Outro alvo da Receita no mercado de luxo

ReproduçãoFranziska Hübener

Daslu 3? Após os casos de Eliana Tranchesi (que chegou a ter prisão) e Tânia Bulhões (ainda em investigação), uma força tarefa da Polícia Civil e da Receita Estadual de SP realiza busca na loja de Franziska Hübener no shopping Iguatemi hoje. A acusação, como nos outros dois casos, é de ordem tributária contra uma marca de luxo. O prédio onde funciona o escritório da grife também é foco da busca.

Franziska Hübener é designer e batiza uma marca de bolsas e sapatos. A loja funciona desde 1982 no shopping.

Tags:          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Comentários via Facebook

Comentários (6)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas