Um ícone japonês no coração de Paris

PrevNext
Divulgação
Figurino masculino dos anos 80 para teatro kabuki, direto do acervo da companhia Shochiko
PrevNext
Divulgação
Quimono dos anos 40, que também estará exposto na Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent em 2012
PrevNext
Divulgação
Junto de 34 looks, fotos e amostras de estampas como essas, dos anos 70 e 80
PrevNext
Divulgação
Quimono feminino dos anos 90
PrevNext
Divulgação
Outro figurino feminino, dos anos 70, usado em espetáculos kabuki
PrevNext
Divulgação
Esse aí é dos anos 60
PrevNext
Divulgação
Acessórios dos anos 2000: sombrinhas, sandálias e leques também fazem parte da expô

A embaixada japonesa na França e a Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent anunciaram projeto em parceria pra 2012. É a exposiçãoKabuki – Costumes du théâtre japonais“, que leva pra Paris uma seleção de 34 looks que pertecem ao figurino da companhia Shochiku, uma das especialistas no tipo de teatro que mistura canto e dança com expressão vocal e corporal muito particulares. Além dos quimonos incríveis, estarão expostos acessórios, estampas e fotos, além da exibição de vídeos das performances.

O kabuki existe desde o século 17 e foi anunciado como um dos patrimônios imateriais do mundo pela Unesco em 2005. Esta é a 1ª expô totalmente dedicada a ele na capital francesa. Com curadoria de Aurélie Samuel e cenografia de Christophe Martin, ela acontece entre os dias 7/03 e 8/07 – ou seja, quem estiver por lá pra Semana de Moda de Paris consegue fazer uma visita!

“Kabuki – Costumes du théâtre japonais”
De 7/03 a 8/07/12, de 3ª a domingo, de 11h às 18h
3 rue Léonce Reynaud, 75116, Paris
Informações: +33 (0)1 44 31 64 31
Ingresso: 7 euros

VEJA AINDA: A exposição que homenageou a Rive Gauche de YSL
LEIA MAIS: Paris anuncia datas e aumenta confusão entre as temporadas gringas

Tags:                    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Comentários via Facebook

Comentários (1)

  • JOSE AUGUSTO BICALHO disse:

    Gostaria de estar lá vendo esta amostra do KABUKI.. Sei q não verei ao vivo e a cores pois voltei de lá agora….Onde o P.Bergé põe a mão só sai coisa muito boa……Voilá…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas