Comme des Garçons – Paris primavera-verão 2012

Márcio Madeira/First View

Em um ano de casamentos supercomentados, com direito ao contos-de-fadas da plebeia que vira princesa, no caso de Kate Middleton, passando por um evento internacional de moda, como foi o de Kate Moss, falar sobre o tema pode parecer uma tentativa de pegar carona no pop.

Mas Rei Kawakubo sabe fazer poesia num desfile – e dessa forma ela faz com que o fashionista esqueça o mundo lá fora, envolto pela delicadeza de suas roupas e seus significados. Esta primavera-verão 2012 da Comme des Garçons traz noivas de mãos atadas, peças artesanais e cabeças trabalhadas que muitas vezes escondem o rosto das modelos, num mar dramático de brancos e off-whites.

Tags:    

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Comentários via Facebook

Comentários (2)

  • JOSE AUGUSTO BICALHO disse:

    NO JAPÃO,TERRA DA REY KAWAKUBO, A CÕR BRANCA É LUTO!USADA EM DIAS DE MUITA TRISTEZA….pOESIA SIM,REALIDADE FICOU LÁ FORA….QUEM VAI SAIR POR AI COM ROUPAS DE FARTURA FRONTAL E NADA ATRÁS?????? FALTA PROPORÇÃO E EQUILIBRIO NA CONSTRUÇÃO DA SILHUETA…..

  • JOSE AUGUSTO BICALHO disse:

    NO JAPÃO,TERRA DA REY KAWAKUBO, A CÕR BRANCA É LUTO!USADA EM DIAS DE MUITA TRISTEZA….pOESIA SIM,REALIDADE FICOU LÁ FORA….QUEM VAI SAIR POR AI COM ROUPAS DE FARTURA FRONTAL E NADA ATRÁS??????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas