Coven – Fashion Rio outono-inverno 2011

Márcio Madeira/ First View

Chanel suja. Chanel punk. Chanel grunge. Um tweed por cima de blusa com fendas-rasgos. Uma bermuda-saia xadrez largona e displicente. A Coven, que nunca foi muito girlie mesmo, assumiu um lado bem esfarrapado. Deu certo: o tear acaba em franja, o bordado é “sujo”, e a malha com efeito canelado limpa tudo e pincela um minimal nessa garota que é cult (porque usa uma coleção inspirada em Louise Bourgeois, artista que inclusive faleceu em 2010) e é cool (olha o brilho do lurex, olha a onça que brinca de ser perua mas não força a onda). Sobra até espaço pra jeans e camiseta na passarela da Coven que sempre foi tão tricô! (Jorge Wakabara)

Tags:    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas