tive que emagrecer 17kg e mesmo chegando aos 57kg, me diziam que eu estava gorda.
    Hoje eu moro no México. Anos atrás o padrao de beleza aqui nao era tao rígido, por isso eu trabalhei bem aqui com o meu quadril “violao”. Hoje as brasileiras esqueléticas fazem parte de 90% dos castings.
    Enquanto nao mudam esse padrao anoréxica eu sigo estudando psicología! 😉

    Parabéns a Mark Fast por ter peito de levantar essa polemica!!!

  • Rosi Medeiros disse:

    A ideia é bem sensata, dentro da realidade. Porem não achei elegante grudar tanto o tecido dando muito destaque as gordurinhas, poderia ser um look um pouquinho mais solto.

  • Rita de Cássia disse:

    Até que enfim …mesmo porque somos maiorias nesse mundo de “beldades”, e inclusive de consumidoras …além do resgate de auto estima de muitas mulheres . Parabéns!!!!!

  • Roberta disse:

    Ah.. nem são tão cheinhas.. são normais!!! Eu acho q faltam modelos cheinhas de verdade! Mulheres que vestem manequins 48/50 que podem ser sexies e modernas! Trabalho com moda feminina de tamanhos grandes e tenho muita dificuldade em encontrar bons fornecedores! As mulheres cheinhas também têm direito de andar na moda!
    Adorei as matérias! Estão de parabéns!

  • Camila disse:

    Pra mim ele esta apenas tirando sarro das gordinhas com essas roupas que desvalorizam completamente o corpo delas. Fora essa maquiagem e esse cabelo que as deixam com cara de quem acabou de ser escurraçada de algum lugar! Vamos mostrar o que as mulheres desse mundo tem de MELHOR!!

  • NÁDIA disse:

    ISSO MESMO!!! QUEM DISSE QUE TEM Q SER MAGRA PARA SER GOSTOSA? APESAR QUE ROUPAS MUITO APERTADAS NADA FAVORECEM AS MULHERES DE + CORPO.

  • claudia disse:

    nossa elas tão cheinha sim …é de enchimento veja só…nossa que lama viu????

  • claudia disse:

    nossa achei muito legal,ele ter colocado modelos cheinhas maisprecisava pergar as sem graças???tem tanta gordinha linda com cara de mulher…essa tão parecendo umas velhas,acabadas,sofridas…mais mesmo assim parabesn pela iniciativa …chega de pele e osso…

  • fhernando vyana disse:

    olha eu achei muito bacana a ideia , alias as consumidoras ou a maior parte delas não sou magras ou esqueleticas, então achei muito legal essa ideia..

  • Erika Camara disse:

    Mesmo sendo gordinha, a modelo morena tem o mesmo rosto “doente” das magras.. :/

  • regiane disse:

    fiz o comentário acima e revendo as fotos, tenho algo a dizer:
    COMO É QUE EU NÃO VI QUE ISSO É ENCHIMENTO ????
    na boa chega a ser patético, alguém me explica como as moças com rosto tão magro , tem aquela barriga, e outra pq evindenciar aquilo?
    tá o uó.
    que as gordinhas merecm estar na moda, td bem, mas q diferença vai fazer se ela está na rua ou na passarela????? já existem agencias de modelos para as mais cheinhas e tbm desfile especificos, vi nu superpop (ai q vergonha) a pouco tempo atrás.
    tem um ditado batido, porém correto: cada macaco no seu galho!

  • regiane disse:

    interessante o fato de não ser as modelos magérrimas que estamos acostumados a ver nas passarelas, mas vamos combinar que essas roupas não tem nada a ver com as modelos, e outra as mulheres mais cheinhas precisam de opções que as deixem bonitas e confortáveis e não de peças que marquem o que é para ser escondido…
    tá certo que são conceitos de roupas que serão lançadas, mas mesmo assim, achei nada a ver, fora essas calçolas da vovó que não combinam com moças jovens mesmo acima do peso.

    pronto falei

  • Fernanda disse:

    Não gostei, prefiro as modelos magras, que tem um corpo bonito, e valorizam as roupas…

  • angela machado disse:

    Achei muito interesante modelos mais cheinhas.por que nao?to pra ver rostos mais lindos do que das cheinhas.Só que por favor, faça roupas adquadas não esses vestidos ridículos, nem me pagando eu usaria estes vestidos e convenhamos usaram uma peça por baixo que…..penso até que colocaram já de propósito para ter polemica.

  • Monique disse:

    Acho que a o mundo fashion precisa desse debate… precisamos encontrar o equilíbrio entre a beleza e o que é saudável, lutar por um ideal de beleza que possa ser atingido e que páre de levar tantas pessoas a anorexia, bulimia etc…

  • Zaira Marta Schaeffer Branco disse:

    Finalmente!!! Mulheres de carne e osso… de verdade! Sou magra mas odeio esse padrão de beleza imposto a nós todas. Também odeio a cultura do bronze obrigatório que nos rotula de “engessadas” a nós branquinhas.
    Só acho que deveriam ter desfilado sem roupa de baixo. Mas mesmo assim, maravilha! Adorei!

  • ERICA MARQUES disse:

    MT LEGAL!!! PESSOAS NORMAIS NA PASSARELA E O Q É MELHOR UM GRANDE ESTIMULO À SAÚDE. ACREDITO Q MTAS DESSAS MODELOS Ñ TEM GORURA CORPORAL INSUFICIENTE ATÉ PRA TER UM CLICO MENSTRUAL NORMAL. É UMA BELA FORMA DE PROTESTAR!

  • Cris disse:

    bem, concordo com mto comentários acima, mas acrdito que o q ele quis foi chamar a atenção sobre a ditadura…e aparecer …como é sempre óbvio e para isso servem os desfiles….sobre as modelos ..rsrs…tá meio óbvio também que é enchimento….o rosto delas é chupado e as pernas finas….rsrs…o q ele queria era levantar a lebre da ditadura da magreza…

  • Dirce disse:

    Modelos cheinhas ?????!!!! Nossa, essas são obesas. Será que não existe um meio termo? Ou mostram aquelas meninas morrendo de magras, ou umas pessoas obesas. E depois esses modelos que ele usou, parece que ele estava satirizando. Nenhuma mulher gordinha sairia desse jeito, na rua. Convenhamos!!!!

  • camila disse:

    Ameiiii ……. até que enfim, mulheres “normais” chega de magreza e mulheres cabides !!!!
    Adoroo

  • Kemelly disse:

    Mesmo sendo modelo e sabendo dos tabus que o mundo da moda ja vem ha muito tempo tentando quebrar,eu apoio a ideia de Mark F. em apostar por modelos mais cheinhas na passarela e dentro do padrao que estamos acostumados a ver no nosso cotidiano, pois elas tb sao formadoras de opiniao e nao so as mulheres com o esteriotipo magro mas como as outras em geral tb necessitam de alguem que invistam nelas. A moda nao pode olhar so p o esteriotipo em si e outros padroes, mas tem que saber quebrar as diferentes racas, estilos, idade, gostos…e vestir mulheres e nao cabides!!!

  • Jane Nunes Gonçalves disse:

    Concordo que as gordinhas devam ter seu estilo sexy, chic, ou seja lá qual for , só não concordo em roupas enlatadas, gorduras salientes, não fica legal, podemos ser mulheres normais , cheinhas e estarmos sempre bem, com a escolha certa do tecido todas ficam elegantes, roupas assim, justas não …..please!!!

  • MARO COLEONE disse:

    MARAVILHOSASSS, PESSOAS SAUDÁVEIS, COM CARA DE SAÚDE, VENDENDO QUALIDADE DE VIDA, NÃO AQUELAS ANOREXAS QUE PARECEM MORTAS VIVAS COM CARA DE DOENTES, PÁLIDAS, COM AQUELES OSSOS HORRÍVEIS SALTANDO NOS OMBROS, QUE ME PERDOEM, MAS ESSE CONCEITO TEM QUE SER MUDADO, DEVIDO A PATOLOGIA DA ANOREXIA QUE TANTAS ADOLESCENTES TENTAM IMITAR E ACABAM SE PREJUDICANDO E CAMINHANDO PARA UM MUNDO SEM VOLTA . PARABÉNS PELA INICIATIVA E VIVA A VIDA SAUDÁVEL ..BJSS

  • que bom que as gordinha. não se sinta mais regeitadas, ela são lindas. parabens pela iniciativa.boa sorte bjssss

  • aureni aragão disse:

    Eu achei a iniciativa do Mark Fast muito construtiva para o cenário fashion, acho que a anorexia é uma patologia que vem crescendo tanto no munda da moda como na população que é acima do peso e fora da tabela da midia, todas as mulheres querem um corpo magerrimo pois todas as roupas visam este tipo de corpo. Os vestido são lindos o que faltou foi colocar uma roupa de baixo que não marcasse tanto a roupa, existem peças intimas tipo uma segunda pele sem costuras pois este tipo recurso até as magras utilizam, ninguem gosta de uma roupa justa marcada pela peça íntima.

    Mar fast esta no caminho certo para quebrar os tabus da moda, espero que ele consiga.
    parabéns Marks.

  • jub disse:

    as gordurinhas nesse caso chamam mais atenção q o vestido,n devemos apelar para os estremos e devemos concordar q mulheres esbeltas e magras são elegantes e bonitas e é por isso q são modelos n qué dize q n sejam saudaveis.Assim como nem todo mundo não nasceu pra se médico nem escritor não nasceram pra ser modelos,cada um tem um tipo de beleza e as q melhores apresentam as roupas nas passarelas são as magras aceitem isso. ps: isso n foram palavras de uma anorexia

  • Ka Viana disse:

    Eu achei a iniciativa do Mark Fast muito construtiva para o cenário fashion . A idéia de que somos diferentes e não existe padrão para pessoas deveria ser melhor aceita pelo mundo da moda . Na contramão da inciativa dele esta a modelagem das roupas, que não valorizou de maneira alguma a silhueta das mais cheinhas . A idéia de colocar modelos mais gordas não vá convencer muitos estilistas e editoras de moda . Mas com certeza fará repensar que os padrões até então impostos por eles não vai perdurar por muito tempo . Daqui algum tempo veremos com frequência na passarela ” mulheres com cara de saúde e cada dia mais reais ” Isso fará com que mais mulheres se sintam mais socializadas com moda .

  • Daniella disse:

    Não acho legal modelos assim não 😡 Tipo, a roupa NÃO cai bem, dá pra perceber, pelamordedeus!
    Não precisa ser modeloes size 34, mas se ele quer colocar mulher com curvas, no máximo uma size 38, 40 no máximo. Essas aí estão mais pra 46, a industria não compra isso.

  • Aldine disse:

    COM ENCHIMENTO NÃO VALE!! QUE MULHER VAI TER UM ROSTO CHUPADO DESSES COM TODA ESSA GORDURA NA BARRIGA E QUADRIL?? LIPO SÓ NO ROSTO? A IDÉIA É ÓTIMA, DO TIPO QUE QUEBRA TABUS ETC, MAS POR FAVOR COM MULHERES QUE REALMETE TENHAM GORDURA NO CORPO!

  • pedro disse:

    Ridículo. Parece um espetáculo de circo, é desumano colocar essas mulheres na passarela como animais em zoológicos com o único propósito de causar polêmica e emplacar jornais. BTW modelos são aquelas que caminham na passarela do balmain

  • Beatriz disse:

    Adorei a idéia!!! Onde é feito o casting…. quero me candidatar. rsrsrsrsrsrs

  • Ane Claudia Menezes disse:

    Gostaria de dizer poucas palavras porque estou estupefada! Acrescento que sou magra e amo ser, mais sou uma magra sem loucuras e desejo sucesso e parabéns a essa nova ideia!
    Parabens parabens

  • Dayane Lima disse:

    Esta show!!!! Parabéns!!!!! deveriam ter mais!!!!!;D

  • Paloma disse:

    Eu ameeei, super originais! Cheeega de ‘perfeição só na passarela’, criaram modeletes de nossa realidade.

  • clenia disse:

    Otimo, assim fica mais fácil se imaginar dentro de um modelo desses!!
    Parabéns .

  • Adorei!!!!!!!agora estamos falando de realidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Tania disse:

    Por favor dizer que essas mulheres são FAST é piada, tenho a impressão que usaram roupas por baixo para deixá-las deformadas, olhe o rosto delas, os ossos (saboneteiras) isso não é gordura é deformação, coloquem manequins que vistam 50/52 essas sim poderão ser chamadas de cheinhas, abaixo os esqueletos ambulantes, pra cima os peitões, os bumbus cheios, as coxas grossasesse sim é o perfil da mulher brasileira.
    Tania

  • estela rufino disse:

    …Realmente!!! sou obrigada a concordar com vários comentários acima. Havia feito meu comentário mas…apesar de achar algo bem estranho – achei que poderia ser a falta de seio, e ou a roupa um tanto sufocando as modelos? Agora percebo o quanto ficou falso, muito falso.e..falso gordo é bem pior, a pessoa cheinha é simpática são na maioria das vezes donas de rostos maravilhosos, com uma simpatia que radia, tem seu charme, muitas são muito mais elegantes do que algumas que teem corpos esculturais… Já que eram para incentivar, poxa vida! Contratam mulheres brasileiras, temos muitas lindíssimas, jovens, maduras, senhoras etc…com copos destribuidos bem cheinhos as vezes mas de uma naturalidade bela, com quadris, braços, rostos…com alguns quilinhos fora do que – chamam de padrão sim – mas naturais. Meu e-mail está anexo, conheço muitas e, tenho bom gosto e amo moda. um abraço à redação. Estela Rufino

  • Érica / Maria Fernanda disse:

    Adorei o desfile, acho q tem espaço pra todas, principalemte para as gordinhas, que na maioria das vezes são sim discriminadas. Estão de Parabéns !!!!!!!Nota 1000

  • Simone disse:

    Nossa, elas nem são tão cheinhas assim para o padrão brasileiro de corpo elas estão bem “normais” na minha opinião.
    Mas é louvável a atitude, afinal só a minoria da população tem aqueles corpos com saboneteiras nos ombros, a grande maioria, principalmente no Brasil tem seios, bum bum quadril e nos orgulhamos de ser assim, não é a toa que os estrangeiros quando veêm pra cá ficam de quixo caídos com as lindas mulheres nas avenidas do carnaval…

  • Elisabeth Bimbatti disse:

    Tenho 1,76 mt e peso 93 kg, portanto me sinto a vontade em comentar que realmente não é nada elegante um desfile com pessoas “gordinhas”, principalmente com vestidos justos como esses desfilados. Que façam desfiles com “cheinhas”, mas que não façam coisas ridículas como nesse desfile. Não sou a favor de gordas somente com tubinhos ou camisões, mas com vestido grudado no corpo é pegar pesado. Não é sexy.

  • claudia disse:

    MASK FAST VC É D+ !!!!!!
    PARABENS POR SUA IDEIA…ADOREI DE VERDADE…PQ VC NAO FAZ AQUI NO BRASIL UM DESFILE ASSIM???

  • terezinha teixeira lima disse:

    adoooorei nunca consigo uma roupa pois so vejo roupa para magras . uma beleeeeza

  • adoro, ms gostaria de fazer um pedido aos nosos estilistas, pensem um pouco mais nas mulheres cheinhas desenhem roupas que as façam se sentir incluidas na moda, eu uso g e confesso q transformo maioria das minhas peças em casa mesmo, to cansada de só encontrar peças basiquisímas por tre um quadril largo, acho uma falta de carinho e respeito só se preocuparem com mulher cabide, sou mulher de verdade e ainda escuto muito fiu fiu nas ruas,merecemos a mesma dedicação ou mais, pois somos reais e estamos dispostas a nos sentir poderosas dentro de uma roupa. adorei a ideia, parabens pela consideração.

  • Adriana disse:

    A iniciativa é boa, mas as cheinhas inglesas são meio esquisitas, ainda mais com essa roupa de baixo apertada e os vestidos estranhos (tirando o preto). A carinha delas nem é saudável. Cá, para nós, as cheinhas brasileiras são muuuito melhores. Aposto que temos Giseles cheinhas para exportar!! Mas, ainda assim, viva a diferença.

  • Lia disse:

    Apoiado, mas acho que as modelos nem são tão cheinhas, mas estão com um aspecto horrível, faltou maquiagem e os vestidos bege e vermelho parecem estar pequenos, afff…

  • Eli Santos disse:

    Sim gostei muito …maravilhosa idéia de por modelos cheinhas…eu disse cheinhas e não mal feitas de corpo, fala sério essas que estão aí doemrsrsrsrrs

  • Lilian disse:

    Achei lindo!Porém acho que deveriam colocar roupas que ficassem mais adequadas a nós cheinhas porque fica feio sair com uma roupa super apertada chega a ser vugar

  • fernanda michele lopes disse:

    Adorei uma que eu ja tinha visto no programa do faustão uma modelo de tamnhos grandes e a fabiana carla umorista tambem esta lançando um calendario de mulheres que vestem gg e eu que sou gordinha adoraria participar.Se algum dia vcs vierem fazer um desfile no brasil me ofereço pra desfilar …

  • camila disse:

    adorei ver mulheres brasileiras comuns… lindas e charmosas… podiam ser todas assim na passarela….algo mais p´roximo do normal né

  • DellAcosTA disse:

    Achei super tendência. O padrão de magreza das modelos é uma exigência, para que o destaque seja a roupa e as distancie da vulgaridade em certas posições nos editoriais. Mas não creio que curvas representem isso. A atitude do estilista em privilegiar a mulher comum foi maravilhosa, afinal ela constitui grande parte do público consumidor e quer, assim como tem o direito de se identificar com as criações.

  • Lou disse:

    Eu acho que a MASK FAST, teria que colocar mulheres com mais corpo ou melhor mais gordinha. Que no minimo vestissem o manequim 44, mas mesmo assim já é m começo…!

  • Sávio Mourão disse:

    E tem brasileira brilhando como top model tamanho plus. Fluvia Lacerda está nas principais passarelas do mundo. E nóis no DVD!! rsrs

  • Luiz Paulo disse:

    GALERA!!! pow Vamo cair na Real que ficou horrivel essa mulherada com essa roupa, q acredito que está muitooooooOOOO longe dos estilistas colocarem esse bio -tipo em passarela, tenha certeza, essa foi uma aposta que não vai virar tendencia_ Hauhuhsauhs!!! e outra… a Organização Mundial da Saúde está fazendo o possivel pra acabar com a taxa de obesidade que vem crescendo cada vez mais. Vocês acham mesmo que as pessoas com peso acima do IMC recomendado vão tomar conta das passarelas do Mundo??? Ninguem consegue enxergar que essee estilista conseguiu o q ele queria, (mídia para suas marca)??? Vão lá na loja dele, aposto que a maioria das roupas são em tam. pequenos!!! Essa mulherada aew que elogiou esse desfile, provavelmente, não entendem de moda, ou nunca trabalharam com moda…ou o “pior”, devem estar “ACIMA DO PESO”auhsahus!!! A palavra da vez, é SAÚDE…o que não q dizer que quem é magro, esteja doente!!!!

  • mara disse:

    Adorei a ideia…..cheinhas e porque ñ?
    costura para magras é facil….agora dar
    graça e movimento ao GG e EXG quero
    ver? trabalho como costureira e sou mto procurada por pessoas grandes, e sei bem
    a dificuldade de se conseguir moldes e modelos
    para manequim especial…..salvo umas poucas
    revistas, é coisa rara….
    Q essa iniciativa sirva de exemplo.

  • Léo Zaguini disse:

    Achei muito bacana, e penso que a cada dia aproxima-se mais esta realidade nas passarelas.
    Só não vê quem não quer!!
    Parabéns pela iniciativa.

    Léo Zaguini

  • Ana disse:

    Nota 1000 para ele, um ato de coragem ir contra as convenções. ZUMBI não usa roupas. Precisamos dar um basta nesta fábrica de ossos. Parabens para ele.

  • andrea disse:

    nao me parecem cheinhas…me parecem normais……amei…pq mostram que realmente a gente pode pensar em comprar e vecomo fica …e nao quando chegamos na loja nada cerve …..tem meu apoio

  • Verônica disse:

    Bravo, e muito corajoso da MAK FAST, porque engraçado é que as magerrímas podem ira para passarela e as mais cheinhas que gastam o dinheiro para comprar as roupas. IGUAL AOS ARTISTAS que antes da fama fica até ligando para os paparazos informando sua agenda, e quando estão NO AUGE QUEREM PRIVACIDADE ai é mole com dinheiro no bolso….

  • Gleide Pereira disse:

    A iniciativa foi legal sim, porém, como outros já disseram, o estilista parece ter colocado um enchimento nas modelos e não ficou natural.
    Não se trata de ser ou não ser gordinha, mas de estar adequadamente vestida.
    O vestido bege e o vermelho ficaram horríveis, combinando com as expressões das modelos.

  • Eli disse:

    Achei muito esquisito o quadril dessas modelos acho que tem enchimento…no mais …modelos gordinhas não se parecem com essas da foto…essas vestem 42 e são altíssimas (prinipalmente a loura)…e gordinhas vestem 48-50… e as veze são bem baixinhas…
    Os vestidos são lindos, mas estão muito justos…achei um pouco desconexo…

  • Geovana disse:

    Tomara que seja o inicio de uma nova era. Adorei !!!!! Só acho que as modelos devia de ter um rostinho bonito.

  • rita de cassia disse:

    adore!!!!!!!!!!

  • kelly disse:

    Acho bem legal pessoas normais mostrarem que podem também, isso só prova que para mostrar nossa beleza não precisamos seguir o padrão de não comer.

  • angelica disse:

    achei otimo pois estiliostas famosos só sabem vestir cabides e naum mulheres de verdade.

  • Lili disse:

    Achei legal pelo fato das modelos terem os corpos como os nossos, pobres mortais, e não de modelo dentro daquel padrão anoréxico e esquelético que transmitem um ar doentio.Porém, concordo com vários comentários acima, as roupas não colaboraram nem um pouco…Achei-as terríveis, não valorizaram o corpo das meninas. Mas, pela iniciativa de aproximar a moda das pessoas “normais, nota 10!

  • karina silva martinho disse:

    achei otimo so as roupas sao feias mais todos tem direitos de brilhar

  • ROSEMEIRE MURBAK disse:

    Até que enfim alguem teve a coragem de levar as passarelas pessoas normais, e sair deste padrão , muito bom a variedade, adorei , parabéns. Tem gostos variados e devem ser respeitados.

  • carol disse:

    Tudo bem colocar mulheres cheinhas, mas em roupas que não fiquem ridículas. Aquele vestido vermelho deveria ser um número maior pra moça, ficou horrível. Acho que bom senso também é fundamental !!!

  • katya disse:

    acho maravilhoso o que MARK monstrou no desfile,não so as magrelas podem ser modelos as cheinhas ou como chamam as de acima do peso,GORDAS,a sociedade é muito preconceituosa em relação as cheinhas,porque não as gordinhas,quem falou ou escreveu que as acima do pesos,podem ser lindas,se vestir muito bem,ser adimirada,desejada…..porque entramos numa loja e o manequim quase sempre é de 34 a 40…nossa quanta besteira….quero saber hoje quem vesti 34,so mesmo as modelos doentes,pois para mim magreza não é sinal de saude e nem gordura é sinal de saude,temos que acima de tudo estar bem consigo proprio e estar com a saude ok.
    UMA VEZ FIZ UMA ENQUETE SOBRE GORDAS E MAGRAS,ABORDEI UNS 30 HOMENS,PARA SABER SE ELES TINHAM PREFERENCIAS EM MULHRES MAGRAS OU GORDAS….O RESULTADO FOI SURPREENDENTE…….70% DOS HOMENS,PREFEREM MULHERES GORDINHAS E COM SAUDE,DO QUE MAGRELAS E DOENTES………….GENTE MAGREZA NÃO É SINOMINO DE BELEZA E NEM SAUDE…………………..MULHERES SINTAM-SE BELAS,MARAVILHOSAS,LINDAS…ETC…,POIS NA VERDADE GORDAS,MAGRAS,ALTAS,BAIXAS,COMO VC FOR,TEMOS QUE NOS AMAR PRIMEIRO,AI SIM, ESCUTAR O QUE PENSAM DE VC E DO SEU CORPO,POIS SE VIER CRITICAS PARA O MAL,NOSSA ALTA EXTIMA ESTARA GRITANDE…………BJS……………..AME A VIDA E FAÇA SEMPRE O BEM SEM OLHAR A QUEM………DEUS PROTEJA TODAS……..BJS DE KATYA

  • Franciane disse:

    As mulheres que vão usar esses modelitos não são ”magérrimas” por isso essas modelos ”cheinhas” estão aí pra provar que mulheres com o corpo parecido com o delas também ficarão belíssimas! Amei! Se todos os estilistas optassem por modelos desse porte minimizaria a parcela de adolescentes femininas com bulimia e anorexia. Parabéns a ele!

  • cida disse:

    Sou gordinha e adorei a ideia… se quiser me convida pra desfila to na area… bjosss

  • celso bittencourt disse:

    Falando como homem, nunca vi graça nenhuma nesses desfile, mas agora com essas novas caras e corpo, mamaminha, não é demais, é o que há de melhor, por favor continue !

  • marilda disse:

    Discordo de alguns comentarios, quando dizem que ficariam melhor os vestidos se estivessem num corpo tipo:Juliana Paes, e por esse tipo de preconceito que as pessoas acabam achando que se não estiverem parecidas com as mulheres da TV, não seram felizes, puro emgano.Aprovadissimo o desfile,a ideia é otima.

  • Alini disse:

    Eu não gostei, acho bonito mulheres gordinhas, eu também sou e mais gorda que elas e meu corpo é muito mais bonito, alias elas não são gordas, só tem gordura acumulada na barriga, olhem só o rosto e pescoço delas que magreza, até parece que elas estão com enchimento de espuma, se fossem gordinhas por completo muito mais bonito!!!

  • Paula disse:

    Essas modelos estão com jeito de que foram “engordadas”. Parece que estão com enchimento por baixo para parecerem gordinhas. Olha a primeira foto: uma gordinha com uma “saboneteira” daquela de fora? (saboneteira são os ossinhos que aparecem logo abaixo do pescoço). E a terceira foto? Uma gordinha não iria ter aquela perna fina e cheia de músculos à mostra daquele jeito! Acho que o estilista deveria escolher modelos cheinhas de verdade, e também escolher looks que valorizem este tipo de corpo, e não acentuar o que está sobrando…

  • kayne disse:

    GENTE!QUE LEGAL ATE QUE ENFIM CONSEGUI UM ESPAÇO PRA FALAR.PARABENS PRA VOCE MARK,AS GORDINHAS TAMBEM SAO GENTE E NAO ESQUELETICAS COMO ESSAS QUE DESFILAM POR AI,CHEGA DE TANTO OSSO NA PASSARELA,COMO DIZ O DITADO,.QUEM GOSTA DE OSSO E CACHORRO.MAIS BORA COMBINAR VOCE BEM QUE PODERIA COLOCAR ROUPAS ADEQUADAS NAS MODELOS,POIS ME PARECEU UM POUCO RIDICULO E INAPROPIADAS,EM SE TRATANDO DE MODELOS MAIS CHEINHAS,NAO GORDAS.PORQUE GORDA PRA MIM E PORCO.ENFIM VAMOS MUDAR,FAZER DESFILES MAIS CARNUDOS E MAIS BONITO.MAGREZA E A TREVAAAAAAAAAAAAAAA.UM POUCO MAIS COMO ESSAS QUE DESFILAM POR AI E A TREVA.AHHHHHHHHHHHH.

  • Paulo disse:

    Olha só digo uma coisa, se isso pegar, até eu vou querer assistir os desfiles de moda. Eu sou apaixonado pelas gordinhas. Vou me sentir praticamente num harén, rs.

  • Mara Mambrum disse:

    Estas manequins estão com enchimento!! O rosto é muito ‘chupado’ para o restanrte. De qualquer maneira, minha nota é MIL. Eu sou GG e dependendo da roupa, as vezes XXGGGGG.Parabéns!! As ‘tendências’ precisam a consciência de que brasileira é ‘cheinha'(gorda). Esse negócio de ‘magrinha’ é na Biafra.

  • bell costa disse:

    ….Acho que esta na hora de pensar nas gordinhas, elas também gastam de se vestir bem….mas essas modelos não são tão gordas…
    Tem que por aquelas realmente cheinhas de verdade…

  • surama disse:

    Eu acho interessante o que vem acontecendo nas semanas de moda, esse debate do que é um corpo saudável e o que se torna prejudicial com relação a magreza das modelos, porém, não me parece que as modelos utilizadas neste desfile são realmente gordinhas. Mais parecem mulheres magras, com roupas muito justas e com algum tipo de enchimento nos quadris e barriga… Mas convenhamos que modelos tipo plus size estão cada vez mais em alta e cho muito válido a idéia de mostrar que a moda é para todas, do tamanho 38 ao 46, 54 etc….

  • vera lucia f. ribeiro disse:

    oi pessoal gostei muito desdes modelitos ja eram tempo de ter esse tipo de desfile nós gordinhas realmente presisavamos de ver e partisipar .amei mesmo.as gordas tambem vestem ………

  • BELA MARIA disse:

    NOSSA!ATE QUE ENFIM MUDARAM DE ESTILO,PORQUE NAO?PARABENS PRA VOCE MARK,QUANDO RESOLVEU COLOCAR AS CHEINHAS PRA DESFILAR,ELAS TAMBEM TEM SEU CHARME E BELEZA E SAO BONITAS SIM.CHEGA DE COLOCAR CADAVERES LA ENCIMA,VOCE OLHA NELAS E SO VE OSSOS,NAO TEM NEM ONDE PEGAR.SO TEM O ROSTINHO BONITO E NADA MAIS.ESTAO CADA VEZ MAIS SE DESTRUINDO COM MEDICAMENTOS ERRADOS E ESTUPIDOS,ACABANDO COM A SAUDE.E UM ABSURDO,QUANDO CHEGAR NO JUIZO FINAL DEUS,VAI PERGUNTAR QUEM E VOCE?NAO TE FIZ ASSIM,NAO TE RECONHEÇO.AHHHHHHHHHHHHHH,E AI?E A TREVAAA.

  • Patrícia disse:

    é fazer o que né. ao menoss 1 para as gordinhaass ja que o restante é nossoo …das magrass rsrsrs

  • Jayna Rangel disse:

    Eu adorei.É bom saber q as gordinhas estão ganhando seu espaço na moda.
    Espero q isso cresça,e se torne um negócio muuuito lucrativo.
    Tbm,aquelas modelos magrelas pra mim ñ são a cara da moda,elas nem tem a “cara das brasileiras”.

  • Patrícia disse:

    caracaaaaaaaassssssssss

  • claudia disse:

    ok. achei 10 que se pense em vestir toda a gama de corpos. No entanto, pelas fotos aqui apresentadas, mas parece que a designer quis forçar um visual magra nas modelos gordinhas. Não acho que ficou agradável de ver. Queria ver looks que de fato valorizassem nós que não somos magras, nem altas.
    Baseada nas fotos acima não acredito que se ache um colante súper justo bonito em uma gordinha. Eu, não usaria.

  • Simone Souza disse:

    Adorei a ideia de poder ver modelos mais cheinhas na passarela.na verdade ja havia conhecido essa ideia na Europa,que alias apostam e muito nos sizes maiores.também sou gordinha e odeio entrar nas lojas aqui no Brasil, pq nunca acho roupas que me agradam do meu tamanho.na verdade ainda nao consegui entender o porque disso, afinal todas nos brasileiras somos bem dotadas no nosso bio tipo, como bumbum grande, seios fartos, quadril largo,coxas grossas.a nossa moda esta precisando ampliar os seus horizontes.

  • Felipe disse:

    Eu prefiro as magrinhas ;~

  • Laura disse:

    Acho otimo q mulheres de verdade tenham a chance de mostrar que a moda é tbm pra elas, q beleza nao é ter osso aparecendo e que todos tem o direito de serem belos sem seguirem esse padrao escravisante q tem gerado tantas neuras e doenças. É logico q nao se pode deixar ficar obesa, tudo tm limite, mas só o fato, de mulheres q nao se sacrificam terem a oportunidade de mostrarem que sao bonitas, que sao felizes, ja é a prova de q logo esse padrao ridiculo de beleza cairá. Por mais que os estilistas prefiram vestir um cabide a uma mulher de verdade, eles precisam entender q a moda é feita pra uma maioria que nao vive de alface e conta cada caloria que come.
    Nao creio que deva haver um modelo de corpo perfeito…somos seres humanos frutos de miscigenaçao, nao há como exigir a perfeiçao.
    Por mais que se mude o padrao de beleza doenças relacionadas ao tema continuarao a existir. O que precisa ser aceito é o fato de q nao existe só um modo de ser bonito e q tanto a saude fisica quanto a mental é q deveriam ser priorisadas.

  • Vera disse:

    Achei fantástico! Essas são as mulheres da vida real e não aqueles cabide que carregam as roupas.

    Cabide, palavra usada por uma estilista falando das modelos. Ela disse que é mais fácil vestir cabide do que gente. Fiquei chocada, mais revoltada ainda com essa magreza doente dessas iludidas meninas chamadas de modelo, só se for de magreza , por que de beleza passam longe.

  • SILVANICE disse:

    ADOREI ……………………..
    A NODA NÃO É FEITA SÓ DE MAGRAS MAIS SIM DE TUDAS AS MUNHERES QUE SE AMÃO E SE VALORIZA…………………………………….BJS………………………………….

  • ANA NERY disse:

    Amei ainiciativa de colocar mulher normal para desfilar.
    Pois. estas sim são as verdadeiras modelos, são sadias come tudo e são felizes.
    Não vive doente desnutrida, valeu, valeu.
    bjs. Ana Nery – Bahia

  • luciana disse:

    gordinhas sim se vestir mão não né?esses vestidos não ficaram bem nelas,sou gordinhas e sofro pra encontrar roupas legais mas é bom que pelo menos ja estão pensando em nós.bjs galera

  • kayne disse:

    achei ridiculo!!!deveriam ter colocado mulheres cheinhas de verdade, e não colocar enchimento nas modelos!!tantas mulheres gordinhas lindas e eles fazem isso!!!ainda por cima colocaram roupas que nao valorizaram em nada o corpo das gordinhas!!!se quisessem valorizar não teriam colocado mulheres magras!!!

  • marcela disse:

    Assim não, tem que ser como corpo normal, esquelética nunca, mas em um o corpo harmonioso essas roupas cairiam bem cairiam.Todos os estilistas deveriam adotar este padrão de beleza, que é o que fica mais próximo das mulheres

  • Katia disse:

    Por estar muito acima do peso, tenho muita dificuldade em encontar roupas modernas e de bom gosto para gordinhas. Últimamente as coisas tem mudado, graças a Deus. Sou super a favor das modelos tamanho GG, mas sinceramente essas roupas são muito feias e não valorizaram as manequins em nada. As roupas evidenciaram todas as “sobras” do corpo delas. Elas foram desvalorizadas!!!!!!!!

  • Francini disse:

    Isso que é beleza…. Sucesso

  • Patrícia disse:

    Adorei a idéia… modelos magérimas, sempre as memas…
    os indices monstram que cada ves o publico é de gordinhas e gordinhos,
    a moda deve ser ditada e feita por todos, cada um com uma beleza especifica…
    Apóio a idéia SIM…
    E acredito que mais estilistas deveriam seguir está linha!!!
    AMEI!!!!

  • aldair disse:

    penso como a Raissa meu maneq ee44 mas, jamais usaria roupas marcando o corpo assim.gostode mim nd contra ser gordinha.temos que ter bom senso qto aescolha

  • Silvana Souza disse:

    ADOREI!!!! aliás ja esta na hora das pessoas cairem na real, cada mulher tem seu charme e sua beleza pessoal…vamos apoiar os eventos que estão apostando nas mulheres “normais”.

  • Arthur disse:

    Inovador, bonito… Gostei!

  • Suelen disse:

    Acho que se ele queria mostar que as cheinhas estao com tudo devia ter colocado modelos cheinhas mesmo e não magras com roupas de enchimento. A ideia de mulheres de verdade usando roupas legais me agrada muito, mas isso aí foi mto forçado e gera um certo tipo de preconceito camuflado.

  • Mônica disse:

    Até que enfim…mulheres de verdade na passarela! Ficou muito melhor do que cabides ambulantes. Aliás, é nessa hora que o estilista mostra que é bom; quando pessoas reais podem usar suas criações.

  • Sandra disse:

    Seria interessante se as roupas nao fossem tao justas. as modelos estao feisas com essas roupas justas.

  • maure disse:

    Eu acho feio aquelas mulheres anoréxicas, mas essas roupas não ficaram boas nessas cheinhas.
    Acho sim, que na passarela deveria ter mulheres com diferentes corpos e com diversos modelos de roupas e ser mostrado por exemplo oq cada tipo de corpo combina com tal roupa.
    Minha opinião!!!

  • Pâmela Fávero disse:

    Olá! OLha, sou cheinha e Adoro me arrumar bem… Não acho legal as passarelas te apenas aquelas meninas que parece uma caveira, pois não é a realidade, parece mais a representação da parte do mundo que passa fome.
    E mais, mulheres ditas “normais”, sempre tem uma gordurinha a mais, sempre tem uma celulite ou outras dessas coisas que nos aterrorizam… mas, colocar modelos acima do peso com roupas como esta ai, ta parecendo mais que o estilista quis tirar Sarro da nossa cara (Nós gordinhas).
    Qualquer mulher, gorda ou magra, tem que usar uma roupa para valorizar o seu corpo, então, esses vestidos ai.. só marcou mt e ficou mt feio….

    Até que enfim estão passando a ver mais as mulheres como são né, pq assim como a sociedade tem preconceitos como pobres, negros, tbm tem um preconceito mt grande em relação as pessoas que estão acima do peso, mas ai, a middia não fala né…

  • Parabéns para o estilista Mark, afinal estamos na era da inclusaõ, por que não incluir modelos reais para demonstrarem a moda reaal para pessoas reais, afinal devemos respeitar a diversidade, os profissionais da moda devem ter a capacidade de ousar , investir em novos paradigmas, se liberar das amarras e dos ditos normais , regras pre- estabelecidas.
    Novos modelos surgiram apresentadas por outras modelos gordinhas bem feitas lindas dentro da suas medidas a mais.

    ABRAÇOS ,Silvia Pessoa – PEDAGOGA

  • ÉLDA disse:

    Q LINDO ADOREI AFINAL AS BRASILEIRAS SÃO FOFINHAS MESMO,, Q VENHA A MODA PARA AS CHEINHAS,, PARA FICARMOS MARAVILHOSAS E BEM VESTIDAS.

  • michele disse:

    Se vcs repararem bem, vão ver que estas meninas são magras e estão com enchimento.Na verdade ele ta querendo ganhar mídia.
    Agora pensem o que quiserem sobre isso!!!

  • arianne disse:

    excelente idéia, afinal somos assim.

  • cel disse:

    mas elas estão com enchimentos, será q to enganada?Logico q a maioria das pessoas são mais cheias q as modelos,mas tem q ver q esse tipo d vestido nw combina com gordurinhas, eu nw usaria, um pouco mais soltinhas sim. realmente parece q fizeram esse desfile p desvalorizar o biotipo cheinho, os vestidos nw ficaram bem nelas, parece q estão gritando emagreçam p serem belas … q chato.Uma gordinha pode sim ser elegante e charmosa, mas nw com uma roupa dessas

  • Virginia disse:

    Adorei a idéia, mais gordinhas não usam roupas tão justas!!! Não é porque assumiram que são “gordinhas”, que tem que mostrar seu corpo dessa forma… Usar um saco cobrindo tudo tbm , não seria legal… Sou gordinha brasileira, da cintura fina, e bumbum grande, mais visto roupas que ficam sexy, elegante, sofisticada, atual… tudo, sem ser vulgar… Amei a idéia, mais acho que tudo vai se acertar com o tempo. Na minha opnião, eles usaram essas modelos com muita apelação…. parecendo que queriam dizer: “Vcs querrem ver modelos gordinhas? Olha se estão bonitas então…” Acho que as modelos muito magras, é sinal de doença… não gosto, mais as curvas, tem que ser bem utilizada, se não tbm fica feio. Tudo tem um equilibrio…

  • Maria Tereza disse:

    nossa olha o tanto que esta sendo comentado assunto polêmico…agora que esses tres modelos estão lado a lado, mais uma vez ganha o nosso bom e velho amigo: cor PRETO!!! olha o tanto que disfarçou em relação as outras…quanto as modelos: não posso falar que acho mais bonito doque o padrão magrelo, mas sei que até o meu gosto esta totalmente influenciado por esse padrão de beleza irreal , que só faz nós mulheres “normais” sofrermos com baixa auto-estima…. PORTANTO PARABENS MARK FEST, ATITUDES COMO SUA SAO DIGNAS DE ADMIRAÇAO E DE SEREM SEGUIDAS.

  • Hermann'o Tolle Lockharth disse:

    Muito bom, parece que andamos todos para uma revolução de alcance geral, nesse aspecto, foi uma evolução!

  • Fabricia disse:

    Olha, Não sou gorda visto 40, mas acho que isso sim é mais a realidade das pessoas no mundo e são essas mulheres que consomem tudo que existe para se vender. É um absurdo vc olhar revistas onde lá estão modelos vestindo 36 ou 38 e mostrando que aquilo é bonito. NÃO É !!! É RIDICULO TERMOS QUE VIVER ENGOLINDO ISSO DE QUE A MULHER BONITA É A SECA SEM PEITOS , SEM COXAS … CHEGA , QUEM CONSOME TUDO SOMOS NÓS AS MULHERES NORMAIS DO 40 PARA CIMA. CASADAS, COM TRABALHO, PREOCUPAÇÕES, VIDA ATIVA… NORMAL !!! TEM QUE HAVER UMA REVOLUÇÃO URGENTE EM CIMA DE EDITORAS, ESTILSTAS E REVISTAS. CHEGA DE ENGOLIR-MOS TUDO QUE NOS COLOCAM DE GARGANTA A BAIXO. SOMOS MULHERES NORMAIS E FAZEMOS PARTE DESSE MUNDO REAL E NORMAL E NÃO DO QUE ELES MOSTRAM NAS PASSARELAS E REVISTAS.

    VAMOS ACABAR COM ISSO MENINAS

    BJ FABRÍCIA

  • Rosangela disse:

    Gente! o mundo tem espaço para todos e brilha para muitos, deixa elas serem felizes, direitos iguais, não é porque elas são um pouco redondinhas que não podem brilhar nas passarelas! da licença! admiro demais essas mulheres de garra e que assumem o que são!

  • Neia disse:

    Sou gorda e…logo existo.

  • ilzineia Maria rainha disse:

    Ate que enfim alguem de bom senso, o que parecia é que os gordos estao condendo a vestirem aquelas coisas horrosas, mal feitas como castigo. Gordo tambem gosta do belo e com bom gosto. Estou cansada de ser castigada, ter dinheiro, poder pagar por um a roupa bonita e ter qiue levar algo que nao gosto por que somente as magras tem o dinheito a roupas elegantes. Viva, gordo pode vestir-se bem.

  • lilia disse:

    Sou uma gordinha assumida,faço tudo q uma magrinha faz e acredito que o preconceito com a mulheres acima do peso tem o mesmo peso que o preconceito contra negros,gagos etc… nóis sofremos isso na pele da mesma forma,acho que deveria ter uma lei que nos protegessemos contra os insultos que sofremos,adorei a idéia de ver mulherões nas passarelas…afinal somos tão sensuais quanto qualquer mulher!

  • Luciane Gazzani disse:

    Sobre as modelos em questão, não são “cheinhas”, ao contrário são magras, sem nenhum peito e rosto “chupado”, porém com quadris um pouco maiores e uma lingerie apertada, criando ailusão de que estão fora do peso, mas as roupas são horrorosas e não as favorecem em nada.
    Quanto à iniciativa, acho bacana, porque a magreza ditada pelas passarelas é para 90% das mortais impossível de se alcançar ou manter sem sacrifícios à saude física ou mental. De vez em quando aparecem umas modelos lindas, “cheinhas”, que para nós seria um tamanho normal, entre o 40 e o 44, que desfilam tão bem uma roupa, quanto uma modelo 34 ou 36 (cadavérica)… é só uma questão de mudar conceitos.

  • Margaret disse:

    Não entendi o real objetivo de Mark Fast, ele aprova ou não a ditadura da magreza? As modelos são lindas, ficarão bem com qualquer traje, desde que, com a numeração correta e roupas intimas apropriadas. Um brinde a beleza real e saudável!!!

  • danielle disse:

    eu achei legal pois nem todas sao bem magras apesar de que as gordinhas estao em alta foi muito bom mesmo

  • Maristela disse:

    LAMENTO SÓ QUE NAO ESTOU NA PASSARELA JUNTO COM ELAS….AMEI.

  • paula Stumpf disse:

    Tudo bem modelos mais cheinhas… acho bacana, mais natural… Mas têm que ser cheinhas com o corpo mais bonito, proporcional, mais no “lugar” para não marcar muito…e roupas apropriadas também… Afinal, modelos servem de “cabide” para as roupas… Achei essas modelos um tanto quanto “caídas”… existem modelos cheinhas bem mais bonitas.

  • Adorei,vê pessoa normal na passarela, pois sobreviver com um corpo como é ditado pela moda só mesmo habitante da Etiopia.

  • cris disse:

    rs..eu adorei!!
    quem disse que as cheinhas nao dao show nas passarelas!!!

    arrasouuuuuuuuuuuuuuuuu

  • wendelloren disse:

    gostei sim destas modelos sao mulheres do dia a dia assim as pessoas ver como ficaria nas roupas.
    por que modelos magras sao que nem os bonecos da vitrine, toda ropa fica legal nao tem formas que nem as mulheres do dia a dia de todas.
    sabemos que todas tem seu esparço mais para mim estas madelos ai de cima é a nova tendencia do mundo…… pessoas verdadeiras…

  • lidia disse:

    adorei muito bom saber que essiste modelos mais gordinhas assim ate eu queria desfilar…um luxo queridas…amei muito..

  • Nem disse:

    Nossa mulheres de verdade!!! Eolha q elas não são gordas, somente tem curvas mais acentuadas. Só os vestidos q ficaram meu estranho, menos o preto. É muito bom saber que tem gente que ainda vive em um mundo real e não no mundo da fantasia…..

  • Luzia disse:

    Adorei tudo sou gortinha e queria ter o mesma chanse de desfilar com gualquer roupa e ainda por cima ganhando dimdim rsrsrsrsrs .
    A final temos direito tbm bjs .
    25/02/2010 15:02h

  • Michelle disse:

    achei a idéia interessantíssima, alías, o que existe de mulher gordinha bonita por aí…ou seja, mulheres reais com roupas reais do nosso cotidiano. está aprovadíssmo,

    adorei….

    Mimi

  • Daniel Cabrel disse:

    Achei a iniciativa muito interesante, mas ao mesmo tempo não achei o vestuário apropriado para as mais cheinhas. Principalmente o primeiro, realça muito a barriga e a cintura.
    Em contraposição o último look desfarça muito mais as gordurinhas.

  • cida disse:

    Finalmente alguem resolveu colocar modelos de verdade nas passarelas.
    Espero que o exemplo seja seguido.
    Chega de anorexicas desfilando modelitos que só elas ´podem usar.
    Parabens.Estou realmente feliz por essa iniciativa.

  • MARIA AMELIA disse:

    vocês estão tirando uma com minha cara,fala sério!!não substima minha inteligencia.como que as mulheres cheinhas , tem um rosto taõ magro desse e parecem doentes,,,,

    beijos

  • Ana Paula disse:

    Adorei saber que as mulheres mais cheinhas desfilaram esses dias… Hoje, com 31 anos e alguns quilinhos a mais, me sinto sexy mesmo usando manequim 50 e não me envergonho na hora de comprar roupas, porém tenho muita dificuldade em comprá-las por raramente encontrar meu número em algumas lojas. Quem sabe assim as lojas prestem mais atenção em nós… ADOREI!!!

  • APARECIDA disse:

    Finalmente…demorou muito para um estilista colocar modelos de verdade nas passarelas…
    Parabens!!!!!
    Espero que outros sigam o exemplo.

  • nina disse:

    Ficou horrível…
    Parece que pegaram um colchão e amarrão ele com uma cordinha em vários lugares.
    Isso foi uma pura jogada de marketing da marca e não um ideal. Foi uma maneira de se diferenciar dos outros desfiles e só mostra a falta de criatividade da marca.
    Não adianta o caimento da roupa fica muito melhor em mulheres magras…Ficou péssimo.

  • leo disse:

    meu medico me proibiu de comer gurdura
    nao gosto de magrelas e nem cheinhas
    prefiro as GOSTOSAS hsahshaha

  • Agnes disse:

    Erro meu, aparência e não apência.

  • elaine disse:

    Maravilhoso ter manequins cheias, afinal a maioria das mulheres brasileiras não são magricelas. Estilistas que estão fora de “moda”….acordem!!!!!
    Ealine

  • Agnes disse:

    Seres normais desfilando. Mas os vestidos não são elegantes, muito apertados e da uma apência de serem mais gordas. Salvo a loira que esta com um modelo mto bonito.

  • daniela disse:

    Repararam que a maioria dos depoimentos são de mulheres? Na verdade, não acredito que mulheres gordinhas são satisfeitas com o corpo. Cheguei aos 83 e já estava deprimida. As roupas não servem e a aparência de mais velha é inevitável. Pra começar a palavra é sempre usada no diminutivo: gordinha, cheinha, porque deveria ofender? e os comentários: “sou gordinha, mas sou feliz”; porque? não deveria ser? “Gosto de mim do jeito que sou”, porque não deveria? Agora, apresente a fórmula mágica e veja quantas vão querer permanecer com seus quilos a mais. Iniciativas como esta do desfile são muito bacanas, mas deveria ser normal e não uma coisa do outro mundo. Pra gente gostar da gente, realmente, os valores têm que ser outros, nada a ver com o peso da balança.

  • Wanda Lúcia disse:

    Excelente idéia: viver a vida como ela é. Acredito que somos lindos e lindas de qualquer jeito! O que falta é a auto valorização mesmo. Sejamos gordinhos ou esqueléticas, obesos ou anoréxicas. O importante é termos saúde. E SERMOS FELIZES. Estilo próprio é o que há!

  • vera disse:

    Demorou pros estilistas verem que a moda não
    é pra mulheres magrelas.

    O que é bonito e veste deve ser usado .

  • rose disse:

    nao tenho nada contra as gordinhas mas achei ridiculo essas roupas justas marcando tudo, prefiro o tardicional

  • sandra bastos disse:

    Legal agora so falta ser cheinha e negra, ja que as passarelas ainda dao prioridades as brancas ,independete de serem magras ou não. O dia em que a Publicidade reconhecer o valor de consumo do negro, eles nao vao querer outra vida, mas por enquanto quem dita as regras é o que ja esta empreganado a seculos, o falso conceito de que branco e mais bonito, fazer oq ?

  • Andrea disse:

    Muito boa a idéia! Acho que o mercado da moda estimula compulsivamente a anorexia. Acho que cada pessoa deve ter o direito de ser e sentir- se bem com seu corpo come ele é. Padrão…é ser feliz com si mesmo!

  • rose disse:

    Nada a ver não tenho nada contra as gordinhas ,mas na pasasrela com essas roupas justas achei ridiculo prefiro ,a tradicional muito melhor.

  • welington disse:

    beleza esses modelos……………

  • Sonia Costa disse:

    Poxa………. agora sim me sinto um gente……. cansei de entrar em lojas e ouvir: “o nosso tamanho G veste até o 42″ ……….

  • Lory disse:

    Sim, já era tempo de poder deixa de lado os osso, lol não que tenha algo contra mais, mais no fundo la no fundo quem gosto de osso é cão. isso sim é mulher tem algo que se agarre. viva o bendito estilista.

  • glorinha disse:

    Acho essa discussão proveitosa e além de tudo mto coerente.
    Mas, vamos e venhamos, pô! Com esses vestidos Ele, simplesmente, quis avacalhar com as mulheres normais e não exaltá-las, foi o q me pareceu claramente. Pois elas estão, absolutamente mal vestidas em roupas que nãos lhes cabem.

  • franciele cristina disse:

    eu mesma sou gordinha e nem por isso deixo de cuidar da minha alimentecão pessoas muito magras parecem esqueletos ambulantes ou seja as modelos muito magras. Isso que são mulher brasileiras mais fofinhas !!! la vai um desabafo homem não gosta de roer osso e sim comer garne

  • Daniel Souza disse:

    Entendo que, para os estilistas, fazer uma coleção baseado em uma única medida, é muito mais fácil…sendo assim, as modelos que se virem para estarem de acordo com o tamanho das roupas que desfilarão! É aí que começa a busca frenética por corpos magros (em mitos casos, esqueléticos e sem saúde) para estarem dentro dos padrões exigidos pelo mundo da moda. Mulheres parecidas com “cabides”, com ossos exageradamente saltados, expondo as “grandes criações”. Quando essas coleções chegam às lojas, o público que os compram são, em geral, pessoas de formas normais…e isso diz respeito a grande maioria. Está na hora de exigir nas passarelas, uma bela apresentação de pessoas saudáveis, vestindo riquíssimas criações e proporcionar ao público e aos críticos, um belo espetáculo, em todos os sentidos, onde todos vão poder apreciar e ter acesso as criações feitas para todo tipo de público. Obesidade é um problema de saúde e deve ser tratado, assim como magreza excessiva (ao ponto de se chegar a anorexia) também merece atenão. Nada como o bom senso em se pensar no caminho do meio, ou seja, um meio termo…

  • Kelly disse:

    A ideia de cheinhas na passarela é ótima! Mas minha gente, ja ja vamos ter cherinhas de top? É uma questão de bom senso, esses vestidos só ficariam bons em gente que não tem carne nenhuma, tudo marca, é péssimo!

  • taci disse:

    AI QUE MENTIRA !! REPAREM NO ROSTO DELAS !! SUPER FINOS!!! POR BAIXO DESSAS ROUPAS TEM MUITA ESPUMA ISSO SIM !!!
    AFF…

  • Mércia disse:

    Obaaaaa‼ Ainda bem que eu não preciso mais cometer o suicídio por estar fora do padrão.

  • E.S.S disse:

    Amei,pois chega de ver só as magrinhas na passarela.É isso ai,temos que acabar com isso.Horas só as magras tem vez..Sou gordinha e me amo!!

  • tamara disse:

    Ótima a idéia ! Mulheres com corpos normais na minha opnião. Nada que é demais é bom, nem a magreza nem a gordura, perdi uma irmã com 46 anos em consequência de obesidade, então não é legal ser gorda. Agora cá entre nós, os vestidos são de péssimo gosto, o vermelho marca direitinho a cinta para segurar a barriga…

  • Mara disse:

    Acredito que em nada isso valoriza, ajuda ou melhora o “nó cego”que prende as passarelas e a magreza exagerada das modelos. Ao meu ver o que foi alcançado pelo estilista foi ressaltar ainda mais que ossos e passarelas nasceram pra viver felizes para sempre! Se a intenção era dizer que mulheres com mais curvas ou gordinhas também merecem estar em foco na moda, que fossem desenhadas roupas e conceitos que valorizassem seu corpo com curvas e não como foi mostrado. A mim ficou evidente que o objetivo foi saltar aos olhos do mundo “estão vendo porque as modelos devem ser magérrimas?!” sendo que na verdade existe moda para todo tipo de corpo.

  • Little disse:

    Amei…
    Bom ver que pensam em nós cheinham…É quase impossivel encontrar roupas legais ao nosso tamanho!

  • Carol disse:

    Achei esse desfile o máximo… pq estou fazendo um trabalho que envolve esse mundo das “gordinhas” tbm… e pude perceber como é dificil para esse público se enquadrar no padrão da moda…
    Chega de meninas anorexicas.. agora é a vez de pessos normais deixarem sua marca no mundo das passarelas…

    Beijos =****

  • mércia cristina disse:

    Até que em fim alguém resolveu fazer alguma coisa para dar um basta nessa ditadura de beleza ,até porque na realidade as mais atraentes são as que tem carne e não as que correm o risco de morrer de fome. Gostaria de fazer uma pequena observação que da próxima vez sejam mais ousados coloquem na passarela gordinhas com barriga pois estas aí fizeram algum tipo de cirurgia plástica.

  • debora disse:

    Simplesmente adorei!!! Sempre fui gordinha, cansei de lutar contra isso, o negócio é assumir os “pneus”. Só achei a “underwear” das modelos um pouco inadequada. Bjs

  • Andrea disse:

    Na minha opinião a idéia é ótima se não fossem modelos magras. como podem ver os ombros e pelos pescoço delas que elas não são gordinhas.
    E sim modelos que estão com cintas que até estão marcando a cintura delas ” Cintas que enchem igual aquelas almofafadadas”.
    Deveriam fazer desfiles com modelos gordinhas de verdades .

  • Dany disse:

    Adorei !!!
    Acho que deveria acontecer mais vezes desfiles como esses isso até anima as mulheres que estao fora do padrao imposto pela sociedade
    quem sabe assim as menos privilegiadas se sintam mais felizes

    Daiana

  • rosi pereira disse:

    ameiiiiiiii,em saber q as gordinhas vao estar na moda,pq quase sempre n acho roupas bonitas!!!!!!e essas sao lindasssssss!!!!!!!por rosi,25/02/2010 as 13:16

  • Eduardo disse:

    Não precisa ser gorduxona mais também não pode ser magrela igual uma vara que é isso que eles mostram e dizem ser o padrão de beleza e leva a muitas adolescentes a querer ser igual.

    Mulher bonita não é gorda nem magra é meio sem exageros e sem faltar.

    Quando se diz “modelo” lembra uma mulher bonita de um padrão diferente das outras.
    Colocar gordas mais feias não dá.
    Precisa colocar mulher bonita de corpo e rosto porque é isso que faz a modelo e não colocar mulheres comuns na passarela.

  • Almir Rogerio de Araujo disse:

    Parabens a todas mulheres cheinhas!!
    Eu sou a favor das modelos e as mulheres cheinhas., para com essa de modelos e mulheres magras!!

  • amanda disse:

    a ideia eh excelente, mais bonito num eh não..

  • Lilian disse:

    Bom é bom saber que estao tentando mudar a beleza padronizada… mas eu não achei essas modelos GG elas estao acima do peso das padronizadas mais deveriam ter colocado umas modeos bonitas no minimo… Existem muitas gordinhas GG de verdade que são muito mais bonitas tanto de rosto como de corpo do que esta ai…. e tbm esses vestidos não ficariam bons em mulheres GG… Mas mesmo assim achei a materia boa para mostrar q a mulher tem q ser mulher no conteudo e naum na magreza.

  • Thais disse:

    Muito legal e elas são muito bonitas as roupas q tinham q melhorar um pouca mais elas são muito bonitas e … Se estiverem precisando de uma gordinha estou aqui!!!!…hehehe

  • Betânia LUiz disse:

    As modelos estão divinas.
    Pois se aproxima a realidade do mundo.
    Esta magreza apresentada pelas modelos é fora de proporção. Sem contar que é um ideal inalcansavel .

  • Helena disse:

    analisando bem as fotos, eu acho que ele colocou enchimento nos vestidos pra dar a impressao que elas sao cheinhas. olhe bem o rosto delas, uma mulher com um corpo assim teria um rosto mais redondo tambem.

  • hany talita disse:

    amei td de bom parabens

  • Lucas Magno disse:

    A idéia é sempre boa, mas acho vulgar coloca-las em roupas justas.
    Por que não democratizar ainda mais e vesti-las de forma coerente?

    Meia palma para Mark

    Beijo

    Lucas Magno
    http://www.ohomemeamoda.blogspot.com

  • hany talita disse:

    adorei parabens por reconhecer a beleza das mulheres cheinhas,porque são tão lindas quanto as magras bjosssssssssssssssss

  • luis henrique disse:

    ”””’eu adoro mulheres godinhas fortes comcarnes para degustar mulher palito nao tem graça minha esposa e fortinha ela e muito linda e gostosa eu amo muito ela nao gosta de sr gordiha amis aamo por isso sou louco por ela mais ela nao se conforma mais amo muito ela e meu AMORZAO……………………………!!!””

  • Ariana titoe disse:

    Achei um maximo as modelos pois independente de ser gordas ou magras , quebra todos os conceitos de que mulher bonita tem que ser magra.

  • cunha disse:

    Adoro essas mulheres carnudas elas são demais,principalmente com esses LINDOS QUADRIS. Magras de frente está indo, de perfil, já foi embora,voces já viram alguma mulher magra pintada em algum quadro

  • a idéia de colocar mulheres normais na passarela é fantática!sou uma mulher normal e gostaría de ter a oportunidade de desfilar!!!imagino que tenho potencial!
    um beijo!

  • cunha disse:

    Não existem mulheres gordas, isso simplesmente é EXESSO DE GOSTOSURA , principalmente dotadas de QUADRIS LARGOS, EU ADORO ESSAS MULHERES; modelos magras ou com aparencia de adoentadas.Homem que é homem adora as carnudas ou boasudas. digo mais gostosonas.

  • Carla disse:

    Bom eu gostei da atitude porém as roupas deixaram a desejar e muito…..
    Mas se for para analisar estas roupas são para mostrar ao mundo que nem tudo que tem 1,90 e 48Kg é beleza pura.
    As grandes marcas internacionais deveriam ser menos preconceituosas quanto aos tamanhos 42,44 e etc. A começar pela televisão que impos a DITADURA DO menequim 36,38 (38 já sendo gordinha pra eles).

  • livia disse:

    Legal!!!!

    Nòs gostamos de ficçao, mas està mesmo na hora da moda se tornar mais real e condizente com o nosso dia a dia. Somos pessoas de carne e osso, nao cabides ou esqueletos…Parabens!!!!
    Adorei, tomara que essa moda pegue!!!

  • amanda disse:

    esse recado foi para a aline do 1° recado

  • Luana disse:

    VAMOS FALAR NÉ, NÃO ESTAMOS PRA ANALISAR AS MODELOS E SIM AS ROUPAS, O IMPORTANTE SÃO AS ROUPAS. E CLARO QUE SÃO LINDAS!AGORA SE A MODELO É FEIA OU BONITA NÃO IMPORTA, O MAIS LEGAL É QUE O ESPAÇO PARA O MANEQUIM GG ESTA GANHANDO lUGAR NAS PASSARELAS E ISSO EU APROVO MESMO!!!O mundo da moda seria um grande aliado para ajudar as pessoas se sentirem melhor se amarem como são. Pois nessa loucura em que estamos vivendo onde só se fala em perfeição, esteticas etc… estão fazendo as pessoas esquecer que o mais importante são os valores internos e não somente a beleza externa. “O ESPELHO SÓ MOSTRA A METADE DA BELEZA”!!!!!! A outra metade esta dentro de cada um. (:p)

  • amanda disse:

    aline…. no minimooooo vc deve ser gordaaaaa de doerr para falar de alienigenas qdo se refere as magrinhass….e esse desfile de gordinhass é para consolar pessoas assim como vc
    bjss a todosss

  • Fabiana Lisboa disse:

    Achei legal essa atitude que ele tomou. Afinal a nossa juventudo estão ficando doente, pois a propria midia força eles a ficarem assim colocando modelos anorexas. Gostei mesmo mas uma sujestão, ao colocar uma modelo cheinha nas passarelas tem que saber escolher, pois existem varias modelos fortinhas e com corpo e rosto bonito. Essas ai estão parecendo que colocaram enchimento. Mas tirando isso acho que deveria virar uma coisa normal na midia.

  • sheila Neves disse:

    Trabalho com fotografia e com modelos de todos os tipos, sexo, idade e tamanho. O que realmente importa é a atitude. A roupa que vc veste só faz mostrar a promoçao que vc mesmo fez, entao: se o corte, tecido ou costura nao favorece, troca-se o modelito do look e sai tudo perfeito, nao importa quantas curvas ou ossos o modelo tem. Nao importa a griffe e sim o caimento. Penso que o estilista nesse caso, queria mesmo Causar, salientando as medidas fora do padrao destas modelos, por isso a escolha “infeliz” dos looks; fez um grande marketing do que é mau gosto de griffe…
    Espero que as mulheres com padrao diferenciado de peso , nao fiquem com a idéia de que devem se vestir apertada e deselegante como estas para estar na moda.

  • Rosangela disse:

    Muito bom um estilista utilizar modelos mais cheinhas, já que temos um número grande de pessoas que estão neste perfil. Mas, olha que look horrível !!!!!peças íntimas marcando… as molelos com cara de doente…. não vamos exagerar né….

  • Vania disse:

    Adorei a iniciativa, acho que tÊm modelos lindas, com corpos maravilhosos, que por causa de alguns centimetros a mais, do que os estilistas ´consideram normais, sao descartadas, espero um dia as modelos serem julgadas apenas por terem corpos bonitos bem torneados não por ser um pouquinho ,mais cheinhas, Parabéns, espero que continui pensando assim e logo terá as modelos mais lindas, desfilando para sua griff, quanto as modelos que já estão desfilando para você apenas acho que faltou, desculpe eu mencinar, bom gosto , ao escolher o figurino,

  • Cintia Souza disse:

    Puro enchimento; vestido justo, cafonérrimo, não gostei! Beijimmmm.

  • Ana Lopes disse:

    Achei ótima a idéia, péssima as roupas. Teve em Milão a estilista Elena Mirò que fez roupas melhores e as modelos estavam melhor maquiadas http://tinyurl.com/yekg6z2

  • Rosimar Oliveira disse:

    será que toda gordinha tem cara triste ? e toda gordinha tem que usar uma roupa de baixo tão marcante que as deixe tão esquisitas ? Pode ser de um estilista famoso mas os vestidos não valorizam nada as gordinhas ? Será que ele está de gozação? Sim pras gordinhas desfilarem, mas não tão estranhas .

  • ana lucia disse:

    Por favor, deconsiderem o erro de digitação da palavra “ícone’, pois no meu comentário esta´escrito “ínoce”.Grata.

  • ENEIDE PACHECO SANTI disse:

    tem que ser magra demais ou gorda? não pdoe ser simplesmente NORMAL?

  • Carol Bulgari disse:

    Gente, sou a favor de democratizar.. Mas sem exageros, certamente outras peças poderiam valorizá-las, e aí sim poderiam ser vistas como mulheres deslumbrantes em uma passarela. Sendo elas magras ou não.

    Assim, pra mim, parece marketing social barato.
    Mas, como usuária de manequim 42-44, aprovo a idéia. Só faria melhor..

    Ou talvez faça : )

  • ana lucia disse:

    Corrigindo: onde se lê “ínoce”, leia-se “ícone”.

  • Kelly disse:

    não acho que elas tem nada de cheinha, aliás porque o termo cheinha… são normais e reais!!!

  • Moa Marangoni disse:

    Para mim, ele quer se promover através disso, as roupas (e o corpo das modelos também) me lembram a Elenita, ex-BBB. Corpo, cada um tem o seu, essas roupas não são bonitas, muito menos criativas.

  • ACHO DIGNO!!!!

    Brilhante idéia… espero que vire MODA!!

  • Paula disse:

    Não existem só mulheres magras, portanto, deve ter sim lugar na passarela para mulheres mais cheinhas… desde que o look caia bem com o corpo e deixe a mulher mais valorizada.

  • ana lucia disse:

    estou travando uma luta pessoal por causa da ditadura da magreza das modelos:Minha filha adolescente quis ser modelo, está com anoxeria e bulimia há dois anos e tem como principal ínoce a modelo nº um do país. Procuro mostrar pra ela que isto é estereótipo e ditadura e que as gordinhas e normais são tão ou mais bonitas do que estas mulheres que servem apenas de manequim para vender uma falsa imagem, e produtos, como os bonecos de vitrine, mas tem sido em vão.Hoje, vejo que os profissionais de moda, depois dos resultados nada agradáveis entre as adolescentes e jovens, tem procurado reverter o que eles mesmos promoveram : o estígma de que ser gordinha é feio e que você que é gordinha não tem direito de se vestir bem, nem mesmo de existir,haja vista que as academias e spas estão cheios de pessoas querendo se transformar no que não são somente para serem aceitas. Sou gordinha, meu marido me chama de gostosa, gosta do meu corpo, me sinto bem e bonita e quero que cada um viva e deixe viver, é claro, cuidando da saúde.

  • MARIA JOSÉ disse:

    Prefiro mulheres normais, pois são pessoas comuns quem vão vestir as roupas e precisam saber como ficará num coprpo parecido com o seu.Parabéns.

  • mirley disse:

    É PRECISO MOSTRAR EM UM DESFILE QUE TODAS SOMOS LINDAS ???

  • Angela Maria disse:

    Que bom hoje a preocupação com o lucro faz com que alguns paradigmas sejam quebrados, e podemos avaliar que a diversidade esta sendo realmente respeitada. A moda feita para todos. Chega de comprar um modelo de magra que fica ridiculo, porque não foi pensado o modelo gg mas o modelo pp, p, m, e no maximo mm. A preocupação com o real volta a aparecer e “Viva a Monalisa”

  • Marcia disse:

    Gostei, pois acho que as gordinhas são sexy..
    só não admirei o rosto da gordinha..
    Pois tem gordinhas lindasssssssssss

  • Fernanda disse:

    A idéia de valorizar as curvas das mulheres é muito boa, porém, as roupas não foram nada valorizadas, a sensação é que ele quer discutir uma polemica e está se esquecendo que neste momento a questão principal é a sua moda a ser apresentada.

  • MARINEZ disse:

    AS MODELOS ESTAO LINDÍSSIMAS, MAS OS MODELITOS DAS ROUPAS ESTAO UM POUCO MARCANTES DEMAIS. EU SOU GORDINHA E GOSTO DE ROUPAS SENSUAIS MAS COM REQUINTE …ESTILISTAS OLHEM MAIS PARA OS TAMANHOS GG

  • Rose Beco disse:

    Até que enfim descobriram que as cheinhas tambem gostam de se vestirem, chega daquelas roupas com tres buracos……, parabens por pensarem nas cheinhas, o mercado para esse tipo de confecção GG é muito grande.

  • Fernanda Mendonça disse:

    Nossa que legal, eu sou normal, não me sinto um E.T gordo, rsrsrs. Como foi dito acima em um dos comentarios, as modelos tem que ser normais, assim como a mulher brasileira, que tem o seu corpão. È raro ver na rua uma mulher magerrima ou simplesmente perfeita. Só existe no Photoshop. Ameeeiiiiiii.

  • LUZIA disse:

    Achei a ideia maravilhosa,por que nos vivemos
    uma realidade contraria ao que mostra a passarela
    temnho dificuldade em encontrar roupas tamanhoGG,isso vai fazer com que os logista
    mudemsuas realidades ao comprar roupas para suas loja,tomara que mais estilista tomem essa iniciativa também……………

  • Tchili disse:

    Achei o máximo a ideía de promover também as que têm curvas…. acho que mulher tem que ter carne para que a roupa fica bem sex

  • Camila disse:

    chega de ditarem regras para se viver feliz!!!
    Cheinhas, magrelas, negros, gays… Podem ser o q for, sempre fazeremos parte da mesma sociedade!!!

  • Crislayne disse:

    Achei demaisssssssssss, sou magra, mas acho bacana as cheinhas nas passarelas excelente…

  • Keila disse:

    Finalmente pessoas reais na passarela.!!!
    Só acho que os vestidos vermelho e bege nao estavam adequados, Mas o preto longo arrasou!!!
    As cheinha tem sim que ir para as passarelas…mas com bom gosto, e bom senso!!
    Existem muitas maneiras de se vestir uma mulher cheinha, com elegancia, bom gosto e, por que nao, de modo sexy e provocante, sem torna-la vulgar.

  • Rita de Cassia disse:

    Adorei, precisamos dar valor a todo tipo de beleza, acho que aquelas modelos esqueléticas não estão com nada, e pior, parecem estar doentes, verdadeiros esqueletos caminhando, esse sim dá até gosto de ver, adorei os 3 modelos, ficaram Lindos!!!!!
    Parabéns

  • Mari Guimaraes disse:

    Gostei muito acho que o sol deve brilhar para todos .

  • Rayra Oliveira disse:

    acho q essas modelos cheinhas estão um pouco falsas.

    acho ótima a idéia, a proposta, mas acho que elas são falsas gordinhas!!!

  • SIMONE PEREIRA NUNES disse:

    SER GORDINHA Ñ E MOTIVO DE POLEMICAS NÓS SOMOS NORMAIS COMO AS OUTRAS PESSOAS DE CARNE ,OSSO, PELE ENTÃO PQ DESSAS POLEMICA TODA??? VAMOS APRENDER REPETAR OS OUTROS Ñ SOMOS ETS VIU ???

  • estela rufino disse:

    Bem interessante, é importante que valorize o ser humano, o seu con teúdo, sua essência, não apaenas suas formas…Existem roupas, tecidos, formas, modelos que valorizam muiiiiiiiiiito as mais cheinhas. Gostei muito da matéria… Usaria apenas – no caso dos modelos – roupas um pouco mais confortáveis, que valorizassem as fortas sem sufocá-las. Um grande abraço.Estela Rufino

  • ELIZANGELA disse:

    ATE QUE EM FIM GENTE BONITA MAIS CHEINHAS SECAS SAO MUITO FEIAS REDICULOS PARECIA CAVERA? AGORA SIM FICOU LINDO

  • Patrícia Cecchi disse:

    Ótima a ideia de colocar mulheres mais cheinhas na passarela, isso nos aproxima mais da realidade vista nas ruas, porém, não houve adequação e senso de estética das roupas para esse biotipo!

  • Marcio disse:

    Parabéns! Pessoas normais, com uma magreza normal. Não se pode eleger apenas um biotipo como modelo para todos. É incoerente com a natureza. Influencia pessoas a desenvolverem problemas sérios de saúde física e mental.
    Valeu Mark Fast.

  • Carla disse:

    Acho bacana a idéia de colocarem pessoas diferentes nas passarelas, mas gordinhas em roupas justas não ficam bonitas, não adianta insistir. Mulher magra é muito bonito, mas há beleza em todas as mulheres. Só tenho pena dos estilistas fazendo roupas para diferentes tipos de corpo, em uma correria sem tamanho que antecede as semanas de moda.

  • angel disse:

    achei o desfile alem de normal natural, isso faz com que as pessoas mais “cheinhas”sejam valorizadas e aceitas no mercado da moda!
    Parabens!

  • Leonilda disse:

    Já era tempo de alguem acordar e perceber que a mulher brasileira que trabalha tem filhos marido, não é essa magreza que a midia prega e os estilistas apresentam. A mulher brasileira ou pelo menos 90% delas é mais cheinha sem duvidas. Parabéns pelo desfile e por favor divulgue, divulguem muito, para que todas se sintam bem com seus corpos.

  • Mônica Rodrigues disse:

    adorei!!!!! Isso sim que é modelo é a forma natural de cada pessoa não as magras que quando as roupas vão para as lojas não ficam boas em pessoas normais.

  • angelina disse:

    Acho que as mulheres cheinhas são muito mais bonitas do que aquelas “coisas” secas que parecem doentes de tanto passar fome. As mulheres são umas tábuas, sem bunda, sem peito, sem coxas, só pele e osso, credo! As cheinhas são muito mais bonitas e olha que esta não é uma defesa própria porque sou magra, o fato é que para as “modelos” que aparecem nas passarelas serem magras elas precisam engordar, pelos menos, uns 10 quilos.

  • Chrisjacele Araujo disse:

    No cotidiano a realidade de quem trabalha com moda é refletida de duas formas: as passarelas revelam uma beleza ideológica e ireal; diante do que se ver no publico, trabalho com vendas!Vejo uma necessidade de aproximar a moda da realidade, as mulheres precisam ver a se mesmas nas passarelas. E é claro essa beleza ireal prejudica aquelas que abusam da saúde para alcançar algo que seu corpo não condiz. A moda precisa ser verzatio, acompanha sim o espírito da mulher atua, fazendo com que ela se identifique na moda, nas passarelas, nas propagandas e não apenas um patrão de modelo ireal, com aspecto de “cabide”. Isso acontece de forma gradual, e quero acredita que há uma nova revolução diante desses fatos, nesse desfile mulheres vêem a se mesmas não apenas roupas, mas sua vida, luta, obstáculos e claro vitórias.

  • Carolina Gabardo disse:

    Acho legal a idéia de sair do lugar comum. É no mínimo ousado. Só acho que acentuar com roupas justas não foi a melhor maneira de expressar esta idéia. Desvaloriza as modelos e as roupas do artista.

  • as moelos dessa maneira estão, re almente o riveis…

  • cristiane disse:

    Aprovadissimo…..

  • Rogéria A. Schenkel disse:

    Até que enfim um estilista resolveu inovar, e colocar nos desfiles modelos que se assemelham mais ao corpo da maioria das mulheres.Parabéns!

  • Muito bom mesmo. Porém as ancas estão cheinhas demais. Há muitíssimas cheinhas com um perfil mais ligh um pouco, violão

  • Maria Elizabete kasting Rudolf disse:

    Achei o máximo. Só que ele deveria escolher gordinhas mesmo mas enxutas, ou seja, com menos barriga.

  • silvana disse:

    Acho muito bom ser mostrada a leleza e a moda com personagens reais, que não magras doentes como vem acontecendo nas passarelas, mas nunca perder o espirito da beleza, tem muitas modelos lindissimas e não são magras doentes e nem gordinhas como estas, pois as magras fazem apologia aos maus das dietas e doenças como aneuroxia e bolimia…

  • DILMA disse:

    Adorei!!!!!! Falo isso pq sou cheinha também e ando com auto estima lá embaixo e quando vi essas fotos dessas modelos, fiquei animada, pois as pessoas olham pra gente como se fossémos umas ets, fora dos padrões que a moda ditou, ou seja a magreza. Isso serve também para os fabricantes de roupas fazerem mais peças de tamanhos que sirvam para as gordinhas, que é muito dificil encontrar em lojas e qdo encontramos são modelitos ultrapassados.
    Parabéns para esse estilista que teve audácia de colocar cheinhas em seu desfile…

  • Marcello Comuna disse:

    Acho magnífico essa iniciativa. Em todos os sentidos. Primeiro que traz o mundo da moda para realidade, onde as pessoas de verdade não são esqueléticas. Na minha opnião existe uma ironia satânica nessa moda de magreza. Pessoas famintas na África são esqueléticas por necessidade, enquanto outras com dinheiro são esqueléticas por capricho, por escravidão “modal”. E antes que alguém fale: “Esse cara deve ser casado com uma gorda!”
    As medidas da minha esposa são 1,67 e 55kg, e confesso que gostaria de ver uns 5kg há mais nela. O toque minhas amigas, é mais importantes que o visual.
    Deus abençoe geral.

    Marcello Comuna.

  • Sueli disse:

    Bem melhor, quem diz que fica feio esta bem enganado, achei muito lindo os modelos na modelo.

  • DAIANA disse:

    EU ADORREI AS GORDINHAS TAMBEM TEM SEUS DIREITOS EU SOU MAGRA TODO MUNDO DA MIMHA SALA ME CHAMA DE PALITO DE SOSCORO DE VIA EXISTIR UMA LEI PARA ISSO…

  • lucimara pereira de andrade disse:

    Desculpe…mais eu não gostei das modelos “mais cheinhas” não….
    Na minha opinião, acho que os desfiles devem continuar com as modelos magras…
    O problema, não é a “magreza”…e sim a doença da anorexia!
    Não estaria dando tanto ibope esse assunto…desde que as modelos escolhidas sejam magras e SAUDÁVEIS!
    Eu tenho 1.70 de altura, e peso somente 43kg! Me alimento super bem…e não tenho nenhum problema!
    Nem toda magra é doente…
    É questão de observar isso na hora de escolher aquelas que farão parte do desfile…e não questão de substituir as modelos por “gordas”…

  • Aline Atalaia Lacerda disse:

    As modelos são lindas!!!!
    Parabéns pela idéia !!!!
    Adorei, Abração!!!

  • Júnia Izabel disse:

    Elas não são cheinhas. São até magras.
    Não são esqueléticas, como outras que vemos em desfiles.

    Ele fez bem em usar essas modelos, mas poderia ter dado a elas umas roupas que lhes caísse bem.
    Do jeito que está, acabou dando um tiro no pé pq quem vai querer usar uma roupa assim?
    Elas ficaram mal vestidas.

    E, além disso, mostrar mulheres “mais cheinhas” e com essa cara de velório, faz crer mesmo que a magreza traz felicidade.

    Foi uma boa tentativa, mas falhou.

  • ROSANA disse:

    achei o maximo as modelos….
    eu tambem poderia ser a próxima a desfilar…o que acham da idéia????rsrsrs
    bjokas a todos

  • Jakeline disse:

    Adorei o corpo dessas modelos,espero que essa moda pegue no mundo inteiro.

  • Bruna disse:

    bom eu não gostei,não é pelo caso de serem “cheinhas” mais por serem feias,gente olha o cabelo delas que horror,e o rosto palido e sem vida,sem fala que são muito feias né!

  • og disse:

    se a opnião do publico masculino conta – e parece q não – as cheinhas são as campeãs em beleza e sensualidade.

    quero ver qual homem não repara em uma mulher com as pernas grossas e de minissais. atrapalha até o mais sério dos assuntos.

    essa estória de mulher com silueta de campo de concentração nazista é atrocidade de homossexual que não consegue ter a graça e o encanto de uma mulher saudavel. esses “profissionais” da moda devem ser enquadrados juridicamente.

  • emilly disse:

    achei excelente fico muito feliz ao ver que em alguns lugares ja estao adotando ,mulheres de verdade pra desfila ja desfilei pra varias coleçoes no estado onde moro sempre me preucupei muito com meu corpo pra esta em forma pra poder fazer fotos etc chego ao estremo e eu desmaie fiquei einternada por varios dias e fiz tratamente pra reeducar minha alimentaçao pois meu organismo estava todo desequilibrado pois ja esava a 2 messes sem comer nada so agua e 2 biscoitos de sal quando fiz o tratamento pode abrir um pouco minha cabeça com esse assusnto hoje pesso 5 quilos a mais do que eu pessava e nao desfilo mais vontade me da muitas mais quando olho pra tras e vejo o que fiz acho que nao valeu a pena pois hoje tenho 18 anos mais um dia mais a frente meu corpo vai pedir tudo o que nao dei a ele acho maravilhoso bonito e real um desfile com mulheres de verdade do dia a dia pode aprender que nao e o pesso que faz a beleza da pessoa e sim o brilho dela nao sao 5 ou 10 qulos mais magra ou mais gorda que iram deixar alguem mais bonito ou bonita
    parabens pelo desfile

  • Leticia Braim disse:

    Parabéns para o estilista que soube retratar através das modelos, mulheres normais, e com certeza incentivará todos a repensar o tipo de modelo feminina que os demais colocam na mídia, causando tantos transtornos e doenças em tantas mulheres brasileiras e pelo mundo, o corpo ideal é aquele saudável e que te faça feliz!!! Letícia – Santo André – SP

  • Lara Vidal disse:

    Acho ótimo, inovador e essencial para moda.
    Principalmente porque vivemos de criatividade e inovação e hoje o mundo pede pessoa mais concientes.
    Fora que acho que vai er um desafio colocar a mesma elegância e mudar a visão de beleza das roupas nos corpos.
    Achei lindo e inspirador.

  • Angelica disse:

    Eu simplesmente adorei…num gosto mto dessa coisa super magra, tem modelos q sinceramente parecem ate estar doentes =s , e elas nao sao tao eassim pra mim o corpo delas é perfeito pois mostram q as grandes obras não são só para super modelos mas q tmb podem ser usadas por pessoas normais, e as roupas ficam bem melhor nelas pode ter certeza ..IDÉIA SENSACIONAL!!!

  • ERIVALDA LETICIA disse:

    Eu achei lindas, e outro temos que deixar esse negocio de modelo magrelas, porque as cheinhas tambem são bonitas.

  • patricia disse:

    olha na verdade os modelitos , preto e marrom até vai agora o vermelho ficaria bem melhor nas anorexicas ,porque ficou muito chamativo, ficou um pouco extravagante pelo tamanho da modelo , no meu ponto de vista tanto as cheinhas , quanto as magrelas devem usar oque se ajuste ao seu tamanho , para cada corpo tem sua roupa .

  • Sheila Almeida disse:

    Acho interessante que as modelos sejam menos magras nas passarelas,porem que as roupas sejam adequadas a cada corpo.Uma mulher cheinha de bom senso jamais usara um vestido colado ao corpo marcando calcinha, dobras, culotes etc…, isso e mau gosto, nada a ver…

  • claudia disse:

    corrigindo

    Otimo não que eu seja contra as magra + axo que as pessoas ficam escravas e isso e muito ruim. Então axo que nem tão gorda e nem tão magra.

  • graça disse:

    gostei da oportunidade para as modelos mais cheinha, e o publico feminina ( as gordimhas) podem ir ao desfile que tem roupas elegantes para elas. otima ideia que todas agencias de modelos façam desfiles neste nivel, com modelos altas, baixas, magras e cheinhas.

  • SINCLÉCIA DUTRA disse:

    Mark esta de parabéns, temos que rever os valores, o que importa é a moda e não a modelo com suas formas esguia, mulher
    cheinha tem muito mais haver com nossa realidade, conseguimos nos imaginar dentro do modelito.

  • ylanna disse:

    uma excelente ideia colocar as cheinhas na passarela!!!
    parabens!!
    isso mostra que ambas sao iguais,tanto as anorexia,quanto as cheinhas,pois todas consomem…
    ver as cheinhas com roupa justas…

    foi show,eu,nunca esperava!!!

    adorei !! e te adoro LILIAN PACCE!

  • Ana disse:

    de cheinhas elas não tem nada… estão ótimas… mulheres muitooooo magras são horríveis…. pergunte para um homem quem eles preferem, Fernanda Lima (magra puro osso) ou Mulher Melancia mesmo antes de fazer lipo…. Magreza d+ não tem nada de saudável…. será que o povo não bota isso na cabeça… E também essas roupas são horríveis não favoreceu em nada as modelos…

  • Lourdes Maria disse:

    Excelente,

    As mais cheinhas também tem sua vez e as magras demais não tem um corpo tão bonito assim porque é apenas esqueleto e magreza excessiva não é bonito.

  • claudia disse:

    Otimo não que eu seja contra ass magra + axo que as pessoas ficam escravar e isso eu axo muito ruim. então axo qwue nem tão gorada e nem tão magra.

  • Ada disse:

    Eu acho super legal ele mostrar a realidade q ta longe de ser os corpos magros q a gente ver na passarela, mas os vestidos estao justos demais e essa roupa íntima marcada por esses modelos nao ficam mesmo bem, sou uma cheinha assumida e nao usaria por exemplo esse modelito vermelho q está muito marcado, JÁ O PRETO TA UM ARRASO!!! Valeu a forca Mark Fast !!!

  • axo mt legal seu trabalho !
    mostrar ´para as mulheres de todo o mundo que nao prercisa estar magra´para estar linda !!
    mais na minha opniao roupas ajustadas demais, chama mt atençao nas pessoas que sao mais cheinhas, porisso ainda opto por uma alimentaçao saudavel, para sempre estar de bem com vc e seu corpo !
    MAIS ACHEI MT INTERESSANTE SEU TRABALHO! parabeeeens *—*

  • Bom dia , Achei o máximo a reportagem, pois tenho uma menina de 11 anos , q fotografa muito bem, e tem sonho de ser modelo.Levei ela com umas fotos até a agencia, simplesmente, a dona taxou a menina de gordinha voltar la Ela veio decepcionada pra casa, querendo fazer dietas maluca pra ficar magra.Q deveria emagrecer 2kgs ai voltar, mandei a dona da agencia a mmmmm. Essas modelos tanto brasileiras como americanas, são horriveis de seca, ridiculas ao extremo.

  • ligia kenarik disse:

    Bom …é legal interessante eh bonito sim …mas eu acho q modelo desde muito tempo tem esse padrão…de ser bem magra. N acho q beleza tem a ver somente com vc sem magrelona ou gordinhas…mais sim tem um corpo saudavel na sua faixa de peso, acho q os dois nos extremos n são bons…

  • Luciana disse:

    Gostei..Esse é o nosso dia-a-dia,a maioria das
    mulheres brasileiras são mais cheinhas…Ficou
    muito bom…

  • Karina disse:

    Apoio este tipo de manifestação. As modelos do tipo muito magras além de incentivar às outras meninas a prejudicar a sua saúde para ter um corpo parecido com as das modelos, são muito feios. Mas o que eu não concordo com este estilista é apresentar roupas e estilos que não condizem com aos corpos cheinhos das modelos. Acho que deveria apresentar roupas um pouco mais larguinhas para torná-las mais elegantes.

  • Luana disse:

    Não creio que só pq uma pessoa é magra.. é sinônimo de “doente”… claro.. concordo plenamente que mulheres bulemicas e anorexicas são doentes.. como também a gordura não é saudável.. ou os médicos todos os dias não estariam nos meios de comunicação atentando para as pessoas que estão acima do peso??

  • dam disse:

    achei elas ótimas!! uau…mas a eskolha dessas roupas parec q éh para desvalorizar um pouco jah q nao precisava ser taaaooo justa desse jeito neh…fika a imprenssão q kiseram axatar elas..¬¬ pronto digitei

  • lucia pires disse:

    agora estou muito contente, na questão da volarização da mulher, pois nós temos curvas e pontos no corpo que na magreza deixan de ser percebidos.Parabéns,uma grandfe iniciativa .Fiquei muito feliz e valorizada.

  • Franciele Lino disse:

    Nossa já pensou se essa moda pega?hahaha…
    comer,comer e ainda ser modelo?hahahaha…
    Achei muito criativa a idéia,pois essas pessoas que estão nesse meio,deveriam mesmo conscientizar as modelos de que ser magra tudo bem,mais ser doente por isso,é um sacríficio desnecessário.Pois a sua saúde num tem dinheiro e fama que compre 😉

  • juliana disse:

    acho muito legal , por que só as magrelas podem desfilar? as cheinhas tambem tem seu charme próprio , nao é mesmo?

  • Kellen disse:

    Acho ótima a idéia de tirar da mente das pessoas que modelos devem ser magérrimas. Na minha opinião apenas devem seguir um padrão normal com curvas e não ossos aparecendo! Achei super legal Mark Fast colocar modelos cheinhas no desfile. Penso que deveria ter desfiles para gordinhas, mas com roupas adequadas para elas.

  • Maria Alice Santos Cardozo disse:

    Acho simplesmente fantástico que um estilista de renome, tenha essa iniciativa.Está mais que na hora das modelos se darem conta do que estão fazendo com a própria saúde.E mais, quem disse que uma mulher “com mais curvas” não pode ser charmosa, elegante e estar na moda?Aplausos para o estilista!

  • Débora disse:

    Achei bacana a idéia, porém a primeira modelo está com uma cara daquelas atrizes de filme de terror, pálida,sem maquiagem e com cabelo horrível!!! Pecaram no visual, pois o corpo está com aparência de gente “saudável”, mas o rosto, parecem mesmo de pessoas anoréxicas!!

  • ylanna kadori disse:

    uma excelente ideia!!!
    parabens!!! isso mostra que todos somos iguais, que a moda nao faz desigualdade,tanto para as anorexias…quanto para as cheinhas…pois ambas, consomem da mesma forma!!!
    ver as cheinhas, tambem na passarela,com roupas marcadas,elas vao ficar feliz!!!

    show !!! adorei… e te adoro LILIAN PACCE!!!

  • ROSE disse:

    Amei, deve ser assim e não conforme o padrão que os estilistas querem, porque todos sabem que na realidade a maior população não é magra. Continuem estão de PARABÉNS.

  • Luana disse:

    Eu sou magrinha magrinha.. gostaria de ganhar alguns quilos, com 4 Kg já estaria mais contente, mas não consigo (tb não sou anorexica)! Nada contra as gordinhas, porém não acho q ficou legal essa roupa justa mostrando seus quilos a mais… um tanto quanto deselegante! Tanto se fala de moda e tal o que fica bom para mulher gorda.. magra.. baixa.. alta.. com seios fartos ou não.. e no entanto o que as mulheres gordas mais temem é mostrar as gordurinhas (isso é a mais pura verdade!) e agora querem estimular isso??? Como assim??
    Obrigada =]

  • Damaris Correia de Carvalho disse:

    Apesar de ser favorável a campanha contra a anorexia e seus costumes absurdos, o estilista deveria ter um pouco de bom senso ao escolher as roupas para as modelos “cheinhas” essas roupas das fotos ficaram um tanto desajeitada e perdeu a elegancia marcando demais o corpo deixando o visual desagradável,gordinha ou cheia tudo bem, mais deselegante jamais….

  • AMSB CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA. disse:

    Não sendo exatamente a minha área, mesmo assim, acho que não irá pegar esse novo estilo de moda. O anterior já é tradicional. Penso que não vai dar certo. ass. Marques ou (MARCÃO).

  • lucineide disse:

    Na minha opinião, nem precisa ser magrérrima, seca demais, parecendo assustador.
    Mas também não precisa ser uma roupa justa demais no corpo das cheinhas. Aí é sacanagem mostrar essas curvas tão cheinhas. Daí usamos aquela velha frase: Quando não é 8 é 80.
    Tenha certeza que as modelos consideradas cheinhas, ficariam bem melhor com roupas mais soltas, mais folgadas. E não tão coladas assim.
    Coitadas, mau conseguem dar os passos.

  • Bruno Silva disse:

    Sinceramente, não acho que a roupa ficou bem apresentada nestas modelos. Concordo que as modelos devem ser magras e não anoréxicas!
    Mas com modelos mais enxutas a atenção vai direto pra roupa e não para o corpo da modelo como ficou explicito nestas fotos do Mark Fast.

  • sidrania disse:

    eu acho legal insentivar as gordinhas porque no mundo não temos só magrinhas acho otimo

  • @nyessaa disse:

    Mesmo cheinhas, as modelos tem cara de não-saudáveis. Acho que o problema deveria ser explorado – não pelo lado da extrema magreza somente mas, pela ausência de uma vida saudável. Por exemplo, conheço meninas extramamente magras, mas comem de tudo, praticam esportes enfim. Na minha opinião, ninguem ainda soube abordar corretamente esse assunto.

  • JOSIVALDO disse:

    AUMA MARAVILHA, DELICIOSAS …
    ME DESCULPEM OS QUE FORSAM AS MENINAS FICAREM TÃO MAGRAS, MAS PARECEM NÃO GOSTAR DE MULHER E SIM… rsrsrsr VAI SABER DE QUE ESSES CARAS GOSTAM, KKKKKKKKKKK

    ESTA DE PARABENS O MARK FAST.

  • Thais disse:

    Acho que a roupa justa estragou o desfile. Poderia ser algo que marcasse menos as curvas. E, parece, que estão usando calcinhas gigantes…. que marcam a cintura e as pernas.

    Sou super a favor da beleza natural e da guerra contra a magreza excessiva….

  • Judith disse:

    Ele exagerou e tornou-as feias, ao colocar calcinhas enormes tipo cinta com elasticos bem apertados, fazendo tudo pular, achatou o peito da mulher num corpete totalmente estranho. Ele não quer mostrar beleza das mais cheinhas, mas chamar a atenção.

  • Raquel disse:

    Acho ótima essa idéia, não só pelas modelos muito magras, mas sim pelas meninas que tentam se espelhar nelas e fazem dietas absurdas para emagrecer ficam sem comer nada para perder uns quilinhos e acabam até perdendo a vida.

  • Elizabete disse:

    Exelente, não só pela anorexia, mas porque e um descaso tantas modelitos lindos para magrelas e nenhum para as mais cheinhas ou as de peitos grandes, modelos lindos que quando eu visto não combinam em nada com o meu corpo que peso 58kg tenho seios grandes e 1m55.Assim fica difícil acompanhar a moda se nas passarelas só exibem modelitos altamentes magrelos. Adorei Mark.Parabéns.

  • Thalisia Carvalho Pisano disse:

    Essa sim é uma boa idéia, para mostrar que padrão de beleza nao significa literalmente beleza. Gosto da mulher brasileira por suas curvas, sou uma mulher com curvas e nao me sinto gordinha apenas sensual !! Sem ofender as magrinhas é claro! que também são muito bonitas.

  • gostei muito esse padrao muito magro e um pessimo exempol pra as adolescentes , e muitas vezes e um agravante a saude . sou biologa ,

  • Kelly disse:

    Eu amei essa idéia,
    Por que acredito que não adianta colocar somente mulheres esqueléticas andando de um lado para o outro, enquanto a maioria da população “tem corpo” e é essa população que vai as lojas…
    Não precisa ser magrela para desfilar, mulher de verdade tem curvas, tanto é que todas as vezes que alguém vê uma mulher magra demais faz um comentário “Você deveria ser modelo”, ou seja, magreleza é sinônimo de passarela, e vem cada vez mais incentivando lindas adolescentes a pararem de comer para emagrecer e alcançar o sonho de ser reconhecida!
    E com essa iniciativa, servirá de exemplo e de apoio nas argumentações dos pais para falar com suas filhas a respeito da falta de alimentação que não resulta nada amais do que uma saúde comprometida!
    Parabéns a Mark Fast, pela iniciativa e insistência no mesmo projeto!!!
    Temos que valorizar a beleza natural e única que existe dentro de cada mulher, sem medo e nem vergonha de assumir a realidade!!

  • devanir disse:

    Roupas muito coladas.

  • cristiane disse:

    adorei foi dimas isso ai para com essas magras..

  • noemi disse:

    porque a juventude hoje não se resume só em magreza e mais em cheinhas, e todas se sentem dimunuidas por isso ha tantas ficando doentes com regimes fora de controle, mesmo contra sua natureza. quem não gostaria de ser uma modelo?

  • astolfo disse:

    tinha ki coloca mulheres turbinadas sem barriga mas com bastante volume de massa muscular,, tipo ‘gostosas’ de cademia,,, pq mulheres com o corpo feio só induzem mais a anorexia

  • ADRIANA FERNANDES disse:

    Lilian! Fui modelo quando jovem e minha filha hoje faz faculdade de moda e design, quanto a magreza não sou contra, mas falta de saude, mulheres como estas estão sem um conjunto harmonico de beleza, por exemplo, Luiza Brunet, Adriane Galisteu, são mulherões, tem corpão enxuto, sarado e de mulheres lindissimas, mas não são anorexas! Estas modelos das fotos que colocaste de exemplo parecem sem peito, com enximento na barriga ou barrigudas, daí assim também não pode…Abraço.Adriana

  • Christiane disse:

    Mulheres de verdade! Porém, acredito que não combinam com as passarelas. Talvez por falta de costume. Dificilmente vemos as cheinhas desfilando.

  • Elizabete disse:

    Exelente, não só pelo protesto contra a anorexia, mas porque eu acho um descaso tantas modelitos lindos para magrelas e ninguem se preocupando com as mais cheinhas ou as de peitos grandes, modelos lindos que quando eu visto não combinam em nada com o meu corpo que peso 58kg tenho seios grandes e 1m55. Realmente fica difícil acompanhar a moda se nas passarelas só exibem modelitos altamentes magrelos. Adorei Mark.Parabéns.

  • Josi Batista disse:

    Achei ótimo! Um desfile com mulheres de verdade!
    Deixando de lado as modelos doentes por magresa extrema que nem é bonito! Se perdeu o limite do bonito e saudável por esqueletos ambulantes!
    Nossas meninas estão ficando doentes por causa dessa obrigação do corpo perfeito!
    Bobagem….

  • Dolly Ross disse:

    Sensacional!!!! Trabalho com adolecentes normais e cheinhas lindas que se sentem doentes , menospresadas, porque a mídia e a sociedade ainda as descriminam.Preteridas por mulheres feias e desproporcionais com corpos que beiram ao ridículo e que fazem sucesso com roupas que jamais poderiamos sair as ruas, que seriamos chamadas de loucas. Mas quem somos nós simples mortais para questionar um assunto tão polémico.Espero que as boas grifes plantem algo novo dentro do coração das pessoas para um mundo melhor para que o Boulyn diminua entre adolecentes e em jovens adultos.

  • joane disse:

    Acho que deveria ter roupas para todo tipo de modelo. As roupas para magérrimas acredito que uma mínima porcentagem pode adquirir. Agora as roupas para as mulheres mais cheinhas uma grande porcentagem de mulheres podem comprar e usar .. felizes e com saúde.. as modelos das fotos, estão usando roupas q até as magras demais ficam estranhas.. e essas estão em forma são magras e altas.. nao vi nada de cheinha.

  • rosangela disse:

    nos gordinhas naõ achamos roupas bonitas p\ usar . vamos mudar isto

  • Maria Cândida Barros Dias disse:

    Em resumo: mulher tem curvas e carne e nada mais justo que vender essa imaGEM, QUE É DA GRANDE MAIORIA DAS MULHERES!
    Essa fábrica de produzir apenas modelos magríssimas é doente e ditatorial.
    A mulher, a modelo no caso, precisa quebrar essa paradigma e se impor no mercado.
    Parabéns ao estilista.

  • cristina disse:

    Adorei as roupas, são mais realistas…
    Adoro a idéia.
    Só não precisava marcar tanto a calçinha. E ela podia estar com uma carinha melhor.

  • káryn disse:

    Esse cara é um espetáculo! É por ai mesmo, LINDAS!!!

  • Gabriela disse:

    francamente achei uma idéia incompleta… se ele queria dizer que ser gordinha não é um problema, então que ele mostrasse como ficar mais bonita e não mostrar como não se vestir!! cada corpo pede um modelo de roupa!! olha a linha que marca nos culotes, parece uma calcinha mega apertada!!

  • letícia oliver disse:

    é super original, já ta na hora pra todos estilista que modelos não precisam ser magras de mais basta ta em forma . Mark Fast é uma porta aberta para parar com esse conceito de que modelos precisam ser muito magras……..

  • jane cordeiro disse:

    Axei mt iteressante, temos que acabar com essa mentalidade de que pra ser bonita tem que ser extremamente magra, pois em muitos casos as modelos fazem loucuras pra emagreçer botando a saúde em risco…
    tem que haver um equilibrio, nem tão magra, mas nem tão gorda.

    Isso sim é a real beleza.

  • Adriana disse:

    ACREDITO QUE JA ESTAVA NA HORA DE APOSTAREM MAIS NOS CORPOS TORNEADOS , NA MINHA OPINIÃO AS ROUPAS NAO FICAM BONITAS NAS MAGRAS DEMAIS.

  • VERA RENA disse:

    sim, achei a ideia muito boa, porém as modelos estão meio fora de forma, tem que ser mais cheinha, mas com um corpo sem gordurinhas. Malhado.

  • sarah disse:

    Este sim e um estilista consciente do mundo real, essa são pessoas com padrão normal que vemos no nosso dia a dia.

  • joane disse:

    Acho que deveria ter roupas para todo tipo de modelo. As roupas para magérrimas acredito que uma mínima porcentagem pode adquirir. Agora as roupas para as mulheres mais cheinhas uma grande porcentagem de mulheres podem comprar e usar .. felizes e com saúde..

  • Andréa disse:

    A primeira vista causa estranheza, talvez pq estejamos acostumados a ver modelos magérrimas nas passarelas. Num segundo momento, a sensação é de conforto, de maior aceitação do corpo da gente, do jeito que a gente é. Inconscientemente, apesar da maioria de nós mulheres não dependermos do corpo como forma de trabalho, essas imagens bombardeadas pela mídia vão ficando gravadas em nosso subconsciente e causam uma busca eterna, acompanhada de frustração, pelo corpo ideal, que nada mais é do que uma “casca”…que inevitavelmente um dia envelhece, murcha, enfim, obedece o ritmo natural da vida. Vaidade sim, com limites.

  • IRANEIDE DO NSCIMENTO BRITO disse:

    ACHEI MUITO FEIO AS MODELOS ESTAO MUITO GORDAS E COM ROUPAS JUSTA PIOROU,MAS FAZER O QUE NE AS GORDAS TAMBEM PRECISAM DE MODELITOS.

  • giselly de marchi disse:

    a minha opinião é essa isso é muito bom,pois o mundo não é só de pessoas magras,eu sou modelo,hoje tenho 28 anos,e sou ainda muito magra,mas sei que isso pode mudar,acontece com muita gente,não podemos dizer vc pode vestir isso pois é magra,e vc não pois é gorda! isso é uma falta de respeito.

  • Maria Marcelina Ciconello Giovanetti disse:

    Parabéns!

    Bom senso é necessário para que a mídia possa valorizar o ser humano, não descaracterizá-lo!

    Saúde física e mental são necessários!

    Basta dessa “negatividade”!

    Parabéns àqueles que promovem o ser humano nessa atividade!

  • EVA ERENI DA CRUZ disse:

    Perfeito adorei, e isso ai o mundo da moda tem lugar para todos tem q quebrar esse tabu q so as magras podem desfilar. Te garanto q os homens adoraram pois sao lindas!!!!!

  • Luciana disse:

    a idéia é boa, mas as roupas não precisam ser feias so porque as modelos são cheinhas

  • Jaque disse:

    realmente, serie melhor se as modelos fossem um pouquinho mais gordas, mas nao a ponto de terem “pneuzinhos” , essas ai sao lindas,mas nao para esse tipo de roupa.

  • andrea disse:

    Eu ñ achei muito legal, ñ sei se é o costume de ver sempre magra nas passarela. Mas essas roupas justa ficou muito feia. Na verdade eu ñ gostei.

  • IZAURA C FERREIRA disse:

    BOM DIA,
    BOM PELO MENOS ALGUEM CRIOU CORAGEM PARA ADMITIR O QUE É REAL, AS PASSARELAS DEVERIAM SEMPRE SE PREOCUPAR TAMBÉM COM AS MULHERES NORMAIS E NÃO SÓ COM SUPERMODELOS OU SUPERSTARS.
    PARABENS PELA OUSADIA E RESPEITO AS MULHERES “NORMAIS”. OBRIGADA

  • dione disse:

    Sinceramente? o cara estragou as modelos ao faze-las vestir uma calça cinta tão apertada que tirou a originalidade da forma da mulher, veja só como marca as pernas da moça, pra que isso? tá mais parecendo um robô do que um ser humano.

  • Helena dos santos disse:

    Falando sinceramente beleza é pra quem tem de fato, não gostei, acredito que cada um fica na profissão que lhe cabe. Ser modelo não é pra quem quer, mas pra quem pode. Não concordo com essa tal de anorexia, ser magro de repente pode ser um dom e não um sacrifício, por isso torno a repetir ser modelo é pra quem pode e não pra quem. E dizer que exibir corpos assim tão cheinhos, vamos assumir a realidade não há nada de belo.

  • dalgisa disse:

    Otimo , achei a ideia muito importante, temos que mostrar do mundo a importancia da vida .temos espaço pra tudo , e tudo vale muito na vida de um ser humano . As modelos vivem sofrendo por nao puder se alimentar , isso e´um perigo pra saude delas . Meu voto e´10 .

  • Josy vasconcelos disse:

    Acho magnífica a idéia de “modelos mais cheinhas”, só acho que ele foi infeliz na escolha das modelos. Modelos sem culotes, de curvas mais acentuadas e bumbum naturalmente turbinado teria dado um impacto mais positivo e atrente. Seria de certo, mais aceito e mostraria que entre uma modelo de “pele e osso” pra uma modelo “carnuda” a beleza da última é muito mais “visível”. hehehe
    Mas ele está de parabéns pela campanha, minha nota é 10 pela idéia, e que nos próximos desfiles possamos continuar vendo as passarelas mais “cheias”. (risos)

  • patricia disse:

    O dicifil esta sendo acreditar que essas modelos são realmente gordinhas ,pelo contrario elas estão desfiguradas pois eu conheço muita gordinha que tem um corpo muito bonito e principalmente as mulheres com corpoês que tbm não entram na lista de belas modelos .Eu acho sim que é uma ofensa achar que o corpo de modelo magerima é o perfeito mesmo pq a maioria dos homens gostam mais de mulheres com curvas que é o que as modelos não possuem ,mas muito legal essa idéia de por gordinhas na passarela ,pois o mundo em que vivemos hj ,encontramos milhoes de pessoas com o peso acima do ideal ou doque os estilistas julgam ideal

  • Lili disse:

    Muito melhor!!! Eu particulamente sou contra modelos muito magras, elas ficaam com rosto de doente!!!

  • Dirce disse:

    Parabéns. Chega de tanto preconceito. As magrinhas são bonitinhas, mas as cheinhas também são maravilhosas. Só acho que não há necesside de roupas tão agarradas nem para as gordinhas, nem para as magrinhas. Vá em frente.

  • Dayana disse:

    Horrível!
    nenhuma roupa fica bem apresentável com modelos assim.
    As modelos não precisam ser magras ao extremo, mas precisam estar em boa forma.
    Achei de péssimo gosto.

  • IRENE DANIEL disse:

    Lindas, é isso ai! ñ podem fazer tanta exigências com essas modelos de passarelas a comerem só folhas e deixarem tão magras parecendo uma caveira, é horrivel. Mark Fast está de parabéns.
    O corpo da mulher tem curvas e é isso que a faz tão sensual.

  • Danyella disse:

    Acho lindas as modelos, afinal, essa é a realidade de grande parte das mulheres. Muito interessante também Mark Fast colocar a anorexia em destaque, porque, o que mais vemos são modelos doentes, magérrimas, porque a moda dita assim. Seria mesmo muito bom que alguém visasse isso e tomasse uma atitude. =)

  • Marcia Teixeira disse:

    acho importante diversificar este padrão de roupas somente para mulheres sem curvas, pois na américa latina, principalmente, os corpos são muita bunda, quadril e pernas grossas. Me sinto discriminada quando vou ao shopping e não acho modelos de roupas para minha estrutura.
    Ótima idéia!!!! Parabéns e obrigada por defender essa idéia!!!

  • carla disse:

    acho incrivel o q fast abordou nessa nova coleção…dando espaço amplo as pessoas cheinhas e tambem mostrando que nem sempre magreza é sinonimo de saúde…Parabéns pela coleção outono-inverno.
    Beijos…:P

  • Vanda Belarmino disse:

    A-do-rei!

    Isso é um incentivo para que modelos que vivem se mutilando em busca de corpos irreais vejam a beleza de se ter um corpo saudável e que tem o seu chame e elegancia.

  • karen disse:

    eu tenho 12 anos e pretendo ser modelo
    e eu acho uma experiência muito legal
    as modelos bem cheinhas.

  • Teresa Soveral disse:

    Muito bacana.Não que elas sejam bonitas,não são,mas aproxima das pessoas comuns,de todos os dias,que se encontram em todos os lugares.
    Assim a Moda se torna mais democrática.

  • Renata disse:

    Talvez um bom modo de elevar discussões seja trazer para quem está fora do padrão absurdo das modelos, roupas bonitas e que valorizem as mulheres. Elevar a discussão a respeito desse assunto importantissimo significa, ao meu ver, continuar levando a beleza e o glamour para mulheres comuns e mostrar que todas podem e devem valorizar seus corpos com roupas apropriadas, e mesmo não seguindo os padrões não saudáveis das modelos, possam ficar elegantes. A lingerie certa, uma boa modelagem e a boa intenção de valorizar a mulher elevam a discussão. Acho que não foi esse o caso.

  • rochelles disse:

    um incentivo para mulheres q acham q boniteza combina com magreza…… mulher tem que ter carne e boa saúde, bem estar, alto estima.

  • Kelly Breikhston disse:

    Parabéns!! Até que enfim alguém está acordado p/ realidade no mundo da moda…. Chega de mortes e doenças por causa de um corpo seco e puro osso….Tá locooooo!!!!
    Saúde em 1° lugar…. nota 10 p vc Mark Fast!!!

  • Elas não são CHEINHAS como vocês gostam de taxar, são simplesmente mulheres com CORPOS NORMAIS de uma pessoa do dia a dia.
    Essa ditadura das esqueleticas tem que acabar, pq as mulheres com este corpo são minoria já que o manequim de mulheres normais, e não GORDINHAS como são taxadas seria do 38 ao 44 na minha opinião.
    Pq conheço mtas mulheres com manequim 42 e 44 q não tem nada de gorda tem sim um belo corpo com cintura, quadril, coxas e busto!!!!!!!
    NÃO A DITADURA DAS ESQUELETICAS.
    O estilista está de PARABENS!!!!!!!

  • Brigite Dal Mas disse:

    Parabéns! Assim, vendo as mais cheínhas usando uma roupa bonita, podemos nos imaginar nela e não se se sentir tão fora do contexto da moda. Dá até vontade de comprar e usar… Abraços, Brigite

  • Merielen disse:

    Chamá-las de cheinha chega a ser ofensivo… Elas estão em forma, as modelos é que são magras demais… Não vi nenhuma barriga saliente ou pneus sobrando dos lados… Elas estão bem!

  • Ticiana Senna disse:

    Maravilhosas!Esse é um dos conceitos que deveriam ser abolidos de nosso mundo: a magreza como pré-requisito na moda. E isso só acontecerá se estilistas como este tiverem a audácia de apostar em conceitos diferentes. Por um mundo melhor e diversificado!

  • Regina disse:

    Sou Psicologa e achei muito interessante estas modelos, tendo em vista que cada pessoa não importando seu peso tem seu valor e sua beleza própria, não importa o quanto vc pesa e sim a qualidade de vida que vc leva.

  • fernanda machado disse:

    Acredito que isso vá dar certo, porém acho que vcs devem utilizar roubas que se adeque ao corpo das pessoas porque dessa forma incetiva as pessoas a utilizarem vestuário que deixe mais elegante. A moda é um norteador das aparencias das pessoas pois sua influência é bastante presente dentro e fora das passarelas.
    Não digo isso por preconceito mais se analizarmos de uma forma humorada, uma pessoas com uma calça muito folgada fica fora dos padroes e uma pessoas com uma calça bem justa sendo que seu corpo é cheinho vai ficar bem deselegante e cheio(a) de dobrinhas desnecessárias. é preciso que as pessoas se amamem do seu jeito e aprenda a se vestir também sem fugir das medidas.

  • Wanda disse:

    É claro que mulher com curvas é mais interessante.
    Para ver como ficam as roupas em cabides eles deveriam fazer araras rolantes.
    PS :- Sou magra, sempre fui magra estou com o peso na média porém tomei anabolizante para isto, e é claro que sou mais interessante agora que antes.

  • eunice disse:

    corretíssimo o que ele fez, porém achei ridículo ele ter deixado as modelos com aspecto desleichado ou vulgar não sei bem como me expressar, ele tem capacidade de deixar as modelos lindíssimas mesmo sendo cheinhas.

  • Dhu disse:

    Acho muito interessante a iniciativa da Mark, além de válida pois chama a atenção para um drama que não tem fim ! E é realmente muito feio ver aquelas meninas esqueléticas desfilando, fica mais para um how de horror em alguns desfiles…
    Porém achei que as modelos de Mark estão um pouquinho fora de forma… tudo bem não ser magérrima, esquelética… mas aquela barriguinha não está com nada !
    Deixaram as roupas estranhas e ficou muito desarmônico o conjunto roupa justa + barriguinha saliente.

  • izabel pereira disse:

    Acho otima esse tema levantado,pois e noresxia existe e uma doença,fatal,e todas as maes tem que estar sempre atentas para nao perder suas filhas para essa doença,que mata,…modelo ou nao,temos que estar sempre atentos…

  • Zeli disse:

    Eu acho mais que certo, colocarrem modelos mais cheinhas, porque a relidade da mulhes é esta nem todas são magras ao extremo, e alem do mais as roupas tem melhor caimento.

  • Mônica Morihara disse:

    Eu acho que magreza nunca foi sinônimo de beleza, mas estas modelos em especial deveriam ser mais modeladas, nesta fotos elas não tem cintura, também não tem seios, uma modelo pode ser magra e modelada como o caso das modelos brasileiras, o que não pode ocorrer é a magreza em escesso, onde os ossos aparecem e as modelos ficam com aparências de doentes e em alguns casos desequilibradas.
    Sou a favor da mulher esbelta, mas acima de tudo da mulher feliz, independente da sua forma física.

  • isalete moraes de sousa disse:

    Otimas, parecem com gente de verdade, não é esqueletos, apesar de eu ser magra, mais gostei muito.

  • Priscila disse:

    Achei muito bacana a iniciativa de Mark, afinal, essas modelos tem o corpo como o da maioria das mulheres do dia-a-dia. Já está passando da hora de acabar com essa ideia de “padrao de beleza”. Garotas ficam doentes por causa disso. Anorexia e bulimia matam. =/

  • Aline Luz disse:

    Acho digna a iniciativa, sou contra o estereótipo adotado por essas mesmas empresas. Porém, olhando bem a modelo morena das fotos da matéria, não creio que ela seja “cheinha” de verdade… o rosto dela é muito magro, assim como os braços e pernas… isso está me parecendo armação, fica a impressão que no fundo, eles não queriam fazer esse apelo. Ainda assim, parabenizo a grife pela atitude.

  • Tábata Araújo disse:

    Que Deus os abençoe por essa idéia, pois, são esses pequenos gestos que fazem a grande diferença, precisamos de uma sociedade sem preconceito e unida para enfrentar qualquer barreira, inclusive a Anorexia que é mais comum entre as mulheres!

  • Dri disse:

    Acho muito legal a ideia porém essa cinta que elas estão usando ficou muito marcada na roupa que está justerrima. Assim eu acho feio.

  • Fabiana Maria disse:

    Acho interessante essa idéia de colocar “gente como a gente” nas passarelas. Afinal, nem sempre a roupa tem o mesmo caimento que terá numa modelo tamanho 34. Pra mim, esse negocio de meninas magérrimas acabam gerando noção de beleza num aspecto não saudavel.

  • Daniela disse:

    As modelos “anorexicas” são lindas, ja não é o que se pode dizer dessas ai…moças feias de rosto, cabelo e pele… Se esse é um estimulo pra curar as doentes de anorexia, não sei não…
    Modelo tem q ser fonte de inspiração, algo surreal..
    Achu melhor esse estilista continuar com o conceito dele que é maravilhoso de quebrar o tabu da magreza exessiva, uma idéia brilhante, só errou em escolher as modeloss…Mto feiaa!!

  • Dandan da Silva disse:

    acho ótimo, pois acaba com o tradionalismo e que leva as mulheres mais cheinhas possuirem um espirito de maior inferioridade por se acharem extremamente gorda enquanto outras mulheres tida como perfeitas para as passarelas morrem de anorexia…

  • Adriana disse:

    Modelos mais cheinhas acho bacana, mas não precisava uma roupa tão justa pra marcar a calcinha. Sou cheinha também e acho essas modelos magras demais a ponto de dar aflição.
    Mas, fazer o que?? Moda é moda,segue quem quer.
    Bjs

  • fabielle disse:

    I.N.C.R.I.V.E.I.S essas modelos ele esta de parabens, esse negocio de super magreza é ridiculoo..parabens!!

  • ANA RITA disse:

    SOU MAGÉRRIMA E MEU IMC É 17,5. NÃO CONCORDO QUE AS MODELOS TENHAM DE SER ESQUELÉTICAS, ACHO FEIO, MAS ESSA MODELO COM ESSE VESTIDO VERMELHO ESTÁ HORRÍVEL! NÃO GOSTEI NÃO. MODELOS DEVERIAM SIM SER MAGRAS, MAS DE GORDURA E TRABALHAREM BASTANTE A MASSA MUSCULAR. ASSIM FICARIA BEM LEGAL!!! BJO

  • Patricia Popin disse:

    para mim essas modelos estão ótimas…embora para olhos de alguns estejem um pouco fora de forma…
    na verdade essas modelos representam o típico corpinho brasileiro, com suas curvas belas.
    é muito bom ver um corpo um pouco mais cheinho do que aquelas pessoas com os ossos sautitantes de seu corpo isso passsa uma má impressão tipo algum problema de saude.
    pois bem elas estaum ótimas e vendendo saude…

  • orlando fabiano disse:

    maravilhosas…é isto ai!!! chega de tropas de ossos
    parabens bjus.

  • rsrs disse:

    Que aberração!

  • Valdirene disse:

    Adorei!!! Não por ser cheinha também,mais porque ele mostrou a realidade de muitas mulheres,nem todas são magra.
    A maioria a sim como eu,é cheinha então ele mostrou que nós temos como ser elegantes também mesmo sendo cheinha…
    Obrigada!!! Continue assim…
    BOA SORTE!!!

  • Sah disse:

    Adoro! Todas lindíssimas! As belíssimas magrelas, as charmosas curvilíneas, cada uma a sua maneira e com seu biotipo respeitado e (o mais importante) valorizado! As grifes e estilistas devem atender ao consumidor, e o consumidor nem sempre se encaixa aos padrões da passarela 😉

  • alda maria bernardi disse:

    FINALMENTE MENINAS NORMAIS COMO NOSSAS FILHAS! UFA!

  • Anna disse:

    Eu acho que deveria ter modelos mais plus size , mais gordinhas , e não cheinhas , já sofri muito com isto , quando eu era pequena resolvi entrar numa escola e me rejeitaram porque eu era a mais gordinha da classe , isso é horrivel , tem a ter modelos gordinhas sim , e não só cheinhas como gordinhas , bei8jos

  • Zumilda Batochi disse:

    Não precisa ser barriguda pra provar que não é anoréxica.

  • Renan disse:

    Acho que não era necessário colocar modelos mais cheinhas para desfilar, pois a questão da anorexia, é algo que as pessoas tem que ter o conhecimento. Mas por outro lado foi bom colocalas para desfilar, para elas isso é bom de verdade, pois se não trabalhasem se sentiriam mal por não ter o manequim correto.

    Um abraço.

  • Carla disse:

    Acho muito legal essa iniciativa de incluir pessoas diferentes em desfiles, mas que fica horrível uma gordinha com roupa justa, isso fica. E coitados dos estilistas, tendo que fazer roupas diferentes para cada tipo de quadril, imagina!

  • Ana Carolina disse:

    Acho ótimo a iniciativa do Mark Fast…pessoas normais, com saúde não têm o corpo de modelo, podem ser magras, mas têm curvas…ossos pulando pra fora só são “bonitos” em foto, na vida real é horrível….além do que essas modelos escolhidas pelo estilista estão longe de ter gordurinhas pulando, somente têm o corpo sudável!

  • Pâmella Soares disse:

    Otimaaa idéiaa, parabéns aos criadores,
    Pois a beleza na minha opiniã vai além de
    modeloss magrelas =]

  • Juliana Peixoto disse:

    A beleza tem que ser desvinculada do estereótipo de magreza. Pra que roupas lindas em corpos esguios se a maioria da população do planeta não é assim? Um viva às diferenças!

  • emanoele disse:

    acho que a moda nao foi feito só para as magras…para mim a passarela deveria ser sempre diversificada com magras, gordinhas e ate mulheres mais baixas, porque as passarelas nos passa uma idéia de que para ser bacana tem que ser alta e magra, e sabemos que a realidade é outra existem pessoas de vários biotipos entao deveriam fazer com que todas nós nos identificassem com a moda. outra questão que acredito influenciar muito é o fato de que adoslencentes e ate mulheres mais velhas rotulem que “para ser bonita e aceita tem que ser magra e alta” pois é isso que a tv nos mostra, ser alta nao tem muito jeito mas ser magra tem, ai fazem loucuras para conseguir. Pos isso acredito que se mostrssem mais a diversidade cada pessoa encontraria uma forma de se aceitar como é.

  • KÁTIA disse:

    Abaixo preconceito e discriminação contra as cheinhas. Esses tabus parecem que estão começando a serem quebrados. Parabéns a todos os corajosos que tomaram essa iniciativa!

  • Marcos disse:

    Tenho uma pergunta … da mesma forma que é errado uma mulher super magra, ficar acima do peso tb não é desaconselhado pelos medicos ? Então por que não usar modelos “tipo professora de academia” que seria o padrão mais proximo do indicado ?

  • Samara Santiago disse:

    Aprovei. Se todos os estilistas seguissem essa conduta o numero de meninas com disturbios alimentares, como anorexia, certamente diminuiria. Aposto que se esses estilistas tivessem filhas eles não queriam que elas fossem anorexicas. A maior parte da culpa é deles.

  • INAIARA disse:

    SE TODOS OS ESTILISTAS APOSTASSEM NAS MULHRES, INDEPENDENTE DO SEU CORPO, NÃO MORRERIA TANTA MULHER BONITA NO MUNDO…

  • cristiano disse:

    nao posso deixar de eogiar os sr mark fast,pois o mundo da moda esta totalmente voltado pra modelos magras(secas)pra dizer a verdade sendo que 70%ou mais da populaçao feminina esta numa faixa de peso acima de gilsele ou qualquer outra modelo famosa.parabens

  • Maria disse:

    Fantástica!!!!!!

    Essa palavra define tudo… mulheres com porte fisico normal, usando roupas que ficam bem e a coragem de não impor um padrão de beleza que gera nas adolescentes essas tendencias doentias de anorexia e bulimia. Obrigada pela iniciativa.

  • ADRIANE disse:

    SÃO APENAS MULHERES NORMAIS! ACHEI 1000 ESTA IDEIA

  • luana disse:

    HUM!! MESMO ASSIM AINDA PREFIRO AS TOP NAS PASSARELAS MAIS MAGRINHA

  • Erika disse:

    Ótimo. Vale lembrar que somos assim. Cheias de curvas as vezes cheinhas. A realidade das modelos de passarela saõ bem diferentes da nossa realidade.

  • Cadê as cheinhas? Essas modelos devem estar uns 300 gramas acima do peso. Mas valeu a intenção do estilista. Alguem tem q fazer algo.URGENTE

  • FABIANA GASOLA disse:

    NÃO VEJO NENHUM PROBLEMA COM ESSAS MODELOS, ESSA É A REALIDADE DE MUITAS MULHERES NO MUNDO, E NÃO AQUELE TIPO DE CORPO HORRÍVEL DAS MODELOS ATUAIS, MAGRELAS. EU POR EX, TENHO 1,62M E PESO 50KG, E GOSTO DO MEU CORPO ASSIM, JA A GISELE BUNCHEN TEM 1,7 E QUASE 80 E DEVE PESAR UNS 55 A 56 KG, ONDE ESTÁ A BELEZA NO CORPO DELA?

  • flavia helena disse:

    Sao mulheres reais,mulheres em maioria no mundo,qual o problema de cheinhas desfilarem?Axo normal,e os dois tipos de modelos,tanto magérrimas qto “cheinhas” tem seu espaço e roupas adequadas para tal perfil!! =)

  • Ulisses disse:

    Atitude é cobrado também nos dias atuais, e nada mais incrivel do que continuar fazendo seu trabalho de forma diferente.
    Mesmo que pareça contraditório, nas entrelinhas há um apelo pela vida e nao pelo padrão de beleza imposto por “carniceiros capitalistas”.
    Se fossem realmente inteligentes, perceberiam que a realidade do país nao é de anorexicas vagando pelos shoppings do país, sendo assim poderiam popularizar a “moda” e venderem mais com a identificação da maioria do publico.
    Ainda bem que tem gente assim! ;D

  • neuza passos disse:

    perfeito…

  • simoni disse:

    Achei bom, pq a grande maioria não é “magrela”, aqui no Brasil principalmente já que temos raças muito mistas.

  • Talita disse:

    Até que enfim alguém com sanidade mental e coragem de ir contra a maré de loucuras que é esta magreza excessiva. Fico muito feliz que lafuém tenha pensado em nós mulheres normais para confeccionar roupas. A ditadura da magreza é uma insanidade, nos leva a sermos sempre inadequadas mesmo vestindo manequim 38, imaginem… Iamgino que este seja o priemeiro de muitos revolucionários que trarão um pouco de alento aos nossos corpinhos cheios de curvas.

  • lidia disse:

    elas são ótimas!!! e não estão estimulando as pessoas a serem obesas mas sim a se aceitarem!!! parabéns!!!

  • marilena disse:

    A idéia é boa, mas ainda espero um estilista q coloque roupas e modelos na passarela q reflitam a realidade simplesmente, sem a intenção de chocar de um jeito ou de outro. A msg deveria ser: sejam saudáveis, felizes, e vejam como todos podem se vestir com bom gosto e, principalmente, com bom senso! Achei feios os modelos de malha das fotos. Eles teriam ficado feios em qq um! Questão de estética.

  • ROSILENE disse:

    Eu e meu marido, achamos feio! Não só por causa do corpo das modelos, mas principalmente por causa das roupas muito justas. Não precisava disso. Ninguem quer ser assim (ter esse corpo) Se era para ser contra a anorexia, colocaria então modelos no corpo, por exemplo, de dançarinas de forró ou de axé . Alí sim, influencia mulheres a ser como elas, tem curvas, mas nem tanto.

  • Alexandra Giron Ribeiro disse:

    eu adorei ,sou cheinha e achei o maximo, é mais que justo afinal tem poucas pessoas que se encaixam nesse padrão de modelo de magresa.

  • taís disse:

    simplismente sedutoras e atraentes….

  • Uyara disse:

    Ta, td bem que as cheinhas são bonitas também, mas com a roupa adequada né…aí desvalorizou total todos os looks! Um horror!

  • Maria disse:

    Acho que na verdade, pela forma apresentada, o desfile ridicularizou as modelos. Não tem cabelos cuidados nem maquiagem adequada. Usam roupas com tecidos colantes e modeladores visíveis por baixo.. enfim, um tiro pela culatra.

  • OLÁ!
    NOTA 10 PARA ELE, TEM QUE SER VIVIDO NA PASSARELA A REALIDADE;DE QUE ADIANTA DESFILAREM MENINAS TIPO CABIDE, MUITO MAGRAS, SE A MAIORIA DAS MULHERES SÃO CHEINHAS?PARABENISO ESTE ESTILISTA ,ALGUEM TEM CORAGEM E LEVANTAR ESTA BANDEIRA.

  • Valéria disse:

    Realmente ficou muito HORRÍVEL!
    Pra ser modelo tem que ser magra e alta, fica mais bonito e na passarela então sem comparação! Modelos “cheinhas” JAMAIS. Minha opinião okay.

  • kk disse:

    maravilhoso, afinal a mulher q. compra essas roupas não são tão magras, então pq. no desfile usam mulheres magras a ponto de serem ridiculas, acho que a roupa tem que sem apresentada no minimo em mulheres com corpo normal sem tanta magreza

  • jefferon lima gomes disse:

    Olá !!! ao que me parece nas fotos, ele não precisava exagerar nas cheinhas . ele poderia colocar modelos com corpos bem mais definidos. E existem milhares de mulherões por ai facil facil de achar , ai ele coloca logo mulheres que tem barrigas bem acentuadas e rosto de mulher velha e insastisfeita da vida poxa , ele quer sacanear tambem nè ???

  • Van disse:

    Enfim alguém para pensar nas “cheinhas”.

  • cristina disse:

    Não achei feio as modelos mais cheinhas!! Mas acredito que estas roupas justas não as tenha valorizado muito.Deveriam ter sido criadas menos acentuadas sem seus corpos.

  • Parabéns, maravilhoso,este desfile mostrou como toda mulher é bonita, não há padrões ,há charme e sensualidade.Beijos

  • ROSEMARY disse:

    ADOREIIIIIIIIIIIII .. ISSO É QUE É NOSSA REALIDADE , NOS MORTAIS NORMAIS SOMOS ASSIM …..MAGRO DEMAIS É P/ MIM ATÉ FEIO ,
    ADOREIIIII

  • Marcia Ghidelli disse:

    Na minha opinião, tudo o que é demais não é bom.As modelos muito magras são feias, o rosto magro, sem vida, sem contar a saúde. Neste item as agências são culpadas, que cultuam a magreza. Quanto a questão das mais gordinhas, não precisava ser colocado modelos tão cheinhas, para desfilar com roupas coladas. Tudo tem uma medida. Certamente um outro tipo de roupa seria mais adequado, as modelos são muito bonitas.

  • MAYARA GUILHEM disse:

    Achei legal a idéia e a iniciativa, mas, eles deviram colocar modelos gordinhas de verdade!
    Mas, muito legal essa idéia.

    =)

  • Joao Carlos Ferreia disse:

    Que beleza!!!! mulher tem que ter curvas, isto é sensualidade. Quem não gosta não é macho!

  • m-menzes disse:

    essas sim, sao mulheres de verdade!! com certeza, outros estilistas deveriam pensar em modelos normais, e nao naquelas magerrimas, com magreza extrema, como se aquilo fosse um padrao!!!

  • Fernanda disse:

    Perfeito! Ou vocês acham que essas mulheres são incomuns?

  • Raquel disse:

    Acho ótimo valorizarem mulheres normais com curvas normais. A grande maioria de nós, mesmo que magra, tem curvas reais, gordurinhas aqui e ali, que nem por isso nos deixam gordas e feias. Ainda mais importante é valorizar a saúde, pois pra ficar como as modelos “normais” só mesmo vivendo de água e luz!

  • GABRIELLA disse:

    VOÇES SAO FEIAS

  • APARECIDA disse:

    Acho que a moda deve retrar nas modelos o que a maioria das pessoas são.
    E a maioria das pessoas hoje não são tão esqueléticas quanto as modelos.
    Portanto, poucas pessoas vão se identificar com uma roupa se seu perfil não é o da pessoa que está desfilando com aquela roupa.
    Portanto chega de pressão em cima das modelos, a anorexia porvem dessa pressão.
    Para se vender roupas não precisa desse exagero.
    As modelos acima são ótimas, acho que é por ai.

  • antonia r. maia disse:

    me vejo. eles fazem roupas para mim. os outro não sei para quem!

  • marilaine erenha disse:

    ….as pessoas com anorexia nao se dao conta da doenca…e as roupas dos estilista sao para elas pois a realidade e um pouco diferente…magreza ao extremo e saude em risco…o gordo e a mesma coisa…saude em risco…o desfile fou normal….para gente linda e cheia de vida…o estilista acertou em cheio ….sera necessario uma nova visao e coragem para colocar gente normal…o normal na verdade e a beleza que encanta…nem gordo…nem magro…mark fast esta de parabens nao e todo mundo que gosta de anorexicas…e nem de baleias…o chic e ser saudavel…tud ao extremo agride…

  • Nane disse:

    São modelos com padroes mais perto da nossa realidade. Acho bacana esse tipo de movimento, pois é apenas assim que poderemos mudar os valores já instalados que são prejudiciais a saúde e como já vimos podem trazer até a morte.

  • Nathalia disse:

    com toda sinceridade, mesmo que isso não interesse a ninguém… Eu não gostava das modelos muito magras, era feio e péssimo pra saude das modelos mas, isso ai esta bem estranho :/
    bom eu explico, uma coisa é uma modelo mais cheinha e outra coisa é modelo sem nenhuma forma, com gordura toda mal dividida.
    MAIS se for um disfile para “gordas” é um otimo desfile!

  • wagner disse:

    tudo bem elas são lindas e mais cheinhas sim,porem na minha opinião roupas marcando as calsolas não ficou elegante!
    Até concordo q causar impacto sempre dá o q falar, porem isso deve ser bem feito,ou o objetivo se torna contraditorio…

  • karina disse:

    AGORA SIM VEMOS NA PASSARELA MODA DE VERDADE, E NÃO MANIQUINS DE VITRINE…

  • Zumilda Batochi disse:

    Acho real, com muito mais em comum com a maioria das mulheres que vemos nas ruas. Parábens.

  • Laice Bezerra disse:

    Não concordo em colocar mulheres magérrimas na passarela, mas neste caso acho que ele está zombando. Acho que ele poderia ter optado por mulheres cheinhas mas bem feitas de corpo.

  • elisa disse:

    Achei ótimo pq as modelos magerrimas são horríveis. As pernas finas e abertas de mais,podem ser lindas de rosto mais de corpo não são. acho que para ser modelo não precisa parecer uma tabua. Essa é a minha opinião

  • sirlei lanius disse:

    adoreiiiiiiiiiiii,
    sou magra, mas sempre achei muita descrimin~çao só as magras serem consideradas “bonitas”

  • Mário San disse:

    Lílian, até comentei sobre o assunto no meu segundo post no blog. A Benneton, abriu uma campanha mundial para descobrir modelos de peso normal, tanto homens quanto mulheres estarão aptos à participarem. Acho interessante essa inciativa tanto da Benne, quanto do Mark, pois ela veio mostrar que a moda não é exclusiva de nós, magrelas, mas também para os 60% do restantes do mundo. Abraços, San

  • lucia leal disse:

    eu gostei muito,acho que essa magreja exigida para as modelos acaba fazendo com que muitas adqram a doença da anorexsia,parabens e espero q outros sigam sua ideia,bjim

  • MARIA ESTELA DA COSTA disse:

    ACHO A PROPOSTA EXTREMAMENTE VALIDA.
    SE APROXIMA MAIS DA REALIDADE DE NÓS MULHERES COMUNS E NÃO CORPOS MAGERRIMOS APENAS PARA DAR BOM CAIMENTO NAS ROUPAS.

  • Rosangela disse:

    Achei ótima essa idéia,ja ta na hora de mudar isso,de todo mundo achar que só as magras podem desfilar.Temos que ensentivar as pessoas a mudarem o modo de pensar e mostrar que magresa não é sinonimo de beleza.

  • Renata disse:

    Gostei desta iniciativa. Penso que poderá mudar a mentalidade de nossas adolescentes e salvá-las da anorexia. Continuem trabalhando neste sentido. Obrigada!

  • Vivian disse:

    Bom dia !

    As modelos são lindas mas vamocombina o modelito fica mto mais bonito nas magrelas!!!!Apesar que a a maioria da populaçao é mais cheinha…maseleestá deparabéns com esse tema já sofri com bulimia e até hj guardo sequelas peso 49 kl tenho 1.70 e me acho gorda as vezes…

  • larissa disse:

    sinceramente?!?! apesar de eu pertencer a categoria das cheinhas prefiro as magras pra desfile, tenho primas q sao magras legitimas, comem de tudo e sao bem magras entao acredito que nem todas essas modelos sao magras por falta de alimentacao…roupa justa?? fora de questao pra o tipo de corpo acima, modelo tem q ser magra mesmo (nao anorexica, logico) pq a roupa q tm q destacar entao…deixa as cheinhas pra jogar charme por ai e com roupas menos colantes…mau gosto isso!

  • ROILMA ZAGNOLI disse:

    SIMPLESMENTE LINDAS MODELOS ,PESSOAS NORMAIS , ASSIM DEVERIAM SER OS DESFILES.

  • porque estas modelos estão fora do pesso

  • maria dinorah ribeiro da costa disse:

    Pode ser muito mais saudável, mas na passarela ficaram um terror.
    Roupas que cairiam como uma luva em qualquer modelo convencional, essas modelos desvalorizaram completamente a peça, além de as deixarem deselegantes e aparentemente vulgares, além de acentuar ainda mais as gorduras localizadas.
    Atenção p/a a de vermelho… Sem comentários.
    Se tiverem que modelar, que seja com roupas adequadas à sua silueta.
    Então o público irá aplaudir, a peça será valorizada e o estilista reconhecido pelo bom gosto e criatividade.
    Grata.

  • maria das graças costa disse:

    parabens esta coisa de magreza tem que acabar
    as jovens estao se torturando tanto devido a magreza das modelos. pare nao é so de magreza que vive a moda. todo mudo quer usar coisa bonita. as cheinhas tambem.
    beijos
    gracinha

  • Teresinha disse:

    Puxa vida….que legal a gente ver gente normal, com roupa normal…. desfilando…..parabéns pro mark!!!!

  • Gláucia disse:

    Esse negócio de magresa em excesso, no mundo da nova virou algo absolutamente normal, só costumam dar importância ao assunto quando alguma modelo famosa morre por complicações relacionadas a isto.
    Temos que mudar a concepção que magresa é estereótipo de beleza. Gordura ou magresa em excesso não faz bem para nínguém.

  • Lilia Tatyany disse:

    eu acho ótimo pq a maioria das mulheres não magressimas comos as modelos apoiado

  • GOSTARIA DE SER MODELO, TENHO 1.59 DE ALTURA, TENHO CORPO REGULAR NÃO MUITO MAGRA NEM GORDA, GOSTARIA DE SABER SE POSSO SER MODELO?

  • Tania disse:

    Acho que essas modelos, fazem com que nos sintamos mulheres, isso sim é realidade, não utopia!!!!
    Viver a sombra de uma ma alimentação, comprometendo a propria vida, em busca de um corpinho de boneca.
    Quantas jovens ja morreram, por esse marketing, e quantas ,mulheres casadas ja se separaram, ou por depressão, ou pelo proprio marido te-la deixado, por uma garotinha mais nova, que mais pra frente, ficará com um corpo “normal” também.
    Acho que este estilista está de parabéns!
    Quem derá mais estilistas, tivessem a mesma capacidade e coragem!!!!
    bjs

  • cintia disse:

    Acho certo o que ele vem fazendo, afinal as roupas serão vendidas no mundo ,para mulheres normais e também devemos abolir essa idéia de que é nescessário ser muito magra. A mídia vem impondo isso e vem causando aumento de baixo alto estima desde a adolescência,influenciando aumento de casos de anorexia. Hoje vejo com frequencia garotas de 11 anos magras, que se acham gordas e tem vergonha de ficar de biquini na praia. Uma tremenda judiação.

  • luciane lima disse:

    adorei…e parabéns pela coragem de ir contra essa correnteza que escraviza jovens! eu só acho que as roupas deveriam estar na medida certa e não tão agarradas, talvez isso seja pra reforçar sua ideia, mas também pode reforçar o preconceito! de qualquer maneira valeu a mensagem.

  • claudia disse:

    Caí de paraquedas na notícia, mas prá mim parece absurdo chamar as moças de ‘cheinhas’. Elas são mulheres mais magras que a maioria das magras que encontramos pela rua. Talvez fosse hora de desfilar roupas comuns para mulheres comuns e viver fora do mundo cenográfico.

  • lucia rotta disse:

    mal gosto!!

  • kleber felipe disse:

    Kleber voce tem que se reciclar não so como apreciador da moda , mas principalmente como ser humano.

  • lucia rotta disse:

    mal…. muito mal!

  • Maria disse:

    Elas estão vivas…

  • claudete disse:

    Adorei, isso esta muito correto, a mulher mais cheinha tem seu lugar sim, pode ser sexy, linda, elegante, so acho que as roupas muito justas nao favorecem. Todos sabemos que fica deselegante, mas valeu…Parabens.

  • jany Love disse:

    Na minha opinião,está super certo, pois eu não sou modelo,mas já fiz regime e fiquei igual uma caveira. Todos os meus amigos e visinhos comentavam sobre isso,dizendo que eu estava doente com o vírus HIV. Depois disso nunca mais !!!!! Agora terei um acompanhamento de Nutricionista e farei uma reeducação alimentar.

  • aline carla vaz mourao disse:

    quem sabe assim as loucas param de deixar de comer por causa de fama…
    sou mais as gordinhas,pq temonde pegar rsrsr

  • Nympheas disse:

    Arrasou!!!!!!!
    É exatamente assim que são as pessoas nesta vida. Aquelas magras nos parecem doentes.
    Tudo de bom.

  • elisane rocha gusmao pizetta pesse disse:

    Achei simplismente demais….. Nós que somos mais cheinhas nos sentimos excuídas! Que tal mudarem tb os catálogos das grifes? Fotografar as magrinhas e as cheinhas tb. Isso com certeza nos dará mais estímulo. Com certeza muitas mulheres deixam de comprar certas grifres devido à discriminação em relação ao padrão de beleza.
    Pensem nisso…. E não que eu seja tão gordinha assim. Tenho 1.53 de altura e peso 52 kg.

    Abraços,

    Elisane Pesse

  • Solange disse:

    Parabéns a Mark Fast!Um desfile com a típica mulher brasileira…bundas e coxas!Muitas vezes olhamos os desfiles e pensamos:”Como usar uma roupa destas,só uma magrinha ,esquelética”.Com este desfile podemos ter uma base e usar roupas das coleções dos estilistas….acho que ele vai sair ganhando e muito com isso!

  • Parabéns ao Mark Fast, é tempo de ver o mundo real nas passarelas e não de pessoas que ficam doentes para poderem desfilar modelos fora da realidade.
    Quando se lê o que as modelos comem (ou deixam de) para um desfile, fica-se abismado pela atrocidade da exigência de um corpo esquálido.
    A pessoa tem que manter um peso equilibrado, mas não ser esquelética, pois op rincipal é preservar a saúde, a vida!
    Sorte, luz e paz para quem pensa dessa forma!

  • JUNIOR disse:

    Esta de parabéns o estilista Mark Fast pela iniciativa.

  • Acho que já era tempo de se fazer desfiles, usando modelos do tipo popular, mais cheinhas. A ditadura da magreza, tornou um exagero, sem medidas e sem parâmetros, Se as mulheres tem que ser cabides de roupas, por isso muito magras, porque não colocar as roupas em araras e deslizar com elas pelas passarelas?
    Só acho que tomando essas 3 modelos como exemplo, não precisava acentuar o excesso de peso. Afinal o estilista, na minha opinião, além de criar modelos, se preocupar com a roupa, deveria se preocupar em vestir bem a mulher, disfarçando o que não é muito agradável aos olhos e que talvez incomode muito a gente.
    Eu estou acima do peso, estou mais ou menos como essas 3 modelos da foto, nunca usaria esses modelos que ressaltam minhas gordurinhas fora do lugar. Mas tbm não quero ser magérrima, adoro curvas. De qualquer forma parabenizo pela iniciativa, já é um caminho pra acabar com a escravidão da balança, e tornar as modelos mais saudáveis, afgastando-as dos grandes disturbios alimentares.

  • Julia disse:

    Bem mais normais…
    assim parece q a moda realmente foi feita para usar nas ruas

  • edeli disse:

    Gosto da inciciativa, muito bonitos os modelos, que nem precisavam ser tão colados ao corpo. Quem sabe os estilistas passam a ver o público consumidor como reamente são, não anorexicos como as modelos.

  • sheila disse:

    gostei das modelos nao estao muito cheias e nem muito magras….no padrao

  • Achei muito legal, os desfiles precisam ser para todo tipo de corpo e todo tipo de pessoa, o Estilista que é bom mesmo, faz roupas para qualquer tipo de pessoa. Moda para Idosos, crianças, mulheres, homens, magras ou gordas.
    Eu assisto sempre Projeto Runway e acho muito legal a criatividade deles, fazer roupas para qualquer tipo de pessoa e qualquer tipo de material, o que vale é realmente a criatividade.
    Tem estilistas que reclamam, mas aqueles que fazem por amor, topam qualquer coisa.

  • Élia Ivone Ráu disse:

    Amei , pois isso vai mudar um pouco a idéia de que só as magras é que tem direito de aparecer , quando na minha opinião o que deveria ser mostrado e elogiado seria asaúde , uma modelo saudável sim, não importa se é um pouco mais cheinha !!! Ai os estilistas de preocupariam mais em lançar moda pra todas as mulheres , conesquentemente teriam mais mercado!!!!!!!

  • kleber felipe disse:

    Certo que é para uma boa causa mais isso ja esta ridiculo, como que botam elefantes para andar na passarela que uma mulher dessa largura nunca que vai saber desfilar…

  • elizabeth disse:

    É inovador e inteligente, principalmente porque quem usa as coleções no dia a dia,normalmente não tem corpo de modelo, são pessoas comuns, isso faz com que muitas pessoas no mundo se sintam valorizadas..

  • fátima disse:

    Na verdade ,eu sempre acho q corpo com curva chama + atenção pois dá pra ver q tem algum dentro da roupa ,enquanto modelos muito magras nen td roupa caim bem…. Tá aprovadissimooooo….

  • maria siqueira disse:

    sabe pela primeira vez alguem fazer algo q é reamente a realidade .a maioria das mulheres são cheinha ou mas avolumadas e fazer roupas lindas como esta pra nos é muito gratificante nos tambem gostamos de estar na moda SR.esta de parabem

  • Rosario Fernandez disse:

    Gente como a gente!!!! gostei!!!!!

  • maria elisia de santana disse:

    Modelo pode ser magra saudável e nao esqueletica uma menina com 1.75 pesar 50 kl logico que nao é nomal. mulher tem que ter curvas sim

  • Marly Witeck disse:

    Estou me sentindo o máximo!!!!!!!!!!!!!!!!!!É chocante ver garotas magerrimas, até seus semblantes é de tristeza.

  • lourdes disse:

    e isso ai, nao tem que ser so magra pras roupas, não é o que vimos nas ruas brasileiras. no desfile e tudo muito lindo e qunado sai a produção , muitas pessoas não compra pois e so tamanho P e a nossa população esta em G quemos que mostra o que realmente temos neste mondo.
    Lourdes

  • Lara Costta disse:

    Na verdade, não considero a magreza como anoréxa, e por conseguinte, a gordura como contraponto da mesma…Creio que deve existir bom senso e disciplina, para se ter um corpo bonito e saudável…E vamos combinar, a beleza não é gorda e nem magra…Está nos olhos de quem a vê….

  • simone moraes disse:

    Todas lindas; sim, tanto uma mulher magra como uma cheinha sao bonitas.

  • lola peralva disse:

    real!!!simples assim, um desfile cujas modelos se aproximam da realidade com corpos curvilíneos, elegantes e igualmente interessantes…

  • isabela disse:

    uaaai , pode ate usa pessoas mais cheias mais pelomenus coloqe umas roupas mais soltas e tals , aii fico esqicido pelo fato dele ter colocado roupas muuuuuito justas e nao fica legal pra esse tipo de corpo !

  • lindi disse:

    eu gostei pq isso e o natural da mulher saudavel e feliz sem neuras, pq o padrao de beleza k se exige normalmente leva algumas mulheres a loucura pra se encaixar no biotipo anorexico, afinal nos + cheinhas tb somos consumidoras! Parabens

  • Acho o máximo… trabalho com moda a 25 anos
    e quem consome são as mais “cheinhas ”
    mesmo.
    Acho que.. quem não enxerga são os designer de moda que insistem em colocar anoréxicas como vitrine de pessoas que são as verdadeiras
    clientes de suas artes.
    Mark é um artista que sabe usar os olhos em sua moda.Enxerga bem quanto outros ignoram
    totalmente este fato.

  • Eliane Fridman disse:

    Adorei, achei as modelos mais cheinhas compativeis com as mulheres reais …essa magreza exagerada alem de ser feia e irreal ao padrão da maioria das mulheres …

  • Parabéns, o normal a saúde precisa prevalecer no mundo da moda, as magricelas precisam saber que estão doentes não elegantes nem mesmo bonitas.
    Ana chaves
    http://www.artesdaana.com.br

  • Rose Anholeti disse:

    Preciso corregir um erro no meu texto!
    Obrigada!

  • Rose Anholeti disse:

    Que é uma realidade a presença da anorexia nas passarelas, já sabemos. E não vejo nada demais em cortar este padrão colocando mulheres lindas, mas que fogem deste padrão!
    A questão é: porque as roupas tão ajustadas e marcando cada dobra do corpo? Acredito que seja justamente pra causar mais impacto!

  • Cris disse:

    Modelosque estão de acordo com a maior parte das mulheres… É mais fiel a realidade!

  • Albanise maria coelho de araujo disse:

    ACREDITO NA BELEZA, ONDE NAO EXISTA UM PADRAO. POIS NOS, SERES HUMANO SOMOS BIOLOGICAMENTE IGUAIS…..POREM, MUITO DIFERENTES NA BELEZA E NO CHARME E NA MANEIRA GERAL DE SER. PORTANTO, FAZER SERES “IGUAIS” NAO EH HUMANO….!.NAO EH NADA….! POIS NEM SE CONSEGUI AINDA FAZER MAQUINAS MILIMETRICAMENTE COM AS MESMAS MEDIDAS. PORTANTO, COMO CRIAR UM MODELO HUMANO? ….DEIXA A BELEZA FLUIR SEM LOGOTIPOS. A BELEZA ESTA TAMBEM NA SAUDE.

  • Cyda disse:

    deprimente !!!!! pode até estar cjeinha, mas com roupa justa NÂO!!!!!!!!!!

  • claudio arolli disse:

    achei omaximo pq detesto mulheres magrelas demais na passareas

    valeu Mark Fast

  • Andersn disse:

    Não faz sentido . Pós são mulheres normais … as roupas parecre coisas no corpo delas!! é lamentavel.

  • zelia disse:

    Muito elegantes, com jeitinho de pessoas normais!
    Parabéns! Poderiam até ser mais cheinhas um pouco, que ainda seriam lindas!
    Abaixo a magrega extrema, doentia e louca!

  • lucia Maria Valadares disse:

    Parabéns,pelo novo loock de desfile,já chega de ver tantas moças esqueleticas,terriveis,só osso debaixo de panos.Agora sim,voce acertou no desfile,tiro meu chapeú pra voce.SUCESSO!

  • Putz! prefiro as modelos magras!

  • Julio disse:

    Não gostei dessas modelos.Não precisava ser gorda, mas ter o equilibrio em curvas. As modelos na passarela não são esteticamente bonitas. A Gisele deu sorte porque é sexy, porém o corpo deveria ter um pouco mais de curvas. Mulheres com mais curvas mostram feminilidade.

  • J. D. Machado disse:

    Mark Fast, com certeza, teve uma ótima iniciativa. Mas ao meu ver cometeu dois “erros”.
    Se ele optou por usar modelos que nao sao magras como se usa normalmente, nao deveria tentar as igualar com as modelos palidas, com cara de cansadas e doentes. E foi oq aconteceu pelo cabelo e maquiagem que ele usou. Deveria ressaltar o aspecto saudavel delas.
    E tambem penso que ele exagerou e tentou chocar usando roupas taoo justas nas modelos para ressaltar os quilinhos extras. A moda deve realçar a beleza das pessoas -e nao estou dizendo que gordura eh sinal de feiura, mas creio que todos concordam que roupas um pouquinho mais largas as deixariam bem mais bonitas. Alem do mais, se a intençao era passar a ideia adiante e fazer com que outros estilistas aderissem, duvido que algum queira expor suas roupas dessa forma apertada e marcante.

  • maria jose do nascimento lopes disse:

    show porque não

  • Guiga disse:

    Adooreiiiiii! gostei da atitude ousada dele, e tomara que isso se propague, chega de modelos catavericas nas passarelas! queremos ver um desfile cheio de saúde e não de doença.

    Abraços!

  • Eurly disse:

    Eu sou gordinha e nunca posso participar da moda, pois as modelos magérrimas, dominam o mundo da moda, nos tornando extra terrestres. Tenho uma filha que ficou com anorexia devido ao modelo de mulher que desfilam nas passarelas, como o padrao de beleza. Creio que os que regem a moda mundial deviam pensar nas mulheres do nosso planeta no dia a dia, e trazer a moda para a realidade dos nossos dias.

  • Emmanuelle disse:

    Até que fim, deram mais valor as cheinhas!! Adorei, é bom que tenham a mesma oportunidade que as magrinhas tem!

  • Tatiane Melo disse:

    Sinceramente, horrivel não ficou, mas particularmente eu não gostei, prefiro as magrissimas.

  • ana torres disse:

    sou contra modelos aneurexas, mas falar que essas modelos estao bonitas ai ja é demais ne
    essas roupas coladas assim ……ta pakaba

  • Isabella disse:

    Eu tenho certeza que se as empresas de moda adotacem esse projeto evitariam muitas mortes de meninas que sonham com uma carreira e com um corpo perfeito, ja passei por isso e sei a realidade do problema. E aos agente de modas vai uma dica: “Parem de matar suas proprias Modelos, essa obcessao pelo “corpo perfeito” que a maioria das meninas teem sao graças a voces que muitas vezes nao valorizam o trabalho e nao contratam porque elas estao “gordas”. “Isso é uma realidade absurda e a voces da Mark Fast, meus PARABÉNS! o trabalho realizado foi ESPETACULAR.

  • giovana disse:

    Gostei muito, se vê que estao com saude,e sao lindas.

  • Ivone Fujie disse:

    Eu achei otimo esse desfile,as mulheres principalmente as mocinhas estao se sacrificando p/. se manter magras,e isso tem prejudicado muito a saude nao so delas mais de toda a sua familia,que sofram juntoas p/. vencer o mol. Muito obrigada por vcs mostrar tambem que as fofinhas sao lindas e tem roupas legais!!! Bjos

  • tATIANA LA SCALA LAMBAUER disse:

    aCHEI BONITAS, interessantes e seguras.
    Eu acho que esse estilo de mulher, ” mais normal”, casa mais com pessoas que também tem algum conteúdo interno. Massa cinzenta no cérebro, para ser mais específica. Verifico, no dia a dia que os homens gostam de fingir que preferem as mulheres perfeitas, mas, na verdade, eles se sentem, muitas vezes, intimidados por esse modelo feminino mecânico e padronizado. Espero que esse seja um início de uma mudança efetiva na moda e no comportamento humano.

  • Gleyka disse:

    Maravilhosasss..
    Não precisa ser um “talo”, para se ser considerada Bonita !

  • luana disse:

    Tipoo não gosteei descuurpa

  • Cheinhas! Mas continuam sendo lindas!

  • CLAUDIA disse:

    É ESTA NA HORA DE MUDAR ISTO SIM , AS CHEINHAS TEM QUE TER A SUA VEZ SIM . EU ACHO QUE AS MAGRELAS PARECEM DESNUTRIDAS E SEM GRAÇA ALGUMA ,POIS OS HOMENS GOSTAM DE VER ALGUMA COISA A MAIS NAS MULHERES ,ALGO QUE CHAME A SUA ATENÇÃO. GOSTEI DA MATÉRIA MAS A MODELO DE PRETO ARRASSOU !

  • Nivia disse:

    Isso aí acho q n temos q taxa padrão p beleza, o belo é belo por si e somente belo.
    Quem disse q apenas o magro é belo? Temos pessoas de porte um pouco mais avantajados mas nem por isso deixam de ter beleza.
    Adorei a campanha que este estilista tem promovido para colocar em discussão algo q há tempos deveria estar na mídia, pois sabemos o quanto as modelos tradicionais sofrem tanto psicologicamente quanto fisicamente para se manter magras.

  • Rafaela disse:

    Acho interessante a intenção, porém existem gordinhas lindas, não feias como estas.

  • luana monte alegre lima disse:

    adorei pois esses disfile só mostrou que nós cheinhas tambem temos charme e podemos sim desfilar com classe como as magrinhas tambem voces estão de parabens……….

  • Monica Feitosa Santana disse:

    As modelos dele parecem muito com a as mulheres que circulam pelas ruas…

  • NEUSA DA SILVA disse:

    dou créditos a este estilista por pensar sim na mulher mais cheinha , mas ele devia com toda certeza idealizar roupas que tivessem um caimento adequado roupas justas qualquer pessoa sabe que só teria um caimento adequado em pessoas magras…é um detalhe óbvio que deixa créditos negativos e ñ positivos ao estilista…

  • Lígia Almeida disse:

    A cada dia que passa a moda das passarelas se aproxima mais com a moda das ruas.Está cada vez mais claro que está havendo uma transformação no mundo fashion(o que pra mim é uma evolução), eu acho isso ótimo!Pessoas com o manequim de número maior que 36 também se vestem e com muito estilo, Betty Ditto está aí para provar!Ele está de parabéns!!Só acho que a produção poderia ter caprichado mais no make…deixou a desejar

  • elaine disse:

    estão lindas.
    são mulheres com corpo de mulher.

  • MARGAREH disse:

    não existe nada de maravilhoso na postura do estilista, mas demonstra de modo implícito uma possivel traca ditatorial de mudança de padrões:gordinhas pelas magrinhas.E aí cairemos mais uma vez no círculo vicioso da valorização de uma forma física em detrimento da desvalorização de outra.

  • Elaine disse:

    acho magnificamente justo não só exitem magras é o pensamento unificado a agradar todo padrão desde da mais magrinha até a que esta contente como está, muito bom .Gostei!

  • pricila disse:

    elas sao muito feias comtrata eu

  • carol disse:

    Adorei o desfile pq as roupas são feitas para a realidade e a realidade não somos todas secas como as modelos então adorei e esperoq ue vigore uma lei que e proibido modelos com menos de 57 kg.

  • RUBELIA disse:

    GOSTEI MUITO DAS MODELOS CHEINHAS DE MARK PORQUE PARECEM GENTE E NAO AQUELE BANDO DE MULHERES QUE PARECEM QUE ESTAO MAIS MORTAS DO QUE VIVAS, OU SEJA PARECEM MAIS AQUELES MANEQUINS SEM VIDA DAS VITRINES DE LOJAS .

    BEIJOS,

    RUBELIA

  • Marie disse:

    Lindas! Magreza excessiva é doença!

  • Ely Zurc disse:

    Acredito que a postura do estilista Mark Fast não abrange a questão em sua compelxidade, ou seja, a postura dele acaba por demonstrar de forma implícita uma troca ditatorial de padrões – modelos gordinhas em detrimento da magrinhas. Assim, vamos a luta em busca das gordurinhas, vocês magras devem engordar!.
    Deve-se observar que existem pessoas que necessariamente são magras, que não ganham peso com facilidade, mas precisam malhar, fazer alimentações específicas ao dia, etc.
    O desrespeito a forma física dos individuos que é o problema maior, pois, no caso de modelos que não necessariamente são magras, mas em nome da ditadura da “beleza”, do que se precisa para vender mais o produto do “estilista”, devem negar seu “biotipo” desencadeia a proliferação de disturbios alimentares levando a setença maior, morte.
    O ponto fundamental a ser considerado não é a mudança de padrões, mas o respeito a forma física dos indivíduos.
    Desse modo, nada de interessante ou empolgante no comportamento de Mark Fast.

  • Excelente, mostra a realidade das mulheres. A moda deve estar ligada com a saúde e não com a falta dela. Modelos anorexas não são nada saudáveis.

  • Maira disse:

    Muito bom!
    Acredito que mais estilistas deviam incluir modelos mais cheinhas em seus desfiles ,isso iria promover que nem TODAS devem ser esqueléticas para serem lindas , que existem corpos variados e que a moda existe para todos.Muitas pessoas são levadas pelo que vêem nos desfiles e revistas e quando não ah mais opções simplesmente fica nisso!
    Sinceramente ,variedade abre a mente das pessoas ,elas precisam ser lembradas todos os dias que são individuais não padrões!
    Se quebrarem com essa regra e apresentarem mais pessoas cheinhas a Moda em si seria um evento refrescante não opressivo a aqueles que simplesmente não se vêem no quadro.
    Parabéns Mark Fast ,você é um exemplo a ser seguido!

  • Daniele disse:

    Tudo é uma questão de ponto de vista. Estamos acostumados e ver modelos esqueléticas..longe da nossa realidade biológica feminina e fazendo com que o Brasil seja o campeão mundial em consumo de drogas para emagrecimento.
    Pare e pense: quem disse que para estar elegante devemos nos sentir culpadas por estarmos fisicamente saudáveis? Que moda é essa??Aonde ninguém leva em conta o biotipo físico de uma população…pois todas devem estar padronizadas e rotuladas dentro de suas medidas cadavéricas…
    Mulhres, valorizem a naturalidade de suas belezas!!!!

  • LARYSSA disse:

    ACHEI A IDÉIA MUITO BACANA, MAS ALGUNS MODELOS ALI APRESENTADOS NAO CAIRAM BEM NO CORPO DAS MENINAS, SE NÃO FOSSEM TÃO COLADOS ESTARIA PERFEITO!

  • Ramon Trindade disse:

    Acho que roupa muito justa, n fica bem para gordinhas!

  • fernanda andrady disse:

    euuu axeii muito interanttt poiss todo mundoo temmm q se vestiida maneiraa q gostaaa num importaaa o tamanhooo

  • Caah disse:

    Eu axei otima.Sou magra,nao eskeletica e axei otimo isso que fiseram,pois assim é que são as verdadeiras mulheres,tem mais curvas e um pouco de gordura!!!
    Está de parabens Mark Fast

  • Cristiane disse:

    Pouxa me chama tb pra desfil

  • pluto disse:

    Mó gostosoas

  • JÔ GONTIJO disse:

    Agente aceita,mas não é bonito.Eu tbm sou cheinha,mas odeio.

  • Vivian disse:

    Achei muito legal!! as cheinhas tb merecem um espaço na passarela, anorexia está fora de moda já faz um tempão!!!

  • TATIANE disse:

    acho que ele deveria ter usado moças cheinhas msm e ñ colocado moças magras ao extremo e alguma especie de enchimento..
    tipo ficou estranho e nada natural
    moças cheinhas tem o rosto cheinho.. as vezes um corpo mto bem cheio de curvas mto belas..
    eu sou meio cheinha..
    dizem q sou magra..
    mais tenho barriga…
    acho esse negocio de magreza ao extremo mto feio msm, por isso parabeniso a Mark Fast pela iniciativa
    mais acho que poderia serem usadas moças cheinhas de verdade..
    o corpo da mulher tanto brasileira como de boa parte do mundo.. é com curvas.. quadriu e bumbum..
    num tem essa de mulheres do dia dia serem completamente magras.. sem uma gota de gordurinha fora do lugar…
    obrigada pela atenção e
    gostei mto da materia.. e da iniciativa…

  • priscila disse:

    tenho essa tralma!e concordo que as gordinhas tbem tem que ter sua vez,,,só não concordo que dizem que isso é doença;não temos culpa de sermos assim,não comemos porque não queremos e sim porque não conseguimos tenho 1.60altura e peso 52 kilos me acho uma baleia,sofro com isso mas não consigo tirar da cabeça que se eu comer vou engordar mais ainda

  • Vivian disse:

    Achei muito legal, porque a maioria das mulheres são um pouco cheinhas e podem tb usar roupas justinhas apropriadas pra elas…anorexia está fora de moda!!!

  • Ely Zurc disse:

    Acho que o assunto magreza na moda, ou magreza e moda,é bem mais complexo do que certas atitutes de estilistas como o citado podem e querem trazer à tona.
    Existem pessoas que são magras e não conseguem engordar,um determinado biotipo. Essas pessoas que trabalham com moda acabam por ser violadas quando essa campanha por kg a mais nas modelos torna-se ditadoras ao estimular exaustivamente a mudança de padrões.Desrespeitando a “natureza” física dessas pessoas e caracterizando esse biotipo como um problema,
    consequentemente transformando as modelos em objetos inferiores e passíveis ao descarte.
    Por outro lado, modelos que não são necessariamente magras são violentadas para negar suas formas em nome de um padrão (magrelo). Nesse caso, essas modelos deveriam ser assistidas de um outro modo.
    O ponto fundamental não é substituir “magreza” por “gordurinhas”, mas respeitar o biotipo humano.

  • ulisses fernandes disse:

    bomm…
    p ter essa ousadia,acredito muito que deve manter o padrao BELEZA.Podendo ser ordinha sim,porem bela.
    a passarela é boa?ombros caidos porq?JA nao é problema d ser ou nao gordinha neh….
    parabens pela materia

  • Lene disse:

    aff…até q enfim gente normal na passarela.
    Pessoas lindas e comuns q passamos todos os dias nas calçadas…
    parabéns ao mark e as modelos…perfeito!

  • Helena disse:

    Estou em tratamento para anorexia e acabei de perceber que a passarela com cheinhas é realmente muito mais bonito de se ver.

  • luzia disse:

    acho muito bom assim vai salvar vidas.

  • wilka disse:

    orriveis!!!!!! exitem pessoas gordas bonitas ,mais, mais essas ai orriveis……….

  • Camila disse:

    O estilista não soube aproveitar o corpo das modelos. Quis inovar, “chocar”, e acabou fazendo feio. E modelos não-anoréxicas não significa modelos pelanculadas e flácidas, como essas das fotos. Uma pena, a ideia era boa.

  • mila disse:

    eu acho esse desfile com modelos “cheinhas”
    magnifico ; porque não é todo mundo que é magrerrima , a ponto de paresser um maniquim
    ao contrário ; muitas pessoas fazem o possível e o impossível para ficar magra ou seja chamada a mais comum ” DITADURA DA MODA ” ele esta certicimo em fazer esse desfile as pessoas querem ver gente normais como no dia dia e se sentirem valorizadas sendo com uns quilinhos a mais ou não
    “FANTÁSTICO”

  • Natalia disse:

    Ah amei esse desfiles,tem que fazer isto mesmo…’ Pq n existe so pessoas magrerimas p usarem akilo q dizem moda.Tem menina gordinhas tmb

  • taty disse:

    Este incentivo é mais que maravilhoso é bom demais magras ou cheinhas o que prevalece no mundo de hoje é saúde, vivemos num mundo superfulo e deixamos a verdadeira exsencia da vida passar despercebida (( amar a vida é amar a si mesmo))

  • MARGAREH disse:

    ACHE MARAVIHOSA ESSSA IDEIA POISNOS GORDINHA SAMOS ELEGanta tbm

  • Lorena F disse:

    Acho legal a iniciativa de Mark Fast, mas o grande problema é que isso não “pega”… As pessoas nao entendem que o que tem que ser cortado é isso das agencias de modelos, estilistas, acharem que a mulher TEM que ter o quadril por exemplo até 90.. isso é surreal, nao existe, é por isso que existe a anorexia, pq as pessoas cobram de mais das modelos fashions, o que acaba deixando o as modelos feias, exóticas até de mais! quantas meninas mais vao precisar morrer, desmaiar, por falta de alimentação?! Isso tem que mudar!

  • Franciene disse:

    É isso aí! Eu sou magra, mas a maior parte das pessoas que não são, estão se matando fazendo dietas absurdas só para ter o corpinho das passarelas, que para mim não é bonito. Eu acho que a mulher cheia de curvas é linda e com essas iniciativas as que discordam disso vão se sentir valorizadas, o que vai colaborar para que elevem a sua auto estima. Que essas modelos com corpos cheios de curvas e que representam a mulher real, estejam cada vez mais presentes nas passarelas do mundo todo.

  • alesandra disse:

    eu aprovo esta iniciativa a chei o maximo mesmo pq acho as modelos muita magras as mulheres mas cheias são mas belas

  • Maninha disse:

    Penso que poderia ter usado modelos gordinhas mas bonitas de corpo, ou seja, parelhas. Não com gorduras acomuladas.

  • Patricia Castro disse:

    nada contra as formas aredondadas, nada contra as gordinhas, mesmo pq eu tbm sou. Só acho que assim como se escolhe modelos magras pode se escolher gordinhas de belas formas, cinturas mais definidas etc etc….e aí vale mostrar o que fica bem num corpo cheiinho…e certamente não são as roupas justas…incentivar a abolição dos exageros, da magreza sim, mas a falta de estilo, a falta de gosto….tipo gordinha a qq custo não é? rsrs Afinal gordinhas tbm podem se vestir bem e com estilo sem ficar ridiculas com roupas que marcam as gordurinhas, as calcinhas enormes….pra q isso? Podemos ser as melhores na passarela sim……….então amigos da moda cuidado, pq a idéia é boa, mas não creio que seja dessa forma…

  • Mari disse:

    Achei elas “normais”… acredito que não são apenas as magras que utilizam vestimentas, então não entendo porque tanto preconceito com as mais cheinhassss…
    Por acaso elas, as “gordinhas” por estarem um pouco acima do peso e gostarem de comer, não podem entender de moda ou estilo???

  • mariana teixeira disse:

    Muito boa a iniciativa! Estamos fartos de tantas modelos super magras e etc.Isso é fora da realidade das pessoas.Uma maquiagem a epidemia do fotoshop onde diz que a perfeição existe…não dá mais para sustentar uma sociedade assim. Beijos

  • RO disse:

    …ENFIM,
    SÃO MULHERES NORMAIS.
    LINDAMENTE NORMAIS…

  • luana disse:

    achei 10 sempre tive vontade de ser modelo e nunca consegui pq nao tenho corpo..adorei

  • Yasmim Vieira disse:

    Achei muito interesante em todos os aspectos que possam ser vinculados!
    Com certeza sou a favor de uma mudança no que diz respeito a forma de padrao da moda que, no entanto deixam a desejar pessoas anorexias deixando de ser um tipo de beleza para um tipo de doença!
    Parabéns!
    atenciosamente Yasmim

  • Daniela disse:

    Achei ótimo! Afinal de contas, são mulheres reais e lindas, das que encontramos no dia a dia nas ruas!!! Levar a realidade possível para as passarelas é genial e deveria ser uma obrigação!!!

  • Ingrid disse:

    Amei a proposta! é importante lembrar que a moda é feita para mulheres reais…e todos sabemos…que pelomenos aqui no Brasil…o biotipo das brasileiras naum condiz muito com o das tops! acho que pra desfilar não precisa ser necessariamente magérrimaaaa…acredito q inicialmente precisa-se ter alto estima e atitude…coisa que essas dai…parecem ter bastante…enfim…amei os modelitos…a reportagem e a causa!!!

  • Dyeovana disse:

    Ótima idéia de Mark incluir modelos mais cheinhas no seu casting. Com isso ele mostra que nao são só as moças magras que tem chance de ser modelo. Achei a idéia super legal e muito criativa tbm, e as roupas estão lindas.

  • Claudia Espel disse:

    Parabéns, creio que a moda e modelos tem que adaptar-se com a realidade onde a mulher não é mais o pacote encomendado pela dita sociedade isso ainda não tinha mudado, salve a nossa visão.

  • Amanda C. disse:

    Acho uma iniciativa muito interessante colocar modelos que caracterizem as mulheres da VIDA REAL! Pq nao existe so magrinha! Eu sou uma mulher bem magra mas nem por isso acho que nas passarelas so devam modelar as magérrimas! xD As cheinhas também querem estar na moda! *-*

  • achei muito interessant a divulgaçao desse desfile!
    com certeza sou a favor de outros eventos sobre o tema abordado!

  • marcia soares disse:

    Todas as vezes que leio sobre moda, fico me perguntando se os estilistas não têm visão de mundo, pois a sociedade do mundo todo não é composta só por esqueletos, mas também por pessoas gordinhas que não vivem nas passarelas e que precisam vestir-se com elegância.
    Nos dias de hoje, a globalização tomou conta do mundo, é preciso mudar esse tipo de preconceito contra gordinhas.O ser humano tem que ser respeitado, não importa se é gordo ou magro, todos pagam pra viver nesse mundo.

  • adriana disse:

    adoreiiiiiiii!!! só assim acaba com esta moda de magrelas na passarelas elas estão mto lindas!! parabéns até eu que sou gostosa gostaria de desfilar assim.

  • cristiane carvalho disse:

    estao de parabens,isso mesmo ha muitas garotas jovens morrendo atras desse sonhos ,parabens

  • Ghiovana disse:

    não achei legal as roupas, mto justas não ficou bem nas modelos, mas acho legal ele usar modelos mais ‘normais’..
    esse padrão de magreza excessiva para as modelos, não é real.. não é o q encontramos na rua.. e acho q a moda devia se aproximar mais dos seus consumidores..

  • Muito importante e de grande valia os desfiles com modelos “cheinhas”; pois as mulheres deveriam ser avaliadas como todas e não somente as modelitos. Vale salientar que temos no mercado das MODAS um consumo muito elevado em produtos para as “cheinhas” e por que não dizer: das gordinhas tambem? podendo inclusive ser visto como uma forma de combate ou meio de se evitar o aumento da ANOREXIA nas modelos e aqulas que se espelham através das mesmas.

  • Josy Gonçalves disse:

    Acho muito interessante dismistificar o padrão de beleza estipulado pela mídia. Mas cada beleza tem a melhor forma de ser realçada, e neste desfile que foi com certeza uma bandeira levantada conta a ditadura da moda, só faltou o estilista usar roupas mais adequadas para cada tipo de beleza, ou seja, não precisava usar roupas tão coladas assim, o que realçaria a beleza das modelos, que na verdade nem estão gordas, apenas com algumas gordurinhas localizadas, que em sua maioria retratam verdadeiramente o padrão de mulher real.

  • lidia disse:

    tdo bm q anorexia esta fora de moda
    mas essas modelos polui a imagm de mulhers bonitas e saudaveis porq ele nao colocou umas modelso nao famosa mas sim brasileiras com curvas e pernas grossas mas normal assim seria bem mais bonito de olhar

  • Juliana Ramos disse:

    Oi…Eu acho que o que ele fez foi muito correto e deveria ser seguido por outros estilistas também!O importante é mostrar a beleza das roupas em “mulheres normais”, que se vê no cotidiano.
    A final…São essas “mulheres normais” que vão vestir as roupas dos grandes estilistas!

  • Bruna Giacomoni disse:

    olá, eu achei muito legal, pois varias modelos já morreram e o brasil estava pasando um visão para os outros paises muito feia qm sabe com isso todos podemos no unir contra anorexia!!!!

  • Raíssa disse:

    Vendo pelo lado que o mundo da moda é um mundo democrático, porque não mulheres mais ‘cheinhas’? afinal o padrão das mulheres que desfilam é muito limitado, não é o mesmo que encontramos nas ruas, nada mais correto do que abrir espaço para todas as mulheres, pois moda não deve ser delimitado a mulheres magras com no minímo 1.70! Todas temos o direito de vestir Calvin Klein, Chanel, dentre outras brilhantes grifs!

  • Samira disse:

    Bom, é claro que eu não teria coragem de andar por ai com uma roupa justinha mostrando minhas dobrinhas, mas admiro o estilista por ter coragem de por no palco pessoas como a gente, o que nos dá uma confiança em relação ao que podemos usar, pois geralmente esses desfiles dá um desgosto de ver por pensar que as roupas apresentadas são para pessoas magras, que daqui a algum tempo não será mais projetado roupa para gordinhas, pois todos veneram a magreza dessas modelos, a forma esqueletica.

  • Michele disse:

    Lindas… reais. São mulheres de verdade que não vivem em função do corpo. Acho que a moda deveria ser feita mais para essas mulheres, as que são a maioria! As que são reais!

  • Sergio disse:

    LINDAS!!! Tentadoras, chamativas e cheias de vida!!!!! Deveriam usar somente modelos como estas que parecem gente viva e nao alguem que parece um esqueleto que esqueceu de cair. Em tempo: porque uma criança mais fofinha dizemos que e linda e uma adulta dizemos que e gorda??????????????

  • Apesar dos rostos meio tristes delas, estão dentro de um padrão pra mim,satisfatório. Sou psicóloga e trabalho com transtornos alimentares e vejo como a mídia tem influenciado para que as pessoas se espelhem numa magreza doentia,Num modismo que tem trazido muita infelicidade. Para mim o que importa é um corpo são com uma mente sã também.Está escrito no livro do sábio salomão:” O coração alegre aformoseia o rosto”! E num ditado popular: ” A alegria vem das tripas”.

  • Mirian Rodrigues Martins disse:

    achei muito interessante ele ter usado modelos mais cheinhas, afinal magérrimas só as modelos mesmo, mulheres “normais”são sempre cheinhas, esse é o biotipo das mulheres no mundo todo, acho q os demais estilistas deveriam incentivar suas modelos a ficar um pouco mais cheinhas, isso também é saúde. beijos.

  • janete disse:

    achei muito legal isso…sou magra e nao gosto de ser magra..por acaso vcs acham que só existem magras nesse mundo??? as maiores consumidoras sao as cheinhas sim!!!! acho que as gordinhas tinham que fazer era greve e nao comprar nada de marcas que só fazem pra magras!!!!

  • RANNY VAZ disse:

    amei sua inovaçao

  • tah disse:

    roupas lindas e as modelos tambem , muito mais bonitas do que as anorexicas das passarelas.

  • Carol disse:

    eu acho muito legal da parte dele. isso incentiva muitas garotas com essa doença a pensarem sobre isso

  • israel dutra disse:

    sao lindas e sensual, parabens pelo desfile ,vejo tambem que sao mulheres je maduras e não garotinhas , tem uma frase que vi que diz o seguinte:
    ” todo grande avião tem seus peuszinho.”

  • hARKMA disse:

    aDOREI, ATÉ PQ TB SOU CHEINHA, E ACHO UM ABSURDO O QUE FAZEM COM AS MODELOS, DEIXANDO TRANSPARECER UMA IMAGEM DE TRISTEZA, DOENÇA, APATIA…UM HORROR…TODA MULHER TEM SUA BELEZA É SÓ SABER VALORIZAR O QUE TEMOS DE MAIS BONITO…ACHEI AS MODELOS CHEINHAS SUPER LINDAS…
    aPROVADÍSSIMO…AMEI…

  • Elen disse:

    Olha achei muito legal de usarem modelos “cheinhas”,isso mostra que nao sao so as magricelas que sao bonitas apesar de eu ser uma,e olha essas mulheres nem sao tao “cheinhas” assim!!. adorei.

  • Margarida disse:

    Os estilistas são tao anorexicos mentalmente quanto suas modelos, e essas modelos de cheinhas não tem nada, são mulheres com curvas e estão com tudo em cima.

  • agda lima disse:

    achei legal a ideia de ir contra a anorexia, mas as roupas não ficaram legais nelas pois não tinham roupas mais retas para elas? mas a idéia foi legal.Pq exiatem muitas modelos morrendo por causa de anorexia e problemas psicologicos.

  • Rose disse:

    mulheres normais!!q. gente vê nas ruas todo dia,nem por isso,menos bonitas!

  • Isabella disse:

    o UNICO que mostra a mulher de verdade. os outros deviam se inspirar nele, porque, quantas mulheres no mundo é tao magra quanto uma manequim ? ou uma modelo ? poucas. quantas mulheres sao mais cheinhas ? muitas.

  • Marilza Neves Cangussu disse:

    Este estilista mostrou a realidade. A grande maioria das mulheres são assim. Acho que deve mostrar roupas para pessoas magras, as cheinhas e também as gordinhas. Para que a mulher veja o que lhe fica melhor e poder escolher com segurança o que usas

  • Vera L. Sasso disse:

    Até que enfim alguém ousou trazer modelos para as mulheres normais. Isso tudo gera auto estima para a maioria das mulheres que estão sendo há anos colocadas como lixos por pesarem uns quilos a mais e também para os lojista confeccionarem roupas para a maioria.
    Legal mesmo!

  • Sammara disse:

    Acho que não tem nada de mais nisso, está ótimo, está bonito, e a maioria das pessoas que vestem roupas tem corpos parecidos com esses, é um corpo normal, nem gordo nem magro demais; é bom saber que tem alguem investindo nisso e divulgando, pois o coprpo que geralmente aparece em desfiles são corpos que pessoas” normais” não tem e que por sinal nem é tão saudável ser magra ao extremo como se mostra nas passarelas,como também ser gordo demais não é saudável; mas isso ilude as pessoas e elas pensam que é certo e tentam cada vez mais seguir pois é o que a mídia porpõe. As pessoas não são bonecos, como manequins, mas é isso o que tentam mostrar com modelos magérrimos…
    Enfim, é mais ou menos isso.

  • A ação do estilista faz contraponto com a supervalorização da ‘magreza’ e exclusão das ‘cheinhas’. Parabenizo!

    Contudo penso que valorizar a biodiversidade e as várias belezas seria fundamental ao invés de jogar para a sociedade modelos ‘adequedos’ de beleza.

    A ação de Mark sinaliza a quebra de paradigmas que esteriótipam o que deve ser belo. Afinal a concepção de belo vai muito além do estruturas físicas.

  • D Dalan* disse:

    Acho que é um espaço para todas as mulheres em geral; não somente as modelos magras que podem desfilar, as cheias de curvas também.
    É mais agradável um desfile assim, pois consegue ser muito mais bonito do que somente osso. Está muito além daquele tabu e quebra qualquer regra. É assim que se faz moda, é assim que inova, é assim que o preconceito acaba e o espaço é preenchido com mais beleza.
    Parabéns ao Mark

    D Dalan*

  • Renata Pontes disse:

    Como consigo contactar Mark Fast? Será que desta vez eu consigo modelar? Pelo menos minhas medidas parecem estar de acordo com a das modelos. hahaha

  • Paula Matos disse:

    Elas não são gordas, e até tem mts curvas. Só acho q não fica legal roupas tão justas. Acaba apertando o corpo demais e criando um efeito maior do corpo!

  • Isabella disse:

    Olha se ele quis colokar modelos mais cheinhas no desfile eu acho que ele deveria pegar pessoas cheinhas mais com rostos bonitos,porque essas ai parece que eles pegaram a 1º que viram na rua ..entao eu nao gosteei muito do rosto delas mais e uma ideia inovadora que alem de pegar pessoas mais cheinhas ,livram as meninas que querem pegar o absseso agudo de ficar magra demais o que geram varias doenças como:anorexia ,bulimia ,anemia entre outras!!

  • Duda Oliveira disse:

    Muito louvável a iniciativa de colocar modelos mais reais na passarela da moda.
    Sim porque as modelos altas e magérrimas são exceções do biotipo feminino.
    A exposição de corpos esquálidos nas passarelas acabou criando uma paranóia geral e deixando 99% das mulheres insatisfeitas com sua silhueta. Fato este que contribuiu para que cresccesse o número de adolescentes e jovens com distúrbios alimentares.

  • priscla disse:

    eu torço pela fama dessas modelos por que eu sempre quis ser modelo eu desfilei e todos os meus colegas me chama de modelo por que tenho tudo que tenho para ser uma modelo
    obrigada
    grata por me ouvir

  • Karina Aparecida disse:

    O estilista mostra também que as cheinhas tem seu charme e elêgancia.

  • Marina disse:

    São mulheres de verdade e não “cabideiros”, desculpe o termo, mas com essa atitude talvez Mark mostre que um padrão não é necessário e que cada um possa ser do jeito que é.

  • Ivan Linares disse:

    Bem, sempre é legal ter gente fora dos malditos padrões de moda: como feliz namorado de uma gordinha satisfeita, apóio cem por cento a medida do estilista. Oxalá outros sigam a idéia e que tenhamos finalmente uma moda democrática que não deixe deprimida quem não tiver essa cara de palito doente.

    Por sinal, acho que ele podia ter posto as garotas com uma cara mais saudável. No lugar, cometeu o mesmo pecado dos demais: pôs garotas pálidas, sem maquiagem, com cara de de deprimidas (ou de quem gosta de apanhar). Prefiro ver gente jovial, alegre, passando uma idéia positiva das roupas.

  • Maria Letícia disse:

    o modelo justo no corpo não é apropriado para as mais cheinhas.Também faltou postura corporal na modelo.Não gostei.

  • Regina disse:

    Nada contra as modelos cheinhas. Acho que o real está ai.

  • marla disse:

    A ideia é bacana, mas roupa tão justas como essas não devem deixar nem a pessoa se sentar decentemente. Eu, que sou mais cheinha, não me sentiria à vontade.

  • Pat disse:

    GENTEEEEEEEEEEEEE, MAS MUITO RIDICULAS, SECAS DE ROSTO, QUASE FANTASMAS E COM A CINTURA GROSSA? QUE É ISSO? PQ NAO CONTRATAM MULHERES SAUDÁVEIS E CHEINHAS DE VERDADE AO INVES DE ENCHER COM PANOS OU SEI LA O QUE ESSES ANDROIDES? POR FAVOR NE, QUE RIDICULO.

  • Regina disse:

    magresa, n siguinifica saude, nem boniteza,eu conheço varias pessoas,magras que sao ooorriveis,e sem saude,eu conheco pessoas,cheinhas que sao lindas echeias de saude,cuidado,magresa de +e´doença……..

  • Karina Aparecida disse:

    Achei legal, pois assim as cheinhas serão mais valorizadas, não sendo discriminadas.
    É horrível quando entramos em lojas e as roupas mais lindas são para as magrinhas.
    Parabéns pela iniciativa do estilista.
    SUCESSO!!!!!!!

  • Beatriz disse:

    muito melhor a mulher mais cheinha. Até parece mais apetitosa.

  • Cláudia disse:

    Finalmente na passarela mulheres com seus corpos mais próximos da realidade da maioria da população feminina.

  • tarciana disse:

    Amei,pois sou totalmente contra o igual está na hora de mudar.E isso é um serviço de utilidade pública contra a anorexia.

  • Luiz Paulo disse:

    Realmente não dá, as que as pessoas debatem muito á respeito da magreza das modelos…e esquecem de enfatizar que grande parte das modelos já teem um bio-tipo magro (eu sou modelo e posso falar…me mato de comer, vou á academia…tomo suplementos..e não ganho peso!!!). Na minha opnião as modelos mais “cheinhas” não vão vingar..não é a mesma coisa…e outra, a solução não é colocar pessoas com mais peso na passarela..e sim assegurar a saúde das pessoas, independente do tipo físico, e se formos seguir esse caminhos….assim como as que deixam de comer para ficar magras e se tornarem modelos, teremos gente se empanturrando de comida e tonando – se vítima da obesidade!!! Não???!!!

  • Eu acho que se ele quer abordar esse assunto tão discutido, deveria fazer roupas adequadas para mulheres normais, por que ele desvalorizou muuito as modelos, ficou super vulgar, logo, deixou a desejar o seu produto.
    Não adianta de nada prejudicar a própria imagem para tentar melhorar a de outra pessoa!

  • Aline disse:

    Cheinhas? Essas mulheres são magras!
    As modelos atuais não são magras, são esqueléticas, não sei se a mídia quer passar para o público o ideal de beleza ou apenas pendurar roupas em cabides. Mulher bonita é mulher feliz e que se aceita do modo como é. A “moda” de hoje em dia é deixar todo mundo maluco, isso sim.

  • Paloma disse:

    Gostei muito da idéia e apóio. A moda foi feita para todos os tipos de mulheres e homens e não apenas para os magros. Além do mais, você segrega …
    Só não acho que roupas justas favoreçam as gordinhas … há diferentes biotipos e cada um deve ser valorizado a seu tipo.

  • Menina, mulher. disse:

    Cheinhas? Essas mulheres são magras!
    As modelos atuais não são magras, são esqueléticas, não sei se a mídia quer passar para o público o ideal de beleza ou apenas pendurar roupas em cabides. Mulher bonita é mulher feliz e que se aceita do modo como é. A “moda” de hoje em dia é deixar todo mundo maluco, isso sim.

  • Denise disse:

    ameiiiiiiiiiiiii…sou gordinha e percebí que de uns tempos pra cá nós gordinhas estamos arrasando….claro que não devemos achar que devemos engordar muito mais,pois tem a nossa saúde,mas isso a gente cuida… O importante é saber que estamos sendo mais aceita pelo mundo…vejo as gordinhas na praia ,sem nenhuma vergonha de andar de biquini ou maiô…o importante é que somos felizes…
    E agora ver as modelos gordinhas lindas na passarela…uauuuu…eu mesma estou procurando agências pra mim seguir carreira já faz 1 ano…e logo eu vou conseguir….bjos

  • nathalya disse:

    adorei a ideia, só não gostei da maquiagem, as roupas maginificas,mas concordo q as roupas mto justas, mulheres com curvas não fica tão bem quanto um pessoa com um pouco menos de curvas(naturalmente magras não uma magras extremas), e também tem outros jeitos q ficar sexy com qualquer corpo
    :)

  • Mulher, menina. disse:

    Cheinhas? Essas mulheres são magras!
    As modelos atuais não são magras, são esqueléticas, não sei se a mídia quer passar para o público o ideal de beleza ou apenas pendurar roupas em cabides. Mulher bonita é mulher feliz e que se aceita do modo como é. A “moda” de hoje em dia é deixar todo mundo maluco, isso sim.

  • Paula disse:

    Acho até louvável a atitude de Mark, pois podemos ver no mundo fashion muitos episódios de anorexia, levando algumas modelos a morte. Porém, acredito no equilíbrio. Acho que para estar na passarela não é necessário ser extretamente magra, mas no caso destas fotos me passa a impressão de desleixo e descuido do corpo. Uma modelo deve estar impecável. É por isso que ela é chamada de MODELO!
    Conclusão: Nem 8, nem 80!

  • Maria Ramos disse:

    Melhor que as magras.. pelo menos tem alguma coisa para se ver.. as outras parecem um sequeletos ambulantes, pele e osso

  • kathy disse:

    Se um terço dos estilistas acordassem para realmente as melheres q vestiriam suas roupas, garanto que mais da metade da população de anoréxicas não existiriam… Uma coisa é emagrecer aos ossos, outra é ser magra com saúde! PARABÉNS A MASK FAST

  • Ya disse:

    Elas são horríveis! Fala sério… ridículas, as passarelas sempre deverão ser das magras!

  • marco cafiero disse:

    Acho maravilhoso essas modelos, uma vez que elas representam a grande maioria da população, ou seja, mulheres saudaveis.

  • CARLA ALBANO disse:

    até eu que sou gordinha estranho um pouco mas acho muito importante que as modelos representem mulheres mais normais para que a saúde passe a ter seu espaço respeitado acima de tudo. Vamos fazer roupa para uma mulher que existe de verdade!

  • lúcia disse:

    Cheinhas? Essas mulheres são magras!
    As modelos atuais não são magras, são esqueléticas, não sei se a mídia quer passar para o público o ideal de beleza ou apenas pendurar roupas em cabides. Mulher bonita é mulher feliz e que se aceita do modo como é. A “moda” de hoje em dia é deixar todo mundo maluco, isso sim.

  • Bruna Maia disse:

    Melhor que as magras que se parecem cm uma caveira ambulante..

  • Luciane Mozzer disse:

    Ufa!!! Já passou da hora de vermos a realidade feminina nas passarelas.Que desmorone o mundo de hipocrisia de magresa que faz a mulher chegar ao limite para conseguir um corpo magro, sem curvas e sem traços maternos. Como podemos fugir da nossa natureza???

  • santana disse:

    adorei a nova coleçao outono inverno, principalmente pelas modelos serem cheinhas, pois o comercio e os estilista esquecem que nem todas as mulheres tem o corpo de modelo por mais que tentem

  • Deise disse:

    Ótima iniciativa teve esse estilista, se todos adotassem esta idéia as mulheres poderiam respirar com mais tranquilidade e o mundo não seria mais escravo de uma beleza inventada. Mulher bonita é mulher que se valoriza e se aceita. Nada de magreza demais!!!

  • Amanda disse:

    Adorei a iniciativa desse estilista, pois hoje a ditadura da magreza dita regras as quais as pessoas ou seguem ou não são aceitas. Cada dia mais casos de anorexia e magreza extrema são vistos na busca de uma magreza que é imposta. Antes de qualquer coisa a pessoa tem que se aceitar e ter SAUDE!!!

  • Mirian Borges disse:

    Achei o máximo!!! Já era tempo de alguém valorizar as cheinhas! Nem por isso deixam de serem lindas e sensuais!!! APROVADÍSSIMO na minha opinião.

  • MARIA AMELIA disse:

    NOSSA!!!

    ISSO NAÕ E SER CHEINHA E SIM CHEIA DE GORDURA LOCALIZADA.EU TENHO 54 ANOS,NAÕ TENHO ESSAS BANHAS;APESAR DE SE CHEINHA,SOU BEM DISTRIBUIDA,,,
    BEIJOS
    MEL

  • Rayssa Foizer disse:

    Eu apoio essa escolha do casting mais cheinho, a mulher parece mais “real” com essas curvas do que muito magras e as roupas justas creio que seja para mostrar que são de verdade.

  • Alice disse:

    Acredito que no universo não existam só pessoas magras. É bem importante, também, ficar em alerta porque a nossa sociedade de referência mundial, ainda, EUA, estão com indice de obesidade infantil altissimo. Então…a sociedade é a realidade e, não um conto de fadas!!

    Grato, atenciosamente!

  • Pamella disse:

    Acho que a idéia de colocar modelos mais “cheinhas” pra desfilar é ótima, quebrar estereótipos e inovar é bom…
    Marcar curvas e excesso de peso é visto como algo feio, mas mulheres magérrimas e sem seio não? Bom, tudo depende do ponto de vista e do gosto, e por que não dar uma oportunidade para o que é “fora dos padrões”? A maioria da população é mais “gordinha” e penso que…fora o fato de fazer mal à saúde é bom ter um corpo arredondado. É ISSO AI Mark!

  • Beatriz Melo disse:

    Cara… dou muito valor… a grande maioria das mulheres não são anorexicas, se fizessem moda pra pessoas normais, garanto que venderiam muito mais também e ganhariam muito mais!!!

  • Edleuza maria Gonçalves e Silva disse:

    As modelos são bonitas, e seriam melhores evidenciadas se estivessem com uma roupa mais adequadas ao tipo físico delas. E sabemos que existem inúmeras roupas que fazem as cheinhas ficarem elegantes e bem vestidas!
    Nota 10 pela atitude e 0(zero) pelas roupas!

  • Eleusa disse:

    Até que enfim um estilista realista…a maioria da população mundial não é anorexia como dita a moda…e todas as mulheres indiferentemente dos padrões da moda precisam se vestir…a moda deve ser feita para todos. Há mulheres fantásticas, inteligentes e elegantes que não são magras como sugerem a maioria dos estilistas…eu naõ usaria roupas justíssimas se tivesse um corpo cheinho mas achei admirável e realista a iniciativa polêmica deste estilista.

  • Rosa Maria disse:

    Isso sim é o normal!!!!!! Até que enfim!

  • simone martins disse:

    Está de parabéns esta iniciativa! Nos EUA isto já é pensado faz tempo, pois a moda não é só para as magrelas, no mercado da moda, quem compra são as magras, as altas, as baixas, as gordas, as obesas, ou vai me dizer que quem compra o que se põe na moda, são só as top models?? Nunca se respeitou o mercado consumidor, ao contrário, com esse “padrão” de beleza imposto pelos estilistas, só fez foi afastar muita “cheinha” da vontade de andar na moda, pois estas nunca foram valorizadas, só causava mal estar e as desistimulavam e as faziam se sentirem ridicularizadas.
    Parabéns outra vez! Se pudesse dava um beijo em quem ousou a apresentar uma moda para a diversidade, sem exclusão!!

  • luciene tavares disse:

    acho q cada vez mais os estilistas deveriam promover os desfiles para as cheinhas,pois,isso ajuda no combate na loucura da magreza.

  • Laruska Mainardi disse:

    Adorei as cheinhas na moda..tbm sou uma delas e me sinto feliz em ver essa atitude.

  • Amei que começarama colocar mulheres com mais corpo, apesar que so mostra mulher barriguda, isso ainda não e padrão de mulher cheinha e sim que mulher com barriga, mas ja e um passo .

    Mil Beijokas

  • Adriana Leal disse:

    gente, eu apoio a evolução da moda, novos tecidos, estilistas ascendentes, e também apoio a mulher (ou o homem) usado na passarela como um produto da moda… mas não apoio a magreza. Porque ser magro extremo? é para mostrar a tendência da moda… e a moda é usado por todos… mesmo magra, baixa, alta, gorda…
    eu adoraria ver uma moda para a população…mas claro isso é utópico…
    a moda não é feita para a população e sim para uma elite… então… deixem estas magrelas doentes!

  • Izabela Dornelas Corrêa disse:

    Achei MARAVILHOSO, sou super a favor dessa moda mais democrática. Sou modelo há 3 anos e esse ano dei uma vacilada e subi do manequeim 34 para o 38, e graças a essa democracia minhas propostas de trabalho por incrivel que pareça aumentaram. Isso é a prova de que a passarela de Mark não é a única.

    beijinhos
    esse blog é MARAVILHOSO

  • cida disse:

    vamos valorizar nossas cheinhas maravilhosas.

  • Aline disse:

    Admiro a iniciativa do estilista, mulheres normais na parrarela nao deveria ser um assunto polêmico! E modelos sacrificando sua saude pelo “size zero” imposta nas passarelas não deveria ser normal! E anormal, também, são os profissionais que não conseguem fazer uma roupa que caia bem em uma mulher de verdade, com curvas, cheinhas ou gordinhas, chamem como quiser! Nada contra as modelos magras, claro, mas o importante é que saia a ditadura “size sero” e das modelos esqueléticas e entre sim… a ditadura da saúde!

  • É O MAXIMO ,POIS ATE QUE EM FIM SE VESTE PESSOAS NORMAIS,POIS OS ESTILISTAS DEVEM ADORAR CAVEIRAS QUE TAL UMA PASSERELA NO CEMTERIO HAHAHAHAHHHHHHH

  • Martha disse:

    Sou a favor de modelos gordinhas !! Acho bacana a idéia de que todas as mulheres podem se sentir bonitas da forma que realmente são !!

  • Fernanda disse:

    São até legais sim colocar modelos mais cheinhas, mas não com esse estilo de roupas, pois acentua mais suas curvas indesejadas. Se ele quer apostar em gordinho que faça um estilo próprio a eles. Um estilo que o corpo aceita. Só não foi muito legal isso. Não é que tem que esconder, mas também não precisa ressaltar.

  • Jessica disse:

    Adorei as modelos, pq quem sabe assim acabe este esteriótipo de que a mulher perfeita tem que ser magrinha, n pode ter um pneuzinho… isso td é fora do normal.

  • luiz alberto dascenzio disse:

    Poxa! ate que enfim alguem teve uma brilhante ideia de colocar mulheres de verda para defila, já estamos cansado de ver só mulheres magras em desfile, fazendo elas pensar que estão com tudo, temos que mostrar que temos uma variedade de mulheres elegante, independendo do corpinho que ela tem, espero que continuem com esta ideia. Eu acho uma falta de responsabilidade dizer que esta ou aquela é a mais bonita do mundo, onde temos uma infinidades de mulheres bonitas.
    obrigado pela oportunidade de me expressar.

  • De verdade? Elas não podem ser apresentadas como modelo manequim, pelo conceito que eu conheço modelo manequim é um cabide de demonstração na passarela! Modelos magras nunca vão ser substituídas por outras com curvas à mais!

  • dessa disse:

    nao existe isso … tem q ser magra !!! flw

  • angela disse:

    demorou pra alguem pensar nas gordinhas ,que sempre sofreram tanto por serem deixadas de lado,que isso sirva de exemplo pra outros e revolucione a moda .porque gordinha tambem é sexi e precisa se vestir

  • cleonice disse:

    anorexia e uma doença.que virou epidemia com esta mania de todas as meninas querer ser modelos.eimpossivel uma mulher de quase dois metros pesar 50kg.e doença sim.hoje não existem mais mulheres com curvas,ou parecem jogador de futebol de tanto musculo ou uns fantasmas de tanta magresa.loucura total!

  • solange disse:

    achei muito ousado ele foi muito corajoso e atrevido mais achei o maximo enfim roupa de verdade para pessoas de verdade….

  • salete de oliveira disse:

    Parabens pela ousadia e pela coragem de colocar modelos normais, num mundo onde a modelo da mulher é esta é nao a de esqueletos ambulante! gostei…amei e adoreiiii….

  • Cibele disse:

    Lindíssimas modelos.
    correspondem a mulheres reais, tipo fértil, que os homens gostam

  • Fernanda disse:

    Acho OTIMO e um bom exemplo, afinal quem vai vetir as roupas ? modelos Languidas ou pessoas NORMAIS ?

  • Regina Abrahão disse:

    Parecem pessoas normais… Porque tirando modelos e pessoas com distúrbios alimentares, geralmente as pessoas tem este tipo de corpo. Ou mais.

  • Andréa disse:

    Eu não estou vendo “modelo cheinha”… estou vendo uma mulher normal….
    Aliás, onde está a barriga dela ?!… muito bem !!!… Abraços.

  • Ana Claudia Vaz Battaglia disse:

    Showww!!!!
    Amei esse estilo de desfile!
    A vida é muito curta para que nos priivemos de prazeres como o chocolate e os camaroes fritos acompanhados de drinks coloridos e calóricos!!
    A magreza excessiva adoece!
    beijos deliciosos e uma boa mesa para essas lindas modelos!

  • Juliana Brito disse:

    Estamos tão acostumados a vermos modelos super magras, que a primeira impressão ao olhar essas imagens é de “espanto”. Entretanto, quando vejo a idéia de modelos mais cheinhas em eventos e roupas que são direcionados ao MUNDO MAGRO, sinto a ligação com o mundo real. A apelação para o corpo perfeito (magreza) é muito grande, mas é importante perceber que somos pessoas diferentes e que um evento como esse (Semana de Moda de Londres) abrindo um espaço assim, para os seres humanos normais, torna o evento bem mais democrático. Muito interessante a idéia do estilista Mark Fast.

  • sandra disse:

    Eu acho a idéa fantastica…porque esta mais para a mulher real….lol

  • Alice disse:

    Adorei…é hora de mostrar a verdadeira beleza….

  • GENIVALDA PEREIRA SIMAS disse:

    ACHO SENSACIONAL POIS A TODO TIPO DE CORPO NÃO IMPORTA O IMPORTANTE AE VOÇ~E SE ACEITAR COMO V0OÇE REALMENTE É

  • FLORA AZEVEDO disse:

    ACHEI ÓTIMO!
    ELE TÁ MESMO INDO DIRETO AO ASSUNTO. COLOCAR A CARA NUM DEBATE DESSES, NÃO É PRA QUALQUER UM NÃO. TEM QUE TER GARRA E MUITA ADRENALINA.
    ACHEI SUPER FASHION PORQUE AS GORDINHAS TAMBÉM SÃO MULHERES, E, COMO TAIS, NÃO MENOS INTERESSADAS EM ESTAR BONITAS E PRODUZIDAS.
    PRA SER MODELO, NÃO PRECISA SE DESCARACTERIZAR. TEM QUE TER, ACIMA DE TUDO, ATITUDE!
    PARABÉNS, MARK! “AUGURI! COMPLIMENTII!”

  • Jackeline disse:

    adoreii, acho que tem que ser assim mesmo, as pessoas ficam fanaticas pra ser algo, que so ira fazer mau a saude, os estilistas deveriam fazer isso, pois se os jovens os vê como exemplo, então que eles dê exeplos bons, é legal ter um corpo razoavel, mais também saudavel, isso é fundamental, a vida é uma dadiva que deve ser valorizada, e nada melhor que tais exemplos como estilistas para deixar isso prevalecer nas cabecinha jovens… (adorei essa materia) 😀

  • rapha disse:

    Shooow de bolas , muito mais bonito do que aquelas anorexisas ;*

  • Angelica disse:

    Achei o desfile muito criativo….e a iniciativa ótima,já está na hora de mudar o padrão de beleza!!!!!!!!

  • Miriam Belo disse:

    Uma atitude elegante!….

    Parabéns Mark!….

  • Celso Moessa disse:

    Acho uma excelente inciativa, afinal todos merecem um lugar ao sol, e essas mulheres hiper magras, nem bonitas são. Quase todos nós homens, na verdade damos preferência à mulheres que tem algo de bonito… E pontas de ossos jamais pode ser incluído no rol de algo bonito… Vamos falar a verdade, mulher que é mulher, tem que ter curvas e algo macio e sensual para ser tocado… Fala sério…!!! Celso Moessa, Goiânia

  • CRISTIANE disse:

    AS PESSOA ESQUECEM QUE O MUNDO NÃO E SO FEITO DE PESSOAS MAGRAS;MAS QUE TEM MULHERES COM DIVERSAS FORMAS;QUE TEM AS MESMAS CONDIÇÕES FINANCEIRAS QUE AS MAGRAS;EM MUITOS CASOS ATE MAIS. TEMOS QUE ABRIR OS OLHOS PARA A DIVERCIDADE DE FORMAS;AS BRASILEIRAS TEM MAIS BUNDA E QUADRIL,AMERICANAS MAIS SEIOS,ASSIM E O MUNDO NINGUEM E IGUAL;A MODA DEVE SER FEITA PARA TODAS.

  • Sueli Ap Ferrari disse:

    Parabéns…
    um grande viva para cheinhas….abaixo a magreza…

  • LiLa disse:

    Muito boa essa idéia, novamente realçando que moda é feita para todos os tipos e biotipos.

    Só uma resalva, essa modelo não é cheinha, se perceber bem pela roupa justa é um enchimento, mas ta valendo pelo menos mostrou a diferença.

    Moda sim, mas para todos e não para poucos!

  • Eloiza Santos disse:

    adorei pois valoriza o corpo das mulhres normais e todas as mulhres são mais cheinhas, sim com exeção das que se matam ter um corpo esqueletico adorei os modelos para mim ficariam perfeitos.

  • Marcia disse:

    Eu acho que estas modelos estão mais próximas da realidade do que aquelsas modelos que sofrem de anorexia.

  • nete disse:

    Acho legal essa idéia dele de colocar modelos mais cheinhas, afinal o mundo nao é feito só de magrinhas.

  • Alê disse:

    Interessante a iniciativa, mas achei as roupas desconfortavéis. As modelos parecem estar usando cinta modeladora, não acredito que quem estar acima do peso queira sair assim, tão aperdata.

  • Sandra disse:

    Acho ótimo, pois o marketing da magreza exagerada tem levado muitas mulheres a ficarem obsecadas por esse esteriótipo.
    Cada um na sua, lógico que obecendo ao bom senso e com muita saúde. O equilíbrio seria muito bom!

  • ronilda disse:

    acho isso muito bom,pois a moda não vive so de magreza.
    eu adorei a idéia pois temos que valorizar as curvas seja ela qual for.

    parabens

    nota 1000

  • As modelos são muito bonitas, so não concordo com as roupas, creio que se fossem justas mas não tão acentuadas, ficariam mais elegantes e charmosas.

  • Daniela disse:

    Vestir bem uma mulher linda e magra não é um desafio. Mas vestir bem uma mulher com corpo normal, mais ou bem mais cheinho… Isto prova a competência do estilista! ;”)
    Parabéns (mais um ano) ao Mark Fast!

  • Ramon Lima disse:

    confesso que prefiro as magricelas, tábuas… Cheinhas como essas modelos da foto tb está beleza ! O q n rola são essas hipopótamas que vemos por aí.

  • Raí Carvalho disse:

    Resposabilidade social no munfo fashon. Parabens!

  • rosane disse:

    adorei, as cheinhas são lindas e transmitem saúde. num mundo onde há famintos, passar fome por opção é até pecado, comer sem culpa, não demais, afinal a saúde está em primeiro lugar até pra quem tem comida pra comer, praticar exercícios, enfim ter uma vida equilibrada. Isto é o que os estilistas e suas modelos deveriam apresentar, pois servem de exemplo, que sejam um exemplo de saúde na hora de vestir ou cobrir um corpo saudável com suas criaçoes. Eu sou cheimnha, não obesa, com muita saude e feliz… é isso.

  • Marina disse:

    Ahhhh, não dá, né??? Modelo tem que ser magra. É claro que não estou me referindo as modelos esqueléticas, mas sim com corpo esguio. Você observa as roupas acima e tem a impressão que elas estão pequenas…Modelos magras e saudáveis, Foreverrrrrrr!!!!

  • José de Arimatéa Alves Nascimento disse:

    É isso ao meu camarada,
    Elas são0 lindas, e ganham de 10 as demais.
    Acontece que a moda feminina parece não sofrer influência da opinião masculina.
    Seguir esse padrão anoréxico, pode fazer com que as mulheres que possuem um corpo mais avantajado fiquem frustadas.
    A moda é para todas, e é claro que, em se tratando de vestidos, pode-se dizer que é algo comum entre todas as mulheres, respeitando é claro cada adequação ao corpo.
    Vc levantou uma bandeira de causa nobre, quebrando paradigmas e trasendo a oportunidade em condições de equilíbrio, uma vez que todas as muheres, possuem seu padrão de beleza, desde que reconheçam em si uma dose de vaidade e coloque a em prática.
    Imagine um homem poder imaginar sua amada gordinha ou boasuda dentro de um desses vestidos. Isso, com certeza, aumentaria a auto-estima de sua querida.
    Grato pela oportunidade de livre expressão.
    O caminho é esse.

  • Rejane disse:

    Essas modelos muito magras são horriveis,não sei quem diz a elas que elas são bonitas.
    Essas são bem melhores

  • dinho disse:

    Acho otimo, fazer uma roupa cair bem em uma mulher magra é facil , e a maioria das mulheres não esta no padrão de modelos, acho até coerente os estilistas mostrarem que a moda que eles produzem atende a mulheres fora do padrão da moda e dentro do padrão da realidade das ruas, que é um mercado muito maior do ponto de vista de negocio, ponto pra ele.

  • Danielle disse:

    Acho ótimo pois o mundo de hoje esta cada vez mais dificil você vê mulheres magras,tem que apostar nessa ideia e dou total apoio,tem que colocar as cheias para desfilar mesmo ameiiiiiiiiii

  • acho mais do que normal,tem tantas cheinhas lindas e essas magrinhas se prestarmos muita atenção parece que estão doentes.

  • Pa disse:

    bonitas e saudáveis.

  • Amei as modelos e é ai q começa os tal debates de todos,para mim nao precisa ser MAGRA pra usar a moda,no existe apenas ume stilo existe varios,cada um é uma pessoa diferente,e todos devemos ser aceitos em todo o lugar,o mundo de hj so tem rouaps para pessoas q usam G,P,M,E se nao existi roupas menores q essas,eu amei as modelos dele sem conta q os looks dele sao fabulosos.
    I LOVED.
    KISS BYE

  • Lara disse:

    Achei legal e uma proposta interessante e sem preconceitos, porém não precisava desse exagero de roupas tão justas nas modelos, que ao invés de valorizar arredondou mais as formas dando a impressão de estrangulamento e desconforto.

  • JACQUELINE BATISTA disse:

    Eu concordo em não ter tantas modelos magras, anoréxicas. Mas essas cheinhas não precisam ser quadrada, sem cintura para faezr o padrão ao contrário. As mulheres brasileiras por exemplo, tendem a ser encorpadas, curvílineas. Isso sim deve ser respeitado.

  • MARCIA disse:

    SOU ACIMA DO PESSO , E NAO CONCORDO COM MODELOS MAJERIMAS , MAS ESTAS NAO TEM CORPO PARA PASARELA EXISTE MULHERES CHEINHAS COM CURVAS E CORPOS BONITOS.

  • angela disse:

    Pq nao puseram modelos charmosas ou bonitas?
    Gordinhas podem ser charmosas, bonitas e ele_
    gantes. As das fotos nao vao vender nada.

  • ODETEALVESLIMA disse:

    qUANTO AO DESFILE DO
    ARK ACHO QUE AS GORDINHAS TAMBÉM TÊM VEZ. sÓ QUJE ESSAS AÍ ESTÃO MHTO FORA DE ESQUADRO.

  • Cris disse:

    As medelos são ótimas e completamente normais. As criações de Mark é que estão deixando a desejar e cá para nós, não sei se ele não fez essas roupas usando mulheres mais cheias para as suas criações, propositalmente e com a intenção de desvarolizá-las. As roupas estão feias e as modelos poderiam ser muitíssimo mais aproveitadas, mas enfim… Cada doido com as suas criações!!!

  • Anna Luiza disse:

    Perfeito… afinal não existe mulher normal como aquelas modelos esqueleticas de passarela…

  • celia disse:

    amei….adorei…vibrei…torci para que se torne realidade

  • maria Ely disse:

    Com certeza este estilista tem visão…
    Hoje existem muitas mulheres cheinhas e até obesas que cuidam da aparência e gastam fortunas em cremes antidade, em roupas ( por sinal caríssimas pois tamanhos GG são o triplo do preço daquelas P, M ou G) em cabelereiros..enfim hoje elas são a fatia GG do mercado!

  • Tatiane Alves disse:

    na minha opinião as modelos estão muitos cheinhas, e o modelito do estilista ficou fora do padrão.
    pra mim a modelo tem que ser magra, pois dar maior valor a roupa. acho que dependendo do estilo da roupa ai vale uma modelo cheinha mais nesse estilo está feio.

  • ricardinho disse:

    eu vo nessa loira….

  • Cadu disse:

    acho maravilhoso !!! tem que ter sempre isso ! gordinhas tbm podem ser bonitas e expor as coleções como qlq outra modelo.
    beautiful !!!!!!!!!!

  • Achei legal a atitude desse modelista,pelo menos alguém lembrou que nós do manequi 46 existimos.E vocês da midlía deveria apoiar essa atitude.Porque existimos para também vestir roupas.E obrigada MARK FAST ,Sônia

  • Maria Cosmo Al Ghamdi disse:

    well… lets say that this is what you really see in the real life!! great! I liked.

  • iza disse:

    Há roupas e roupas e “cheinhas” e cheinhas… Acho pessoalmente que as primeiras fotos mostram roupas um pouco marcadas, roupas que ficariam melhor em alguem mais magro. Mas a ultima foto mostra uma moça “normal” e ficou ótimo o look. A moda deveria ser para todas, inclusive para as mais gordinhas. Tomara que hajam mais iniciativas do gênero.

  • JESSICA disse:

    ridiiiculooo!!tudo bem nao ser magerrimas
    mas isto é um absurdo
    odieeiii

  • ALESSANDRA disse:

    SOBRE ESSE ASSUNTO ACHO QUE TODOS DEVEM TER O ESPAÇO NA MODA SOU MODELO HA ALGUM TEMPO JA TENHO UM CORPO MEDIANO MAS PELO FATO DE QUE NAO TENHO PROBLEMAS NENHUM COM COMIDA POSSO ME ALIMENTAR NORMALMENTE E NAO APOIO NINGUEM FICAR SEM COMER ISSO E SUPER ERRADO ,E ELAS MELHORARIAM SE ESTIVESSE COM ALGUMAS EXPREÇOES DIFERENTES
    ESTAO CO UMA CARA DE MORTA CANSADA

  • soraya disse:

    elas são magras, só não são anoréxicas!
    são bonitas e se aproximam mais da mulher comum, além de serem um exemplo mais saudável pras meninas que acham que moda importa alguma coisa.

  • Sarah Lopes disse:

    Adorei esse desfile, sao as modelos mais proximas da realidade das mulheres “do dia-a-dia”. E com esse tipo de desfile teremos adolescentes e jovens menos preocupadas com beleza fisica, pois muitas adolescentes tem as modelos como referencia. Diminuindo entao essas “doenças da magreza”

  • Adorei o fato de ele colocar modelos mais cheinhas para desfilar afinal a moda é feita pra quem? Pras consumidoras que vivem o dia dia de correria e não vivem para o corpo ou para os esqueletos que ganham fortunas pra desfilar seus modelos? Ele está no foco certo!

  • ALESSANDRA disse:

    SOBRE ESSE ASSUNTO ACHO QUE TODOS DEVEM TER O ESPAÇO NA MODA SOU MODELO HA ALGUM TEMPO JA TENHO UM CORPO MEDIANO MAS PELO FATO DE QUE NAO TENHO PROBLEMAS NENHUM COM CIMIDA E ELAS MELHORARIAM SE ESTIVESSE COM ALGUMAS EXPREÇOES DIFERENTES
    ESTAO CO UMA CARA DE MORTA CANSADA
    ALGO ASSIM.MAS FORA ISSO NAO TEM NENHUM MA.

  • Lumaa disse:

    é Legaal ,isso ajuda um pocoo sobre as doençaa de hoje em dia Anorexia e Bulemiaa
    ‘Até que ela ficaram boas oeioeieoieoeio

  • mayara disse:

    elas são magras no rosto mas tem corpo quadrado, pelo menos tinham que ser proporcionais.

  • ayanne disse:

    eu acho bem criativo…tipo,deveria exibir + a beleza de uma mulher + cheinha,tipo,as penas, bumbum,entre outros,(nd contra as magrinhas..eu sou bem magrinha)+ de forma q a beleza se acentue dos 2 lados,msm sendo vista de diversos angulos…

  • Waneska disse:

    Sinônimo de beleza é a magreza? Pois bem, na sociedade em que vivemos, é. Creio que sejam fases, pois me lembro bem de que a algum tempo, a beleza estava em mulheres que tinham ‘corpinho violão’. E na época dos famosos quadros, eram todas mulheres ‘cheinhas’.
    Pois bem, essa moda de mulheres esqueléticas tem feito mal a diversas jovens, digamos que até mesmo a mim. Meninas de 17 anos devem ter manequim ’38’… Enfim, creio que as mulheres devem da valor a si, próprias e mostrem o que tem de melhor independentemente do seu manequim,claro com moderação, porque tudo que é demais fica feio.
    [ Sim, concordo com o Mark, e acho super interessante esta ideia, que é um tanto quanto inovadora no mundo da moda ]
    Enrolei um pouco mas está ai…

  • Mariana Souza disse:

    Talvez Mark Fast tenha feito isso só pelos olofotes, mas eu achei otimo! Essas modelos não são gordas, elas tambem não sao esqueleticas. Tenho certeza que são saudaveis e estão dentro do IMC delas então por que procurar defeitos? Esta certo que as roupas das passarelas ficam melhores em cabides do que em mulheres de verdade, porem essas roupas são feitas para mulheres reais! Mais doque o estilista, essas mulheres estão de parabens pela coragem de disafiar o padrão das passarelas

  • Daniela Lemes disse:

    Adorei a idéia. Afinal a passarela é a que mais influência a magreza!

  • TANIA MARIA FERRAZ CONTRIM disse:

    Elas são lindissimas sem mostrar so ossos e roupas, mostraram o que a mulher brasileira tem de melhor, curvas, curvas lindissimas

  • carla disse:

    Nada contra as “cheíinhas” e sim contra a roupa apertadérrima,

  • rosa disse:

    achei sensacional!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Marina disse:

    Cheinhas? Nem tanto. Saudáveis !!!!

  • Jovianny A. Sierascky disse:

    Estou aplaudindo de pé, por Mark ser autêntico em enfrentar todo preconceito que ainda existe no mercado da Moda, da maneira em que esta notícia está repercutindo em toda Mídia parece que as modelos “Cheinhas” são seres de outro planeta, está mais do que na hora de outros estilistas tomarem como exemplo esta iniciativa, principalmente no Brasil, pois mulheres com curvas e reais também são consumidoras, e tem mais a Semana de Moda de Londres não teve só este Desfile, mais acredito que será o mais Lembrado da temporada…

    Obrigada.

    Jovianny – Modelo Plus Size a 2 anos.

  • Paula disse:

    Acho ótimo que um estilista tenha pensado em mulheres mais cheinhas, só vejo nas lojas e nos desfiles das grandes marcas modelos magérrimas, quando a maioria da população feminina no mundo esta fora do peso. Esta na hora de mostrarmos que não apenas existimos como também que somos a maioria. Obrigada Mark Ast. Paula

  • Ana Laura disse:

    Acho que as modelos muito magras estabelecem um mau estereótipo de beleza (muitas garotas tentam ficar magras iguais a elas, o que para algumas é impossível por causa da genética, ou qualquer outra cosa) e então quiseram mudar, colocaram modelos mais cheinhas.. Mas ela são MUITO cheinhas.. O que gostei desse desfile foi que as modelos não são magérrimas mas não são gordas.. elas têm um corpo comum, o mais encontrado entre as mulheres, e isso além de fazê-las se sentirem melhores consigo mesmas mostra as roupas como vão ficar em corpos normais. Adorei.

  • Catharina disse:

    Elas não são cheinhas, são normais. As roupas é que são feias demais.

  • cinthia disse:

    Uhuuhhuuuulll !!!
    Alguém percebeu q no mundo a mais cheiinhas do q magrinhas…

  • Patricia disse:

    Gente, eu acho o maximo isso de usar modelos mais cheinhas. A roupa fica bonita do mesmo jeito e o desfile fica mais humano, mais proximo da realidade das mulheres.

  • carmem lucia disse:

    LEGAL ESSAS MODELOS MAIS CHEINHAS AFINAL OS ESTILISTAS ATE QUE ENFIM ESTAO FAZENDO MODA PRA MULHRES NORMAIS, POIS OQUE SE VE E SO MUITO OSSO A MOSTRA QUANDO SABE-SE QUE MULHER CHEINHA SAO AS PREFERIDAS DA MAIORIA DOS HOMENE!!E ISSO AI VALEU MUITO

  • sumaia disse:

    Não tem nada de mais em aparecer gente comum na moda,pois gorgura não e problema……………..

  • regina candiotto disse:

    eu achei ótima essa idéia de as modelos mais fofas também terem sua vez nas passarelas.
    esta história de que modelo tem que ser esquelética não está com nada.
    adorei!!!!!!!!!!!

  • Maritânia disse:

    Acho o máxiomo,dos máximos ,sendo eu apaixonada por moda adorei o desfile não tão casual mas com qulaidades que deveriam ser valorizadas ,pois elas estarem um pouco acima do peso não representa uma saúde debilitada,mas ao contrário com uma saúde desejavel e digna d eaceitação.Já está na hora de tiramos esse tabu sobre beleza é magreza!Com louvor a atitude do estilista!

  • Daniele disse:

    Adorei!!!!!!Temos que levar em conta que Brasileiras ñ tem nada de magrinha,somos perfeitas ,cheia de curvas e merecemos que isso seja notado.Prabéns pela materia muito boa!!!Bjs

  • Fatima disse:

    Amei por que a moda não é uma relidade somente para as modelos magras, mas Também é uma realidade para os pessoas normais(que não são modelos) que são as que mais consumem.

  • Laura disse:

    Sempre sonhei em trabalhar com moda, – aliás, Lilian, invejo muito seu trabalho! HAAHA – mas sempre achei que moda tem que ser feita pra todos, senão vira apenas mais um meio de poucos. Se a maioria não tiver acesso, simplesmente não haverá interesse. E sem o comercial nada no meio se sustenta. Tem que fazer roupa pra gente, todas as ‘gentes’. E é isso. 😀

  • J Cabral ! disse:

    Nada contra as meninas cheinhas, pois o mundo é Normal. Mas ser modelo é apenas um Imaginário, pois a moda das passarelas quase nunca vai pras ruas. E falando de estética, as cheinhas não embelezam as roupas na passarela, ñ passam aquele sonho de moda…pois a passarela não é vida real !!!

  • jaque disse:

    não tem jeito, as magras vestem melhor as roupas, mesmo sabendo que nossa realidade são mulheres mais cheinhas ,fica muito feio gordurinhas aparecendo, não valorizam as roupas nem transmitem elegância

  • Eliane disse:

    Acho que pra ser modelo não pode sobrar nem faltar nada. Afinal são “modelos”, aquilo que a gente quer copiar.

  • crislaine disse:

    eu achei ótimo esse disfile com mulheres ñ tão magras isso sim é uma coisa boa na moda pois muita mulheres chegam a ficar 2 a 3 dia sem camer para ficar magra com esperança de ser modelo um dia …..
    isso é ótimo pois prova qui ñ só as magras tem direto de disfila mais sim tambem as mulhers mais saudaveis …

  • maria rosa almeida disse:

    Maravilhoso!!!!!!!! Viva as mulheres normais, abaixo as anorexicas!!!

  • Cristina Souza disse:

    Só achei que não precisava delas estarem com cara de quem está de mal com a vida!!!

  • gabriela disse:

    eu axei otima ideia,mas contra anorexia,pq esta certo q devemos fazer campanhas contra a magreza exexiva,mas vamos combinar nõa tem nada a ver fazer desfiles de modas com coleções deslumbrantes com pessoas digamos assim acima do peso ou com um pouco mais de “carne”,as roupas nas modelos magras ficam mais “explicitas”dão um pouco mais de impacto junto com o carão q na minha opinião cai muito melhor nas pessoas mais magras.

  • Leize disse:

    Acho mque é uma ótima aposta, afinal elas também tem o direito de serem bonitas, desfilarem mostrando charme, competencia, ,beleza, há gosto a tudo,e há mulheres bonitas mesmo fora do padrão de beleza, exigido pelo mundo da moda.
    Parabéns a ele por continuar persistindo na idéia.

  • Rose Tavares disse:

    Lindo!!! mulheres reais, no Brasil não existe só mulheres tipo “modelo” e as mulheres querem ve na passarela algo que de identifiquem, simplemente maravilhoso!!!!

  • Sandru disse:

    Demorou pra algo desse tipo acontecer!
    O mundo é das gordinhas e, será essa a tendencia.
    Agora, cabe o restante do pessoal (mulheres) se concientizarem sobre e, vestirem a camisa (ou tirarem).

  • Dalila disse:

    Muito bom!!!

    As modelos são lindas…Chega da ditadura da magreza, de mulheres pálidas, esquálidas, famintas…

    As cheinhas são lindíssimas, esbanjam charme, saúde e rostinho corado…rsrs
    E, reparem… quanto mais cheinhas, mais lindo fica nosso bumbum!

    Adorei…

  • Cinelle disse:

    Achei o máximo!!!

  • Gabrielle disse:

    Acho isso uma coisa boa, pois não existe só pessoas magras no mundo, tem que se mostrar estilos para pessoas cheinha e até com excesso de peso como é o caso das gordinhas, muitas vezes o que fica bom em uma magrinha não se adequa a uma pessoa mais forte.

  • Larissa disse:

    Adorei a iniciativa! O mundo precisa entender que a beleza é relativa, está nos olhos de quem vê! Que cada um é belo ao seu modo, e o padrão de beleza, varia do gosto de cada um!
    Bonito é ser quem é, e não se curvar a uma ditadura carregada de preconceito para com aqueles que não se “encaixam” nela!
    Viva a diferença!!!!

  • Até hoje não entendi porque as modelos tem que ser tão magrelas, se na verdade nos homens gostamos mesmo é de popozuda, pernas groças e peitões!! gostei das modelos que desfilaram na passarela de Mark Fast.

  • sonia oliveira guimaraes disse:

    Achei muito bom,nos mortais com manequim 46 parece que nâo existimos no mundo.Só os esqueletos ambulantes que todo mundo acha que é normal.Esse povo que diz ditar moda parece na verdade eles odeiam as mulheres, e engraçado é que muitas mulheres acham chique e lindo pode uma coisa dessas?As mulheres deviam era repudiar um desfile desses,nâo aplaudir.Concordam ou nâo? ^Sõnia~.

  • Laura disse:

    Adorei, isso tem que mudar mesmo! E logo! Senão as meninas da minha idade (17) vão continuar surtando e a gente só se sente cada vez mais pressionada e excluída… E pra quê? Pra quê inventar preocupações extras? O importante é ter saúde, e parece que ninguém liga mais pro essencial. Chega a ser ridículo. Está na hora de ser mais coerente, né?

  • MOREIRA disse:

    Lindas mulheres, vestidas com inteligencia e bom gosto.

  • Aline barbosa disse:

    Acho otmo isso, nem todas as modelos tinha que ser exageradamente magra, ou alta.
    Eu mesma quero ser modelo, tenho 13 anos e 1m e 60cm, sou de Campo Grande MS meu sonho,
    mais ainda acho que nem todas tinha que ser tão altas, Beijos de Aline Querida.

  • Mis disse:

    A magreza das modelos não representa a nossa realidade, o nosso dia-a-dia. Não nos identificamos com elas, logo, não podemos usar aquelas roupas. Todos sabem que essas modelos chegam a passar fome, e quem tem condições de passar fome quando precisa ralar 8h por dia, arrumar casa, cuidar de criança, ir ao super mercado e etc?

  • maria rocha disse:

    eu acho legal,mulher muito magra n e sinonimo de beleza.

  • Jorge Costi Knoll disse:

    – Porque as cheinhas não teriam vez? Elas são mulheres que nem as outras, e tb tão bonitas que as outras ou mais, e ainda com a vantagem de não serem secas, e ter onde agarrar, além do que o sexo é bem mais gostoso, e não tem aquele ossinho para tar batendo. Que o mundo seja das cheinhas também.

  • Dario disse:

    Belas modelos e roupas que costumamos ver mais comummente na rua, com certeza uma otima ideia, pois com certeza a população do mundo não e magra como as passa fome destas modelos atuais, pra quem e feito a moda? posso garantir que não e só pros gatos pingados que imaginam todo mundo esqueletico o que com certeza não é. Viva as modelos cheinhas!

  • sandra clentino disse:

    as mulheres magras sofrem muito estar de parabens esse estilista,,,,, a moda é feita pra uem se ama e curte tudo q melhor lhe cai bem,,, adorei foi sho de bola

  • Luiza disse:

    Agora sim…
    Concordo em ter modelos mais cheinhas..
    Pois estão mais perto da realidade. Estão mais proximas de serem mulheres saudáveis.

    Adoreiii

  • Adriana disse:

    Achei genial pelo respeito que ele aparenta ter pelas mulheres cheias ou gordas. Toda mulher tem charme, elegancia e beleza, e nós não ficam de fora… poderia dar uma sugestão? Não tenham medo de chamar de gordas ou cheias, acho que o que inibe e diminue é a palavra em diminutido que essa sim, denota preconceito e medo em chamar de gordas ou cheias…nós somos e nos amam assim mesmo…que sirva de exemplo ao hipócritas…

  • nathalia disse:

    Eu mesmo sendo bem magrinha, achei lindo! Lindo mesmo! Ha se todas as cheinhas aderissem a esse estilo! Importante mesmo é se vestir bem. Ta aí a prova.

  • elisangela disse:

    A idéia é excelente. Induziria as pessoas a terem melhor aceitação de si mesma e diminuiria com transtornos alimentares e a obsessão pela busca de um corpo perfeito. Infelizmente, essa idéia é só para pessoas inteligentes. Afinal, o que seria do mercado da moda, indústria da beleza, revistas, a mídia em peso que fatura milhões impondo um padrão de beleza inatingível se as pessoas estiverem felizes como são?

  • Jorge Luiz Barcellos Barbato disse:

    Os estilistas usam as mulheres como cabides e esquecem de confeccionar números maiores para que as fofinhas possam andar na moda

  • bruna disse:

    eu achei otimo , pois todo mundo tem q

  • carla disse:

    As cheinhas são muito mais bonitas de se ver….na verdade sao mulheres normais….muito mais bonitas do que essas anorexias que parecem mulheres doentes…..

  • Luciana Romagnoli disse:

    A moda deve ser usada para valorizar nossos pontos fortes e nos deixar mais bonitas.Não sei qual foi a intenção do estilista,mas uma roupa que deixa tantas marcas no corpo não ajuda em nada a nos sentirmos melhores com a nossa aparência.E isso serve para cheinhas ou magrinhas…

  • Gloria Grasseschi disse:

    Adorei….esse conceito de so ser fashion as modelos magras ja esta bem ultrapassado!!!
    Simplesmente fantastico!!!

  • Isis disse:

    eu achei super bacana,a ideia de também valorizar a cheinhas também,enfim…mas acho que as roupas poderiam ser mais favoráveis ao corpo destas modelos cheinhas,pq as roupas estão destacando as ”imperfeições” do corpo delas,tipo, teria que ser um numero maior.

  • EROTIDES DOS SANTOS DE ALMEIDA disse:

    EU ACHO LEGAL ASIM AS MAIS CHEINHAS SE SENTE AVONTADE NA HORA DE ESCOLHER SUAS ROUPAS .

  • Bruna Torres disse:

    Eu achei estranho pk aff meu os vestidos estão marcando a cintura a outra tem o braço todo pelancudo estranho feio de se ver prefiro as modelos mais magras pk as roupas ficam peerfeitas

  • miguel disse:

    lindas,maravilhosas,esta moda devia pegar,pois modelos pareçem q estao dontes,sempre tao magrelas….parabes a ele

  • Nívia disse:

    São mulheres normais! São elas quem vão comprar essas roupas e usar nas ruas. Não adianta fazer um desfile só de mulheres magras, se quem usa são as cheinhas.

  • Thani disse:

    Muito boa esta ideia!!! Temos que valorizar o que a mulher tem de mais bonito que são as curvas e cá para nós, quem gosta de osso é cachorro, concorda? NOTA MIL para este estilista!!! Ponto para ele que sabe valorizar A MULHER!!!

  • Jessica Silva disse:

    Ainda acho que o padrão das passarelas deve ser mantido, e se vai usar modelos mais cheinhas tentassem pelo menos amenizar a marcação da meia calça abaixo do busto e no culote, assim tá triste :(

  • Vasti disse:

    Tudo bem que deve ter desfile de gordinha, mas não tão ridículo marcando todas as gorduras da modelo.
    Simplesmente ridículo essas modelos com essas roupas estourando, acho que não leva a nada, sou gordinha e não consigo me ver nessas roupas, assim ninguém vai querer ser gordinha.

  • Mirian disse:

    Very good. Parabens pela iniciativa. Assim eu posso me imaginar nestas roupas.
    Obrigada,
    Mirian

  • edna disse:

    Parabéns !!!!!!! pela grande coragem de quebrar este tabu!!!! tem que ser esqueletica para desfilar..nada disso … a geração tem que ser saúde……….. parabéns de coração…

  • cristiane disse:

    as roupas estão extremamente apertadas, mas pelas saboneteiras das meninas, eu é que estou gorda.

  • Raissa disse:

    Achei legal esse projeto.

  • neide baia disse:

    adorei saber que existe estilista com consciencia de que modelo não tem que ser tão magra com aparencia de doente, e sim saudavel e mostrando que a beleza da mulher não tem medidas, mais glamour.

  • TERESA disse:

    ACHEI O MÁXIMO MESMO SEM ENTENDER DE MODA!!!!!!!!!!!!!!!!AS PESSOAS ESQUECEM QUE PARA SE VESTIR BEM NÃO PRECISA SER ESQUELÉTICA.

  • Eu acho bacana essa iniciativa, pois eu trabalho com moda há 8 anos, sei como é lidar com modelos anoréxicas, e que a recuperação é muito complicada. Achei muito interessante esse incentivo, e aprendi que magreza não é sinal de saúde.

  • Jessica disse:

    Ainda acho que os padrões nas passarelas devem ser mantidos, se vão usar modelos mais cheinhas podiam pelo menos amenizar as marcas das meias calças com alguma cinta, essa barriguinha e o culote marcados ta triste.

  • Fabi disse:

    Bacana! Seria bom se outros estilistas fizessem o mesmo. Chega da ditadura de meninas-bambú. Viva a diversidade!

  • Heloisa disse:

    as roupas ficaram beeem ruins =\ tudo bem que nao precisava ser modelos aparecendo os ossos, mas marcando assim a roupa quem compraria ??

  • Danilo disse:

    NÃO GOSTEI DAS CHEINHAS… PREFIRO AS MAIS MAGRAS…

  • clarissa fernandes borges disse:

    engraçado elas tem rosto de modelo , heheh
    ********achei que o que estava errado na passarela foram as criações dele mesmo, pq elas estavam sem acessórios, as roupas tb nao eram femininas. >>>> beijo :*

  • ana rocha disse:

    Achei genial! Essas mulheres são reais, são como cada uma de nós, mulheres normais! Beijos para todas nós!

  • Ana Carolina S. Alvarez disse:

    Amei! Nunca segui nenhum padrão, uns por não ter outra escolha, outros por opção. Viva o eclético!

  • Caroline Swington disse:

    A moda foi erroneamente criada com biotipos magros. Sendo que no mundo real não existe só pessoas magras, existem pessoas cheinhas, baixas, gordinhas.
    Parabéns ao estilista Mark Fast. Brilhante iniciativa.

  • ana paula rodrigues disse:

    nossa!!! achei as modelos lindas … apesar d nao serem magérrimas, sao lindas…. e éh isso ai vamos tentar acabar com essa onda d anorexia!!!!

  • odete disse:

    Acho que mark esta com toda a razão a midia cobra muito das modelos, e não só delas da mulher no geral, com comentarios sobre seu corpo ou coisa parecida. Para que a mulher seja bonita e carismatica nao precisa ser esqueletica.Já passei por uma situação com minha filha em 2004, quase a perdi tudo por causa de um comentario bobo de alguma amiguinha. coisa que todos deveriam repensar em fazer, pois qualquer um esta sujeito a ser uma pessoa mais cheinha ou até mesma obesa, sem querer, e isto não a ajuria nada. A não ser deixa-la com uma depressão profunda, sem querer nem se ver no espelho. Como o que aconteceu com minha filha. Não desejo a ninguem o que passei, e pesso a todas as mocinhas e mulheres, que se aceitem como são, sem relaxar é claro, mas que não deixem que comentarios como este tomem conta de si mesma.Que deem valor pra sim como são e se valorizem mais. Pois o corpo não é tudo, e sim apenas uma parte de nós precisamos cuidar bem dele sim, não acabar com ele.

  • Eduardo Lobo disse:

    Apoio 100% esta tendência por 2 razões: a primeira pela possibilitar de acabar com a tirania da magreza extrema, tão nociva às modelos (e confesso, tão sem graça aos olhos de homem). A segunda razão é o enorme prazer de ver mulheres de verdade, bonitas, deliciosas de corpo com curvas maravilhosas.
    Viva!!

  • Ramona disse:

    Essas não estão cheinhas,estão bem acima do peso,gordinhas mesmo,acho que assim não é desfile,é performace!

  • barbara disse:

    eu acho q nao teve nada a ver.sao modelos . e que que tem modelo ser gordinha???
    isso é um perfil que a sociedade aceita como modelo.eles pensam que modelos tem q ser magra.nada a ver. nao concordo;

  • sil disse:

    Não que eu seja contra essa atitude, pelo contrário sou extremamente a favor, mas existem outras formas de mostrar que a modelo é menos magra sem desvalorizar o seu corpo com essas roupas muito justas. Ou seja, deveria haver uma maior valorização na beleza natural dessas modelos e não exaltar a questão de elas serem mais “cheinhas”. Deveria se sugerir roupas que realmente caiam bem no corpo delas.

  • daiaana disse:

    e muito bom isso pra tirar essa coisa de ser magra e ser bonita e iss nao e verdade!!!

  • Ligia disse:

    Acho a ideia excelente e principalmente por morar em Londres e saber que os tamanhos mais popular aqui é o que corresponde ao tamanho 42 2 44 no Brasil.

  • Raissa disse:

    oi eu gostei desse comentario :)

  • Achei mto legal. São mulheres reais. Isto sim que deveria estar sempre mostrado nas passarelas e não esqueletos humanos.

  • Hiranilda Matos disse:

    Maravilhoso, afinal existe gosto pra tudo. Além do mais, onde está registrado que ser magro,e sinônimo de elegância. Parabenizo o estilista, pelo bom gosto, pela falta de preconceito, e acima de tudo, pela coragem de enfrentar este desafio. PARABÉNS.

  • Maria paula disse:

    acho que é legal pq afinal de contas é desfile de moda=roupa,então o que importa é a roupa não o manequim então acho muitoo legal não que tem colocar mulheres MUITO cheinhas mas tmb poderia ter mulheres assim com esse manequim :) e tmb quando tem esses tem esses tipos de modelos não precisaria ficar chamando-a de ”CHEINHAS” quando é as meninas magras não falam as ”magrinhas” ok muito obrigada pela oportunidade pra comentar sobre.

  • janaina disse:

    Acho que já estava ficando tarde para estas mudanças acontecerem. O fato das roupas ficarem justas é apenas para chocar. Quando não for mais novidade o estilista provavelmen